RSS

Banda Larga

08 ago

NUNCADANTES´

O site

http://altamiroborges.blogspot.com/2011/08/dia-9-tuitaco-pela-banda-larga.html

está convidando o pessoal, como hoje o assunto é internet achei que uma notícia desta é bem afim.

Dia 9, tuitaço pela banda larga

Do sítio da campanha “Banda Larga é um direito seu”:Para ajudar a convocar o ato, vamos promover um tuitaço no dia 9 de agosto, terça-feira, com concentração às 16h. Participe! Sugerimos as seguintes frases:

– Não gostou do acordo do governo com as teles? Junte-se a nós! Ato dia 15/8 em SP: http://bit.ly/qtSSmn #minhainternetcaiu #pnbl

– Concorda que a internet deveria ser um direito? Junte-se a nós! Ato dia 15/8 em SP: http://bit.ly/qtSSmn #minhainternetcaiu #pnbl

– Junte-se a nós por uma internet barata, de qualidade, para todos! Ato dia 15/8 em SP: http://bit.ly/qtSSmn #minhainternetcaiu #pnbl

– Acha que a Anatel pega muito leve com as teles? Junte-se a nós! Ato dia 15/8 em SP: http://bit.ly/qtSSmn #minhainternetcaiu #pnbl

– A ANATELes não garante sua internet? Mobilize! Ato no dia 15/8 em SP: http://bit.ly/qtSSmn #minhainternetcaiu #pnbl

– Quero internet sem telefone. Venda casada, não! Mobilize! Ato dia 15/8 em SP: http://bit.ly/qtSSmn #minhainternetcaiu #pnbl

Convocatória da campanha

No final de junho, o Governo Federal fechou um acordo com as empresas de telecomunicações para garantir banda larga de 1 Mbps a R$ 35 em todos os municípios do país até 2015. O que à primeira vista pode soar como um avanço, é na verdade um pacote limitado e diferenciado, cheio de restrições escritas em letras miúdas, que está longe de garantir a universalização do serviço.

Para protestar contra esse acordo com as teles e pedir banda larga barata, de qualidade, para todos os brasileiros, a Coordenação dos Movimentos Sociais (CMS) convocou um ato no dia 15 de agosto, em São Paulo, no Sindicato dos Engenheiros. Entre as bandeiras desse ato estão a exigência de que o governo federal defina a banda larga como serviço público (prestado em regime público), volte a investir na Telebrás como instrumento de políticas públicas e retome o diálogo com as entidades do campo popular para pensar um projeto estratégico para o setor.

 
22 Comentários

Publicado por em agosto 8, 2011 em Uncategorized

 

22 Respostas para “Banda Larga

  1. FDA

    agosto 9, 2011 at 3:11 am

    Como afirmei antes..

    Uma “sugestão” de um post só é pertinente com um comentário daquele que o sugeriu. Neste comentário gostaria de ressaltar a razão pela qual sugiro à leitura do post do Saka: “na duvida jogue nas costas do trabalhador”.

    http://blogdosakamoto.uol.com.br/

    A meu ver, o que há de interessante é que o Saka pretende que em situação de “crise” “discute-se” muito mas no final é sempre o trabalhador brasileiro que “paga o pato”!

    Encontramos aqui a mesma colocação de sempre do jornalista/cientista politico: o determinismo social e o paternalismo politico: o Saka tem soluções pra tudo.Soluções “necessárias”, “inovadoras” a “crise” mundial, ao povo brasileiro, e tutti quanti…

    Não cabe discutir aqui as bases filosóficas do conceito de “crise” na estética clássica de Aristóteles a Hegel. Nem de onde o Saka tira sua colocação. Ou seja, do conceito de “crise” próprio a história salutar ou “crise” do sistema da teoria marxista das crises.

    Não, o interessante aqui é de notar que quando questionei o por que da “nossa consciência” “amortecida pela mídia”, por que “achamos” tudo “Isso” “normal”, por que a “crise” seria “normal”, ou seja, como entender essa “normopatia” brasileira: seria uma maneira conformista do viver a brasileira?

    O Alfalante replica afirmando que a causa principal desta “realidade” brasileira estaria na “nossa consciência”. Consciência pervertida pelo colonialismo português: “já foi manipulada pela própria origem, portuguesa, desde os idos de D. João VI, o livro 1808 retrata bem as nossas raízes culturais”!

    Ora, ora, ora.. O interessante nesta afirmação é que, se existe uma causa determinante da consciência pervertida, por que tal processo de perversão teria começado no seculo XIX, e, não no século XVI, no momento do “descobrimento do Brasil” pelos portugueses?

    Não, a meu ver, o problema da “normopatia” do brasileiro é mais profundo!

    Tão profundo que enquanto o mundo vive sob a ameaça de uma nova “crise” financeira mundial, os “mestres à pensar” brasileiros assumem o papel de ditadores do pensar: eles ditam aos leitores brasileiros o que eles “devem” pensar: “temos que pensar como garantir alternativas de vida para as centenas milhares de cortadores”, de trabalhadores, rapidamente.

    Como se o “pensar” fosse uma obrigação, uma coação interna, e, não um direito adquirido: a liberdade de pensamento reconhecido pela CF: “ninguém sera obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei” (art. 5)

    Gostaria muito de ver o Saka impor ao Proftel: olhe, invés de “pensar” sobre a “liberdade” vc tem “que pensar como garantir alternativas de vida para as centenas milhares de cortadores”, de trabalhadores brasileiros! Impor ao Alfalante: olhe invés de se “pensar” a consciência pervertida do brasileiro pelo colonialismo português, vc tem que pensar como “garantir alternativas de vida para as centenas milhares de cortadores”, de trabalhadores brasileiros, a uma “sociedade justa”!

    Ao economista Surfando na Jaca invés de pensar de dar ou não dar “pipoca aos macacos” vc tem que pensar como “garantir alternativas de vida para as centenas milhares de cortadores”, de trabalhadores brasileiros, a uma “sociedade justa”!

    Sera que alguma coisa não deveria ser dita sobre essa nova “ditadura” do “pensar”, sobre o que é uma “Sociedade Justa”?

     
  2. Proftel

    agosto 9, 2011 at 1:27 am

    atrazados = atrasados (esqueci de botar “caspas” na hironia, fáia minha kkkk)

    :-)))

     
  3. Proftel

    agosto 9, 2011 at 1:22 am

    Sou meio suspeito pra falar de “banda larga” (em casa tenho uma conexão de 10 Mega com 1.200 minutos “de grátis”, bloqueio para ligações interurbana e para celulares, pago 140 reais por mês. Baixo filmes tipo “A Ponte do Rio Kwai” em quarenta minutos, alguns divididos em duas partes como “Laranja Mecânica” ou “2001 Uma Odisséia no Espaço” levei duas horas e pouco. É uma conexão da GVT.

    Cada vez que vou a São Paulo passo raiva com a conexão do Speedy na casa da minha mãe (que desembolsa bem mais que eu só por 1 Mega (bosta) de conexão.

    O pessoal da GVT já me ofereceu uma conexão de 32 Mega com fibra óptica dentro de casa mas, a conta subiria para 225 reais, está fora do meu orçamento e das minhas necessidades (lá em casa são três computadores mais o notebook, 10 Mega tá bão passado).

    1 Mega com restrições de donload upload é fria, mal faz “cosquinha” numa máquina com configuração decente.

    No Japão e na Coréia do Sul a conexão básica começa a partir de 32 Mega.

    Estamos muito atrazados…

    Abaixo os fios de cobre!

    🙂

     
  4. Proftel

    agosto 9, 2011 at 12:16 am

    Pessoal, talvez na quarta-feira a noite farei um comentário grande, (talvez dê um post) sobre a desgraça que é (financeiramente) o tal “Hot Park” aqui e Caldas Novas….

    Melhor deixar a raiva passar para escrever algo mais “isento” kkkk.

    Proftel (fazendo as contas do rombo no “especial”).

    kkkk.

     
  5. Proftel

    agosto 9, 2011 at 12:08 am

    Surf:

    Sem segredos então.

    Pessoal, enviei e-mail para a Confetti como a todos os Confrades/Confreiras com quem mantenho contato.

    A Confetti passou por aqui. Leu algumas desconsiderações sobre ela (“confetti sebosa”), coisas do passado num comentário recente aqui nesse pedaço e, finamente declinou em somar conosco, tudo isso por e-mail.

    Enviei um e-mail pessoal ao Surf explicando que a filosofia desse pedaço não é desagregar, é para somarmos idéias sem desafetos.

    Ainda faltam 90 minutos para completarmos 42 horas de “vida” na Rede; no meu entendimento as estatísticas apresentadas pelo Alfalante até agora dão conta que temos tudo para dar certo, muitos confrades e confreiras já vieram.

    Cabe ao Surf agora continuar com esse ciúme (quiçá um “tesão contido” pela Confetti) ou, deixa-la em paz.

    Fiz um pedido pessoal ao Surf, já que ele não quer segredos (e essa também creio, é uma “filosofia” do pedaço, aqui está a coisa toda escancarada.

    De minha parte não há nem nunca haverá comentários excluidos muito menos nicks excluidos (desde, claro, comentários que fujam ao bom senso comum).

    Se fosse a Confetti viria pra cá, as coisas estão diferentes.

    Bração a todos (as).

    Proftel.

    🙂

     
    • surfando na jaca

      agosto 9, 2011 at 1:13 am

      Ora, só a minha insônia me permite responder-lhe de forma nítida e diáfana: Isso aqui é de todos/todas, segundo o Fred. Não existe ciúmes e nem tesão, apenas divergências políticas. Pouco me importa o que alguns declaram. Veja que sequer respondi ao provocador sem nick. Talvez ela é que não se interesse pelo espaço. Bem, seja como for, ignorarei-a solenemente em sua homenagem e ao emérito FDA, que também adora um confete. Fique com Deus e com os seus na paz de sua consciência. Buenas.

       
    • Jesus era Comunista

      agosto 9, 2011 at 7:43 am

      O fraco jamais perdoa, o perdão é característica do forte.Os fracos nunca podem perdoar.

      Mahatma Ghandi

       
  6. Proftel

    agosto 8, 2011 at 10:11 pm

    Surf:

    E-mail pessoal.

    Por favor, leve em consideração.

    🙂

     
    • surfando na jaca

      agosto 8, 2011 at 10:32 pm

      Caracoles, não gosto de segredos, Proftel. Se o assunto diz respeito ao tratamento que vc. deseja ao blog, confesse isso publicamente. Vamos, desembuche em público, que lhe respondo com a devida consideração. Para ser mais sincero ainda, coisa que sempre fui, não estou nem aí para quem vc. se referiu. É apenas um fantasma virtual e que se acha acima de qualquer crítica. Agora, se ninguém pode falar o que acha dos comentários alheios para que criar um blog??? Sei lá, faça como quiser. Tenha a certeza de que jamais farei outro comentário citando a digníssima. Mas se não gostar de algum comentário tenha também a certeza de que criticarei.

       
  7. BRANCALEONE

    agosto 8, 2011 at 9:16 pm

    QUÁQUÁQUÁQUÁQUÁQUA!!!!
    Voces andam doidos né. Querem ADSL para todos e com qualidade!!!- Daqui a pouco vão querer saúde pública decente, estradas boas, segurança mínima e outras utopias.
    Fala sério. A ANATEL é apenas tão sómente um ponto de encontro dos lobistas da telefonia.

    Querem saber quem é que vai fornecer internet para todos a custos decentes????
    Nós, os pequenos e explorados provedores.

    Na minha cidadezinha só tem internet da OI. Preço mínimo por uma linha fixa e um meguinha (na verdade mal dá 512…) R$ 135,00…
    Eu forneço os mesmos 512 por R$ 50,00 – Tenho uns 70 clientes e a imensa maioria é funcionário de madeireira com salário na faixa de R$ 700,00

    A ANATEL me arrancou uns R$ 20.000 na legalização e me rranca todo o ano uns 4.000 de taxas…

    A Brasil telecom me estelionateia mensalmente dizendo que me fornce 10 megas por linha – mal chegam a 6…

    Ou seja, sem falsa modéstia, somos heróis…

     
    • Jesus era Comunista

      agosto 8, 2011 at 10:01 pm

      É, a internet é hoje indispensável, por temos acesso a quase tudo, desde a informação técnica a pornografia, sem ela o surf ficaria ainda mais neurótico.
      Hoje eu tava todo enrolado para responder pro FDA o que era neurose. Fui lá na WIKI, descolei um tratado sobre neurose e ainda descolei uma distimia pro Proftel. Respondi na manha.
      hehehehehe
      Infelizmente R$50,00 é caro para quem ganha R$700,00.
      Mas você não é o vilão (viche, que tô fazendo já muita média) as teles são as vilãs.
      Servem mal e roubam bem, é, esse negócio de vender 1 mega (não é giga não?) e fornecer 0,6 é verdade.

       
    • surfando na jaca

      agosto 8, 2011 at 10:20 pm

      Agora o Broncão quer virar herói só porque explora menos que a Oi os trabalhadores das madeireiras.

       
      • BRANCALEONE

        agosto 9, 2011 at 8:23 pm

        Surf!!!
        Inté voce???
        E é claro que eu exploro trabalhadores.Todo mundo explora – inclusive e especialmente os líderes de esquerda –
        Só que eu retribuo de forma mais justa o que eles pagam.
        Querem o que? Internet grátis?fala sério.As teles calaram até o Lula quandoele teve esta idéia de jirico…

         
  8. robertão

    agosto 8, 2011 at 8:30 pm

    é.. se vai ter um post após o outro, é melhor criar um open!

     
    • alfalante

      agosto 8, 2011 at 8:41 pm

      Grande ideia Robertão. Eu acho muito legal. O que a turma acha?
      Se ninguém se manifestar contra, amanhã abro um open.
      Grande ideia.

       
      • Proftel

        agosto 9, 2011 at 12:21 am

        Alfalante:

        Manda ver no Open kkkk

        Nem lembrava mais …

        Grande idéia do Robertão!

        Taí, cada confrade ou confreira pode ajudar botando mais um puleiro na gaiola kkk.

        :-)))))))))

         
  9. surfando na jaca

    agosto 8, 2011 at 7:58 pm

    Diante da pressão do dia de hoje, fugi me escondendo nesse blog. Ai, Jesus careca, fiz o possível para ajudar na continuidade da iniciativa. Agora quero ler o pessoal.

     
    • alfalante

      agosto 8, 2011 at 8:38 pm

      Surf
      Uma vez resolvi dar uma olhada no weblog e ver quantas pessoas estavam sempre fazendo postagens, 20 a 30 comentavam um série de 300 a 400 comentários.
      Nós aqui somos uns 3 ou 4 e estamos mais ou menos na mesma média. Estamos começando. No entanto a visualização das páginas ontem chegou a 400 e hoje vai para o mesmo valor.
      As pessoas gostam mais de ler do que comentar. Não temos nenhum intento de ter muitas páginas visualizadas ou de ter muitos comentaristas, estamos numa boa. A nossa intensão é reunir a turma de novo, saudades Freudianas talvez.
      No entanto estamos procurando democratizar a prática blogueira, todos podem lançar sua matéria que ache interessante na maior liberdade, de credo, raça, time de futebol, etc. tudo na máxima liberdade, naturalmente dentro dos conceitos da fraternidade de convivência.
      É óbvio que precisamos de comentaristas, nós, fazemos o blog. Contamos com você e os demais para colaborarem nos comentários, mas que seja de maneira prazerosa, sem obrigação, natural, nada forçado.

       
  10. surfando na jaca

    agosto 8, 2011 at 7:53 pm

    Falar em internet, li essa notícia no portal da UOL e lembrei da prima:Um estudo conduzido na Universidade da Califórnia (EUA) mostrou que redes sociais, como Facebook, quando usadas em excesso, podem causar distúrbios psicológicos a adolescentes. Entre os sintomas, os pesquisadores notaram comportamento antissocial e agressividade.

    O estudo, divulgado nesta segunda-feira (8) pelo site Science Daily, foi realizado com 1.000 adolescentes norte-americanos digitalmente ativos. Do total, 300 jovens tiveram acompanhamento presencial por 15 minutos enquanto estudavam.

    Entre os principais sintomas encontrados no estudo estão o aumento de dores de cabeça, problemas para dormir, agressividade, ansiedade, depressão, narcisismo e comportamento antissociais. Além disso, os estudantes que interromperam os estudos para conferir mensagens no Facebook (durante os 15 minutos em que eram monitorados) tiveram uma queda considerável na média das notas escolares. Desvio de atenção e baixo rendimento em leituras também foram diagnosticados.

    Por outro lado, o estudo concluiu que jovens introvertidos com dificuldade de se relacionar fisicamente encontram nas redes sociais exercícios que ajudam no relacionamento com colegas. A pesquisa também mostrou que a empatia dos amigos na web faz com que a autoestima dos jovens aumente, influenciando positivamente o humor.

    Durante a apresentação do estudo “Poke Me: How Social Networks Can Both Hel and Harm Our Kids” (Cutuque-me: como as redes sociais estão ajudando e prejudicando nossas crianças), a professora de psicologia da Universidade da Califórnia, Larry Rosen, defendeu que a presença dos filhos na web deve ser acompanhada pelos pais e que medidas drásticas são pouco eficazes.

    “Se você acha que tem de instalar programas para monitorar seu filho você está perdendo tempo. Seu filho vai encontrar uma forma de burlar em minutos. Você tem que conversar com ele sobre quais tecnologia são apropriadas e quais devem ser usadas com mais frequência. Se estabelecer confiança, quando tiver qualquer problema com a web, ele irá conversar com os pais”, afirma Rosen.

     
    • Proftel

      agosto 8, 2011 at 10:04 pm

      Surf:

      Concordo plenamente.

      Cansei de instalar programas de monitoramento em laboratórios de informática com SO Windows, nada deu certo até que, começaram a surgir laboratórios com Linux kkkk, o troço não durou dois anos, a molecada descobriu formas até mais dinâmicas de burlar a coisa, foi mesma coisa que deixar um “treisoitão” na mão deles kkkk.

      Com Linux eles viram “crackers” kkkk.

      Concordocom o cara, é melhor conversar.

      🙂

       
  11. surfando na jaca

    agosto 8, 2011 at 7:06 pm

    Pena ser em Sampa. Tenho a maior bronca desses provedores etc. Banda larga barata, já!

     
  12. Jesus era Comunista

    agosto 8, 2011 at 6:31 pm

    Espetacular esse negócio de cada um colocar o seu post, é não?

     

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: