RSS

China

07 ago

Sugestão do Proftel

Copiado da Carta Maior – A China está na ordem do dia, já que os USA não tem nem mais dinheiro para roubar o petróleo do Iraque.

Diário da Nova China (6): A China e os dilemas do socialismo periférico (1ª parte)

Por Emir Sader

Na visão de Marx, o socialismo surgiria nos países do centro do capitalismo. O enredo concreto da história se deu de forma distinta. A primeira ruptura com a cadeia mundial de dominação imperialista acabou dando-se na periferia – na Rússia -, onde, segundo Lenin, as contradições se deram de maneira mais aguda, e o poder – tzarista – era mais frágil.

http://www.cartamaior.com.br/templates/blogMostrar.cfm?blog_id=1&alterarHomeAtual=1

 
27 Comentários

Publicado por em agosto 7, 2011 em Uncategorized

 

27 Respostas para “China

  1. surfando na jaca

    agosto 7, 2011 at 7:03 pm

    Proftel, pelo menos pude desabafar sobre a prática 171 do bombacheiro. Já tem outro post.

     
  2. surfando na jaca

    agosto 7, 2011 at 7:00 pm

    Falou, proftel, mas já estamos em outro post por aqui.

     
  3. Proftel

    agosto 7, 2011 at 6:44 pm

    Surf:

    Não se esqueça que quem nos acolhe hoje foi o primeiro a ser banido ainda no tempo do PD, depois se não me engano também pelo gaúcho.

    A vida dá muitas voltas….

    hehe.

    Ah, cadê nosso confrade enfermeiro de Bertioga?

    🙂

     
  4. surfando na jaca

    agosto 7, 2011 at 6:01 pm

    Já comentei em demasia, mas queria analisar um fato virtual. O fim do blog pandarequeiro do gaúcho metido a guru de barzinho do Baixo Pampa. Quero registrar os fatos históricos virtuais dessa experiência fracassada. Primeiro, a censura afrescalhada do gaúcho da bombacha frouxa de chita florida se guiou hipoteticamente contra a baixaria escrita e escarrada naquele pandemônio. Assim parecia aos participantes. Na realidade, o paxá da gurulândia pampeira excluía as pessoas que ajudaram a criar o espaço junto com o Doria (se fosse o blog do Pax, ninguém iria, porque a car é uma mala sem alça e só convive bem com os cavalos e mulas) sem dar sequer direito de resposta às acusações que ele forjava. Ou seja, o malandro do Sul, excluía aqueles que não serviriam para o projeto que tinha em mente, fazer do espaço propaganda da campanha da bispa Natura da Igreja verde de aluguel. Assim, sequer pude responder às cretinices que escreveu sobre mim e a meia-dúzia que lá restou viraram vaquinhas de presépio do guru lacerdista. Minha intenção nunca foi de agredir ninguém, mas de chamar a consciência todo direitoba, indiferente da espécime trogloditae de cada um deles. Nisso, até minha prima por parte de tio Vinícius de Moraes me atraiçoou. A brigadista troska do litoral paulista, que esteve ombro a ombro comigo nas trincheiras contra à ditadura, embora em esquerdas antagônicas, se rendeu ao coroinha da Opus Dei, numa capitulação que nem os “home” teriam conseguido com tanta facilidade da companheira que não cito o nome por vergonha dessa derrota. De resto, acho que até flamenguista que tinha por lá virou vascaíno de torcida organizada. Isso tudo serve de exemplo de como o ser humano virtual pode cair tão baixo e virar chimpanzé. Mas um blog que não permite a participação de colegas como o Dino, HRP, FDA, Proftel, Elias etc., não merece a presença de ninguém. A campanha da bispa verdureba foi pelo ralo, acabou o caixa dois de campanha e o guru da cuia-mate ficou sem os fiéis. Tomou, Papudo! Estou festejando o fim do Pandareco autoritário e verdejante!

     
    • JOSE MARIO HRP SANTISTA FELIZ!

      agosto 8, 2011 at 12:10 pm

      Caro Surf e os outros colegas e o blogueiro:
      Jamais tive dúvida de que mais vale a presença de pesoas de opiniões do que de puxa sacos.
      Mas o tempo passou e até eu , grosso e semi escatológico, cansa.
      Espero mais ler por aqui do que escrever.
      Tempos de se informar.

       
  5. Proftel

    agosto 7, 2011 at 5:03 pm

    Pessoal, boa tarde.

    Estou aqui na beira da piscina num hotelzinho em Caldas Novas-GO, Duda e a patroa sairam “às compras”, fiquei tomando conta do note e da cerveja kkkk.

    FDA,se bobear esse espaço desbanca o Fiuza.

    Surf, pelo jeito você gostou mesmo da Drª Conceição Tavares, pensei que você tivesse visto antes a entrevista dela, até pensei duas vezes antes de lhe enviar.

    Tô sentindo falta do HRP, enviei e-mail pra ele e também para o Compadre Brancaleone.

    Bom, fico por aqui, se der mais tarde eu volto.

    Bração a todos.

    🙂

     
  6. surfando na jaca

    agosto 7, 2011 at 4:48 pm

    Foi comer bananas? Carecão, vou aguardar vc. melhorar nessas intempestivas churumelas capitalistas. Para frente é que se anda!

     
  7. alfalante

    agosto 7, 2011 at 4:05 pm

    Boy da jaca, para não ficar por baixo, não clique em responder o comentário do outro , vá no final de todos os comentários e digite lá suas baboseiras acadêmicas (um chimpanzé atrofiado, ensinando ao outro que se acha humano). Como estou fazendo agora.
    Você ficou nervoso com as verdades e quis logo sair dando porrada, daí clicou logo em responder.
    Respeitando a sua idade, e a minha fome, te respondo já já estes chavões, muito usados por capitalistas e socialistas quando acaba os argumentos.
    Só Freud explica em querer ficar por cima, por baixo dá bem menos trabalho.
    Agora vou almoçar.
    Está servido?

    Te amo companheiro.

    Beijo na testa

     
  8. surfando na jaca

    agosto 7, 2011 at 4:04 pm

    Pombas, não estava respondendo a nínguém, mas gerando um comentário sobre a crise econômica. Lembro de vc., expulso por antsemitismo congênito e propagação de outras besteiras. Seu níquel era outro que não me lembro agora. Citou até os Protocolos dos sábios de Sião, a maior enganação antisemita e que os nazistas usaram. Melhor vc. se conter nessa profusão de bobagens e esquecer desse incidente lastimável. Meu Deus, por que existe tanta bestialidade nesse mundo animal?

     
    • alfalante

      agosto 7, 2011 at 8:06 pm

      \surf, depois do lauto almoço capitalista, me permiti uma sonolenta rede, embalada por estes ventos do nordeste, a sombra do grande cajueiro e caí nos braços de morfeia, que não sou de cair nos braços de macho.
      Cada vez estás mais neurótico, Por sua causa tive que ir na Wikipédia, ver o que é este negócio de Protocolos de Sião. Perda de tempo, não tem nada a ver com o papo. Me chamar de anti semita, companheiro dos facínoras de Hitler tudo bem também, aqui no espaço tudo pode, tudo bem, nem vou responder agora. Vamos para outros posts adiante. O tempo tudo mostra.

      Beijo na testa

       
      • surfando na jaca

        agosto 7, 2011 at 10:53 pm

        Fred, vamos esquecer aquelas bestialidades e respeitar a religião de todos. Embora eu seja um ser decaído em minha fé e de família, mais antiga do que a do Francisco Doria e do Pedro Álvares Cabral, tenho o maior respeito com a religião alheia, seja ela qual for, menos as que matam ou prejudicam as pessoas, como a do Jim Jones, Meninos de Deus, seita Moon e coisas do gênero.

         
  9. surfando na jaca

    agosto 7, 2011 at 2:39 pm

    Bons dias (me corrigindo), O prazer é meu em estar ao lado de pessoas que gosto e o mais erudito de nós, o FDA. Já escrevi mil vezes que lastimo a perda do Pedroca Doriana da blogsfera, o mais capacitado dos jornalistas nesse assunto de comunicação virtual. Digo mesmo, insubstituível até o momento. Alfalante, esse nick me parece coisa de gorila líder e emana certo evolucionismo biológico. Descarto logo a tese já desacreditada e que alguns ainda remexem nessa lixeira chamada darwinismo social. O biologismo não explica a constituição de uma sociedade, isso são séculos de História. Certo que o homem é um animal, mas vc. não se vê como um macaco apesar desse nick alfa, ok? Então, por que imaginar que seus semelhantes o sejam? Bom, ninguém pensa que o socialismo é para homens bons e santos, mesmo porque psicopatas sempre existirão. Seu engano é imaginar o capitalismo como algo intransponível e bom. Bom porque vc. não está passando fome, tem internet, coça o saco nesse domingo como eu etc. Mas a questão é a irracionalidade do mercado, que possui uma lógica acima dos indivíduos. Ou seja, consideramos normal (todo filósofo desconfia do normal, né FDA?) milhões de indivíduos serem condenados à morte ao nascer na miséria. Consideramos normal o lucro de alguns investidores das grandes corporações prejudicarem a vida de muitos em prol de seus interesses, pois o capitalismo precisa avançar, gerar empregos etc. Só que os recursos materiais não são renováveis como supôs Marx, animado com o industrialismo que vencia as barreiras da sociedade agrária e arcaica. Vivemos outros problemas e esse irracionalismo do capitalismo encontrará seu dilema na continuidade da espécie humana ou seu fim. O fim desse planeta já está previsto, mas teremos muito tempo até lá, mas pode ser que o capitalismo adiante esse prognóstico. É preciso lembrar o irracionalismo do capitalismo a todo momento, pois as pessoas esquecem, ficam tapadas com o cotidiano.

     
    • alfalante

      agosto 7, 2011 at 3:12 pm

      Caramba, o Alfalante já está provocando curto circuito nos neurônios.
      Cada um vê as coisas sob o SEU prisma individual.
      Nossas neuroses ditam nosso comportamento, pequenos detalhes provocam reações inimagináveis.
      É isto o que somos. irracionais, dominados por nossas neuroses.
      O nome Alfalante é o resultado de uma busca desesperada para o nome de um blog que queria ser:
      AQUI VOCÊ FALA
      Proftel há anos se queixava comigo da saudade do weblog, :), aí eu sugeri a ele fazermos um blog para juntar os irracionais de novo. Restaurar o balaio de gatos. Mas com algumas modificações:
      ninguém iria ser expurgado do blog como eu fui, porquê disse que Jesus era comunista e metia o pau nos judeus pseudo capitalistas que expulsam os palestinos de suas terras para edificarem condomínios luxuosos para os judeus ricos do mundo.
      Aqui Você Fala se tornou allfalante devido a difícil tarefa de encontrar um nome desbloqueado.
      Tirei o segundo l para não me chamarem de americanófilo, mas me esqueci que fugir das nossas neuroses é impossível. 🙂
      Gostaria até de ser um gorila, seria mais racional que sou, talvez, mas infelizmente sou um chimpanzé atrofiado.
      Eu pessoalmente nem sei que josta é esta de Darwinismo social, me pauto mais pelo que sinto e vejo, não sou um acadêmico metido a besta.
      A miséria que nos assola não é culpa do capitalismo. É de quem usa ele: O HOMEM, ele só permite ter, não diz que para ter você deixa o próximo sem comer, isto é atitude do chimpanzé que se acha racional: o homem.

       
      • surfando na jaca

        agosto 7, 2011 at 3:43 pm

        Alfalante, vc. tem inclinações proftelianas, para não dizer que é o próprio. Mas vejamos: judeus pseudo capitalistas???? Não são pseudocapitalistas, mas capitalistas de fato. Vc. continua achando que capitalista é bonzinho. Vc. é um moralista mal resolvido. Acadêmico metido a besta é expressão que sempre me remete ao Goebbles e Göering, sacando a Luger diante da cultura. Infelizmente vc. mesmo se avacalha e se considera um cérebro de chimpanzé. Para as atitudes de chimpazés, o homem vem lutando séculos para estabelecer limites nas ambições individuais que prejudicam a coletividade. O que lhe falta, na realidade, é visão histórica de sua existência. Vc. pode até se considerar um chimpanzé, mas é um chimpanzé fabricado dentro de uma coletividade que lhe deu a sua própria compreensão do mundo, pois sua cultura não é transmitida biologicamente, mas culturalmente. Por isso mesmo, que reinventamos nossas formas de organizar a convivência social, coisa que chimpanzés não fazem. A miséria é culpa sim de qualquer regime social que não a resolve. Não há miséria entre sociedades primitivas, desde que não sejam as causadas pela natureza. Porém, não somos mais uma civilização primitiva e o capitalismo mantém a miséria para milhões. Precisamos nos civilizar e progredirmos, coisa que sempre será o ideal da maioria dos humanos e sempre tem sido, mesmo contra as atitudes símias de uma minoria. Por fim, estudo não é coisa para humilhar ninguém, é nosso maior tesouro. Desemburrecer é um esforço contínuo e constante. Lutar para diminuir a minha ignorância é um desejo nobilíssimo que me alimenta desde tenra infância. Até nisso o capitalismo é injusto por negar condições iguais para todos. É isso, ao invés de reclamarmos que somos ignorantes, vamos estudar e aprender sem vergonha alguma de ser feliz assim.

         
        • Nat

          agosto 7, 2011 at 10:56 pm

          Saudades do tio…

           
          • surfando na jaca

            agosto 7, 2011 at 11:33 pm

            Pô, prima traidora. Acho que vc. me deve desculpas. Agora sou assim, peço que se desculpem comigo.

             
            • Nat

              agosto 8, 2011 at 1:29 am

              Desculpas, primo! Seja lá o motivo 😉 Eu sou sempre culpada.

               
    • surfando na jaca

      agosto 7, 2011 at 3:45 pm

      Alfalante, minha resposta saiu fora de ordem.

       
      • alfalante

        agosto 7, 2011 at 3:55 pm

        Boy da jaca, quando você faz um comentário e aperta em responder, você fica por baixo de quem você está respondendo.
        Para ficar por cima, só aparentemente 🙂 , não clique em responder, faça como comentário.
        Só Freud explica em querer ficar por cima, por baixo dá bem menos trabalho.

        Beijo na testa

         
    • surfando na jaca

      agosto 7, 2011 at 3:58 pm

      Bom , queria fazer um pequeno comentário sobre a crise econômica que alguns localizam na dívida dos EUA. Primeiro, não entendo como uma nova crise, mas consequências da de 2008-9, em que o crédito dos bancos centrais dos EUA e Europa financiaram o papelório podre dos fundos de hedges. A idéia me pareceu genial, ao invés da contração do crédito e da quebradeira de empresas subsequente, o refinanciamento da economia para equilibrá-la com um novo aquecimento econômico. Aconteceu que as empresas refinanciaram seus títulos podres e escaparam da quebradeira, arrastando a crise por esses anos até o momento, sem que os mercados dos EUA e Europa tenham se recuperado plenamente. Claro que refinanciar o buraco da crise imobiliária com dinheiro público aumentaria a dívida pública dos EUA e Europa. O Estado ianque também fracassou em ser indutor do crescimento econômico, ao contrário, retraíram seus investimentos, já debilitados pelo gasto público com a crise de 2008-9. Assim sendo, imagino que não viveremos uma catástrofe como a de 1929, mas um período mais longo de crise refinanciada e isso graças às economias periféricas que estão em expansão. Resta saber se a economia mundial terá fôlego para superar essa depressão alongada. Caso não aconteça, será um Deus me acuda!

       
  10. surfando na jaca

    agosto 7, 2011 at 1:17 pm

    Bom dias, como diria Machado. Um prazer reencontrar os amigos virtuais, especialmente o emérito FDA que nunca mais o li. Mas é preciso divulgar o espaço e reunir gente. Pois monólogo é coisa que só faz sucesso em teatro. A questão do socialismo, que me desculpe o blogueiro alfa não está centrado no homem, isso é uma falácia, mas no domínio de poucos sobre muitos. Não se trata de mudar o homem para implantar uma sociedade mais justa, mas dela ser uma necessidade para a continuidade da espécie. Até o momento socialismo (não estou falando de social-democracia) não se coadunou com democracia e desenvolvimento econômico. Mas é constante a luta do homem em torno desssas duas coisas ao longo dos séculos. Uma luta que não encontrou seu fim ainda, apesar das aparências sólidas do capitalismo. Para mim, o socialismo real foi mais uma experiência nessa caminhada da humanidade. Mostrou que estamos procurando alternativas para a barbárie capitalista e aprenderemos com nossos erros, embora o custo disso tudo seja muitas vidas. Nesse ponto é que mostramos o bicho destruidor que somos.

     
    • alfalante

      agosto 7, 2011 at 2:16 pm

      Grande surf, um prazer em te rever. Parece que continuamos com as mesmas idéias, e são diferentes.
      As suas, de grande acadêmico que és, as minhas, de um indivíduo que tenta entender porque não podemos ser felizes, sem violência, fome, etc. já que a fartura de alimentos existe, a tecnologia cada vez é mais avançada, o petróleo até ainda se acha de montão, que ao se afastar da Terra, tenta visualizar o que acontece aqui, como um ET acabado de chegar aqui, olha o nosso comportamento.
      Comportamento de quem? Do homem.
      É por esta visão que devemos ver isso. Não de perto, no calor da batalha, de longe.
      Tudo é função do comportamento do homem.
      O capitalismo é maravilhoso, o homem é que o transforma, deforma, para num instinto, arraigado no seu ser pela tentativa de sobrevivência nestes 4 milhões de anos, dominar o outro.
      O capitalismo somente diz que o indivíduo pode ter. Não diz para ele invadir o Iraque arvorando falsas causas, para tomar o petróleo do outro.
      Isso é desvirtuação do capitalismo, causado pelo homem.´
      No manifesto comunista de Marx e Engels, o próprio Marx admitia o ter, mas não para explorar próximo.
      O comunismo é melhor não resta a menor dúvida, mas não conseguimos nem usar o capitalismo!
      O desvirtuamos, nos aproveitamos dele para praticarmos os mais nefastos instintos que nos ronda.

      Beijo na careca

       
  11. Fred Schmidt

    agosto 7, 2011 at 11:36 am

    A visão acadêmica do comunismo/capitalismo precisa ser modificada para introduzir o essencial, esquecido ao longo do tempo nestas análises direcionadas pelas primeiras avaliações acadêmicas modernas – o implementador – o homem.

    O homem é um bicho, catalogado por ele mesmo como bicho racional, a diferença entre o bicho racional e o bicho irracional está mostrada no vídeo aí de baixo. Entenda quem quiser e como puder.

    O bicho homem, assim como os demais, são uma evolução de um primeiro bicho que sofreu uma mutação genética o suficiente para caracterizar um novo ramo da espécie.

    Para mim este vídeo do chimpanzé é muito interessante pois nos permite ver bem de onde viemos. Este vídeo mostra bem a pequena diferença entre o bicho dito racional e o irracional – nenhuma. O gerador e o gerado. Matriz e cópia modificada.

    Apesar do bicho homem (auto julgado racional) ser o rei dos bichos, afinal ele dominou a Terra e todos os outros bichos, ele intelectualmente ainda está muito perto da sua origem. 4 milhões da anos, tempo que separa o bicho animal do pseudo racional, não adiantou muita coisa. Temos e cultivamos, o que é pior, os instintos de outrora na busca da sobrevivência – violência, egoísmo, sexo animal, etc.

    As análises acadêmicas do capitalismo, socialismo, comunismo, não levam em conta o principal – quem vai utilizá-los: o homem.

    Bem chega, se não, é post e não comentário.

     
  12. FDA

    agosto 7, 2011 at 5:52 am

    Parabéns…

    Enfim um espaço onde espera-se “bater papo saudável sem bloqueios firulas” ou sakamofismos, afé Maria..

    Concordo com o Proftel: basta de firulismo e sakamofismo!

    Pra quem não sabe o que é um “sakamofismo”, o comentarista Surfando na Jaca, um dos melhores comentaristas da blogfera brasileira, deu uma ótima definição.

    O Sakamofismo seria um “Isso” . Ou seja, um “Agnoszieren”, diria Freud, um “cadáver”, um blog em “decomposição”, onde os temas são tratados como um “Data Vermibus” (carne dada aos vermes). “Um hai kai, um origame ou sei lá o quê” que não faz mais nenhum sentindo no paisagem da blogfera..

    Mas, como ressalta Surfando na Jaca “ (..) as pessoas ( no Brasil) não possuem mais paciência para leitura e a internet transforma tudo em frases curtas, esse Saka vai fazer sucesso.”

    E se mesmo um “Agnoszieren” faz sucesso no Brasil, por que não um blog onde “bater papo saudável” “sem bloqueios firulas” ou sakamofismos não faria?

     
    • alfalante

      agosto 7, 2011 at 11:46 am

      É isso, exatamente. O blog não é de quem faz, é de quem lê, pelo menos esse aqui.

      Todo primeiro comentário passa pela moderação, mas não é norma dos gerentes do blog, é do sistema wordpress. Depois de aceito o primeiro comentário a porteira está aberta.

      Seja bem vindo.

       
  13. Proftel

    agosto 7, 2011 at 2:53 am

    Bicho, acho que vou caçar um pasteleiro chinês pra ensinar Mandarim prá Duda…. kkkk

    hehe.

     
    • alfalante

      agosto 7, 2011 at 3:00 am

      É o jeito, já que pra nóis não vai dar tempo mesmo de aprender

       

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: