RSS

11 de setembro de 2001

08 set

Jesus era comunista

Para ser pelo menos um pouco diferente dos demais, venho trazer algumas especulações sobre o 11 de setembro de 2001.

http://www.dailymotion.com/embed/video/xbiyed<br /><a href=”http://www.dailymotion.com/video/xbiyed_a-farsa-do-11-do-setembro-as-torres_news&#8221; target=”_blank”>A Farsa do 11 do Setembro As Torres foram…</a> <i>por <a href=”http://www.dailymotion.com/jlmartinns&#8221; target=”_blank”>jlmartinns</a></i>

http://www.dailymotion.com/embed/video/xj0zv4<br /><a href=”http://www.dailymotion.com/video/xj0zv4_video-inedito-do-atentado-as-torres-gemeas-editado_news&#8221; target=”_blank”>V&iacute;deo in&eacute;dito do atentado &agrave;s Torres G&ecirc;meas…</a> <i>por <a href=”http://www.dailymotion.com/Veja&#8221; target=”_blank”>Veja</a></i>

http://www.dailymotion.com/embed/video/xch64j<br /><a href=”http://wwwhttp://www.dailymotion.com/embed/video/xbiyed<br /><a href=”http://www.dailymotion.com/video/xbiyed_a-farsa-do-11-do-setembro-as-torres_news&#8221; target=”_blank”>A Farsa do 11 do Setembro As Torres foram…</a> <i>por <a href=”http://www.dailymotion.com/jlmartinns&#8221; target=”_blank”>jlmartinns</a></i>.dailymotion.com/video/xch64j_farsa-do-ataque-ao-pentagono_news” target=”_blank”>Farsa do ataque ao Pent&aacute;gono</a> <i>por <a href=”http://www.dailymotion.com/Zimbanoslig&#8221; target=”_blank”>Zimbanoslig</a></i>

Se é verdade ou não, não tenho a menor idéia. O que eu sei que é comprovado:

Com as reservas do petróleo terminando, com os EUA movido a petróleo, nada mais ao gosto do AMWAY paranóico do que a invasão do Iraque, a segunda maior reserva mundial de petróleo do planeta.
A invasão do Iraque serviu a propósitos da Carlyle, Halliburtom e outras empresas americanas na ânsia do TER.

A Carlyle é uma empresa que congrega investidores. Em torno de 1000 investidores no mundo todo.
Seu capital é de 56 bilhões de dólares.
As companhias ligadas a Carlyle empregam 200.000 pessoas em todo o mundo.
Quem são os envolvidos na direção da Carlyle?
George Bush, pai, ex-presidente dos Estados Unidos da América, ex-diretor da CIA (Agencia Central de Inteligência), ex-dono da Zapata Corporation.
Frank Carluci – Ex-Secretário de Defesa dos Estados Unidos da América -1987 a 1989
Donald Rumsfeld – Recém Ex-Secretário de Defesa dos Estados Unidos da América – 1989 a 2005
John Major – Ex-Primeiro Ministro da Inglaterra.
Fidel Ramos – Ex-Presidente das Filipinas
Família do conhecido Osama Bin-Laden, aliás ele próprio ex-agente da CIA.
Vários integrantes da CIA.
Como curiosidade, Bush filho, ex-Presidente dos Estados Unidos da América, ja foi um diretor da Caterair, uma empresa de aviação pertencente a Carlyle.
As empresas da Carlyle são inúmeras e se dedicam quase que exclusivamente a guerra.
Produzem canhões, carros de combates, munições e armas, as mais diversas.
Possuem grandes contratos com o Governo dos Estados Unidos da América e a guerra do Iraque foi um maná do céu.
ZAPATA CORPORATION
A Zapata tem interesses petrolíferos no Caribe, Golfo do México, America Central e Kuwait.
Quando descobri a existência da Zapata fiquei horrorizado.
Seu currículo é impressionante.
Consta que a Zapata esteve envolvida intensamente nos seguintes episódios:
– Ataque à Baia dos Porcos em Cuba, na tentativa de derrubar Fidel Castro.
– Escândalo Watergate, que levou ao impeachment do Presidente Nixon.
– Iran-Contra, armando revolucionários Nicaraguenses e envolvida com drogas na operação “Whale Watch”.
– Assassinato de John Kennedy, através de dois memorandos suspeitíssimos.
A Zapata esta constantemente associado ao FBI e CIA.
Quem foi o fundador da Zapata?
George Bush, pai, Ex-Diretor da CIA, ex-presidente dos EUA.
Atualmente a Zapata pertence a Halliburton que a comprou por US$ 7.7 bilhões.
HALLIBURTON
A Halliburton é uma super empresa.
Tem interesses em vários segmentos.
Petróleo, Construção Civil, Logística e muito mais.
Pelo que eu li da Halliburton, é mais suja que pau de galinheiro.
Sua subsidiária KBR é acusada de superfaturamento de refeições fornecidas ao Governo dos Estados Unidos da América no Iraque.
É acusada de fornecer 10.000 refeições e cobrar 20.000 do governo, sendo que uma grande quantidade delas estava com a data de validade vencida.
É acusada de fraudes em licitações do governo.
A guerra do Iraque gerou US $ 16 bilhões a Halliburton.
A KBR tem contrato no Iraque de US $ 18 bilhões, inclusive, ganhou sem concorrência do governo a tarefa de por em prática o plano “Restauração do Petróleo do Iraque” no valor de US $ 7 bilhões.
Com esse plano a Halliburto ficou responsável pela extração e exploração do petróleo do Iraque.
Segunda maior reserva de petróleo do mundo.
Alguns funcionários delataram alguns acontecimentos e foram mandados para as regiões mais perigosas do Iraque.
O governo dos Estados Unidos da América algum tempo atrás, emitiu uma lei chamada “Ato de Comércio com Inimigos” para coibir o comércio de empresas americanas com países considerados inimigos, como o Irã.
A Halliburton então, criou uma subsidiária nas ilhas Cayman, para poder burlar esta lei, sendo este fato considerado uma traição ao país, por muitos cidadãos.
Na época o CEO da Halliburton, o chefe dos chefes, era nada mais nada menos, Dick Cheney.
Dick Cheney é ex Vice Presidente dos Estados Unidos da América do governo Bush.
Mas, nenhuma ação legal foi movida contra a empresa.
É desta forma que os mega empresários ludibriam o povo americano.
Em 2004 a Halliburton teve que pagar US $ 7.5 milhões de multas por problemas fiscais.

É uma promiscuidade onde assunto de Estado se mistura com interesses privados. Ex-funcionários da CIA envolvidos em empresas privadas, se aproveitando de informações sigilosas da CIA em benefício da própria empresa.

Hoje sabemos que Bush, com a ajuda da CIA que afirmava que o Iraque tinha armas de destruição em massa que a ONU ja descobrira que não tinha, invadiu o Iraque matando milhares de homens, mulheres e crianças sómente para beneficiar a Carlyle e a Halliburton.

A invasão do Iraque precisava ser justificada de alguma maneira. Foi um ato de pirataria.

O encarregado da ONU para averiguar se o Iraque tinha armas de extermínio em massa, disse que não existia tais armas. Foi imediatamente deposto. Era um brasileiro. Em seu lugar colocaram outro. Um dia antes de dizer ao mundo que não havia armas de extermínio em massa o USA invadiu o Iraque. A CIA mantinha a afirmação que tinha.

O teatro foi mantido até um dia em que os USA disse que realmente tinha havido um erro da CIA.

Porque não foi feito nenhum ataque a um país da América Latina?

Porque os piratas, os ladrões do globo, os predadores, são os USA, Inglaterra, França, Itália e outros vassalos.

Conspiração ou não, o povo gosta de ser enganado

 
44 Comentários

Publicado por em setembro 8, 2011 em Uncategorized

 

44 Respostas para “11 de setembro de 2001

  1. Proftel

    setembro 10, 2011 at 12:43 am

    Fred:*

    Tem dó!

    Você é da KGB;

    O Brancaleone é da ABIN;

    O Surf é do MI-5 ou 6;

    O Patriarca da Paciência é da DGSE (assim como o FDA);

    Os caras que sumiram daqui eram do Mossad.

    Eu não sei d’onde sou kkkk.

    KKKKKKKKKKKKKKKK rsrsrsrsrsrsrsrrsrsrsrsrrsrsrsrsrsrs :-((((((((((((((((((

    *Gente, isso é uma gozação, que fique bem claro.

     
    • Jesus era Comunista

      setembro 10, 2011 at 8:11 am

      hehehehehe

      É companheiro, mas a verdade é que a turma lá dos USA ficam pensando que são donos do mundo e saem matando sem dó nem piedade com aviãozinho radio controlado para roubar as riquezas dos outros. Nada mudou depois dos romanos.

      Mas eu sei lá o que acontece que parece até que isso é uma prática que não dá muito certo, mais.

      Agora, tem uma coisa interessante. Quando os filhos deles começam a morrer nestas guerras, o povo se revolta e ficam querendo o fim da guerra. Vietnã e Iraque.

      Isso é que é hipocrisia.

      Daí os radio controlados.

       
    • Patriarca da Paciência

      setembro 10, 2011 at 9:04 am

      Proftel,

      o que é DGSE?

       
      • Proftel

        setembro 10, 2011 at 6:42 pm

        Patriarca da Paciência:

        DGSE: “Direction Générale de la Sécurité Extérieure”.

        É o Serviço Secreto (agora nem tanto) de França.

        Bração aí, desculpe a demora.

        🙂

         
  2. Proftel

    setembro 10, 2011 at 12:28 am

    Como “terrorismo”, o 11 de setembro exauriu.

    Taí economia que não nega.

    As “torres gêmeas” fizeram um estrago lascado;

    Nas mentes e nos “culhões” que voltarão.

    Estes sim, sem emprego, mostrarão a que vieram;

    Danô-se.

    Voltam sem glória.

    Em meio ao caos.

    :-/

     
  3. Proftel

    setembro 10, 2011 at 12:01 am

    Fred:

    Comecemos com o Irã:

    O Irã não é assim tão promíscuo como algumas páginas da web dão a entender (pode crer, já vi cada “iraniana” de desbancar “goiana”). Pra mim isso é tudo contrapropaganda.

    Quanto aos EUA e sua indecente política externa três coisas:

    1- Os banqueiros são “de lá”, financiam Israel sem dó nem piedade dos cofres (e bolsos) estadunidenses (a cada casa de luxo lá construídas mais três “de pobre” no “rancho”.

    2- A imprensa está na mão de grandes conglomerados também “de lá”, o que se fala nas “mesquitas com quipá” de Nova York é o que acontecerá no mundo.

    3- Aqui, uma indelicadeza com um conterrâneo meu que encontrei numa dessas viagens a Sampa. Quando perguntei a ele como estavam as coisas em NY e, porque ele estava com um relógio igual ao meu, ele disse o seguinte:

    “- Olha cara, eu trabalho com três irmãos judeus que são donos de boa parte dos alugueis em NY, os caras são argentários paca, pagam bem a mim e a outros brasileiros, eles querem mandar toda grana deles prá lá (cá, Brazil) logo logo, os EUA estão fudidos”.

    Fred, eu ouvi isso desse cara a dois anos atrás.

    Desde então fico pensando com meus botões: Cadê esses dólares? Foram enfiados onde? Ficaram no “limbo” das “debêntures” de dez anos do Governo Federal?

    Essa grana grossa tá entrando, que está está.

    Que entre de tal jeito que possa sair ou assimilar nossas reservas cambiais/”comoditiais” é que me assusta.

    Fred, tive um excelente professor de Economia na Unisantos, ele explicava na década de 80 como funconava a economia mundial, não lembro o nome do cara hoje, acho que falei dele lá no Weblog uma vez.

    Bom, vou ler mais outros comentários por aí, fiquei até agora no note do alemão, tô quase desmontando o bicho prá ver se a webcam não está com defeito, já tentei mais de 45 drivers, as portas usb não funcionam nem a páu (a webcam nesse modelo é reconhecida como porta usb, numa dessas ela tá em curto).

    🙂

     
    • Jesus era Comunista

      setembro 10, 2011 at 8:16 am

      Proftel

      Companheiro, tem um pouco mais de sal, um dos negócios mais lucrativos do momento é fazer condomínio de luxo nas terras que estão sendo tomadas dos palestinos. Ou você acha que é por que eles estão adentrando a palestina?

       
  4. Jesus era Comunista

    setembro 9, 2011 at 1:52 pm

    A HIPOCRISIA americana, dos USA:

    1 – Não quer o Irã negociando – negociar com o Irã é perder a desculpa.

    2 – Os USA não querem o Estado Palestino – mas diz que quer.

    Criar o Estado Palestino é desagradar Israel, que é quem manda na Wall Street, ou melhor é a Wall Street quem manda em Israel (sei lá – é a mesma coisa).

    A massa de humanos israelenses é um bom contingente militar. Em último caso, se der merda no Irã já se tem a desculpa. Israel ameaçado pela bomba atômica iraniana.

    A grande riqueza da Terra – os hidrocarbonetos – petróleo.

    Os plásticos, as tintas, os solventes, as colas, as resinas, os combustíveis……………….

    O horror do dominador é ser dominado. Tomar a riqueza é o combustível da opressão.

     
  5. Jesus era Comunista

    setembro 9, 2011 at 12:54 pm

    Lembram que sumiu um contêiner da Petrobrás com todos os dados do pré sal, quando mal se falava nele?

    Quem fazia o transporte era a Halliburton.

     
    • Proftel

      setembro 10, 2011 at 12:13 am

      Fred:

      Não será por isso que o Lula meteu a boca no trombone e escancarou o pré sal?

      Antigamente a Petrobrás (aquela onde o leão gordo se escondeu, comia toda semana um general e nunca foi descoberto) sempre escondia descobertas.

      kkkkkkkk rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs :-))))))))))))))))))))))))))))

       
      • Jesus era Comunista

        setembro 10, 2011 at 7:56 am

        Com certeza, devido a este “incidente” ou melhor, roubo, muita coisa em relação ao pré sal mudou.

         
  6. Jesus era Comunista

    setembro 9, 2011 at 12:38 pm

    Quando o Lula se meteu na confusão do Irã e conseguiu um acordo, os USA pularam da cadeira.

    O que os USA querem é que o Irã não faça acordo.

    O plano é claro. Invadir o Irã para pegar seu petróleo.

    Vejam bem como foi tudo delineado. Os piratas tomarem o petróleo.

    1 – Iraque

    2 – Líbia

    3 – Irã

    4 – Arabia Saudita – apesar de que aqui, o califa já é sócio do Bush. O único avião a levantar vôo dos USA em 11/09/2001 e sair dos USA foi o do Califa Chefe da Arábia Saudita – um BIN LADEN.

    Se o Osama estava a bordo não sei não, pode até ser.

    Será que o Paquistão estava levando aquela grana toda dos USA para guardar o OSAMA BIN LADEN?

    Será que perdendo o Bush para o OBAMA o OSAMA perdeu seu protetor?

     
    • Jesus era Comunista

      setembro 9, 2011 at 12:47 pm

      Será que o Osama está morto? Ou trocou de cara e tá por aí. Pode ser que o OBAMA tenha sido dominado.

       
      • Jesus era Comunista

        setembro 9, 2011 at 12:49 pm

        Nada como se desfazer de um cúmplice sem agredir seu sócio – os BIN LADEN.

        OSAMA morreu?

         
  7. Jesus era Comunista

    setembro 9, 2011 at 12:16 pm

    Brancaleone

    Interessante seu ponto de vista.

    Mas a CIA não deu Mico.

    Um grupo de empresas usou a CIA para poder invadir o Iraque e roubar o petróleo do Iraque.

    Um grupo de empresas domina os USA e torna o país o predador da vez. Se você observar bem, nada mudou depois dos gregos e romanos, os donos do mundo, que foram num determinado lapso da humanidade.

    Os romanos não queriam as terras dos invadidos, só queriam as riquezas que produziam, as taxas, os impostos, hoje temos os USA e os antigos colonizadores, que querem a mesma coisa, as riquezas dos outros.

    A CIA não micou. Ela sempre soube que não havia as armas de extermínio em massa.

    Os USA e os demais envolvidos na pilhagem sempre souberam que não havia tais armas.

    Agora, a invasão do Iraque não só rouba o petróleo, desestabilizou um equilíbrio, mesmo forçado por um criminoso, entre um monte de tribos que mal ou bem conviviam. Hoje o Iraque é um balaio de gatos, com um governo sem autoridade e que proporciona um embate entre estas tribos proporcionando o sofrimento de milhares de pessoas.

    Talvez os USA estejam fabricando o seu algoz.

    A sua verdade, ou seja, a sua filosofia é a seguinte:

    Quem é competente se estabelece, mesmo que se tenha que passar por cima da lei.

    Afinal a lei não é seguida mesmo.

     
    • Jose Mario HRP

      setembro 9, 2011 at 12:27 pm

      Essa coisa da CIA e sua atuação em prol do interesse dos poderosos americanos é recorrente!
      Na verdade até mesmo aquela agencia de controle do uso da energia nuclear, na época presidida por um tal de Baradei, egipicio, que na revolta egipicia quis dar uma de lider, que se prestou a servir de serviçal da farsa das armas de destruição em massa , esteve a mando da CIA.
      E noi canal do Panamá e o Noriega , ela estava lá , provocando o ditadorzinha a entrar no mundo das drogas para depois prende-lo.
      Mil e uma histórias provam que a CIA trabalha para um grupo seleto.

       
  8. Patriarca da Paciência

    setembro 9, 2011 at 12:12 pm

    “Com relação às filosofagens platônicas e socráticas aplicáveis ao tema deve-se considerar que é tudo muito hipotéticamente lindo mas inoperante…”

    Nem tanto, Brancaleone,

    A justiça funciona segundo os métodos platônicos. (“São consideradas todas as questões pertinentes ao assunto enfocado, discutidas, analisadas e extraída a decisão mais correta).

    A seleção de pessoal nas empresas segue os métodos platônicos. ( “Quem são os melhores lavradores, senão os que mais entendem de agricultura? E os melhores guardiães, senão aqueles de maior vigilância e exatidão na defesa dos interesses da organização?”)

    A organização da igreja católica segue os métodos platônicos.

    Platão está presente em todos os níveis da civilização ocidental.

     
    • Proftel

      setembro 10, 2011 at 12:16 am

      Patriarca da Paciência:

      Acrescentaria:

      Platônicos e consuetudinários.

      🙂

       
  9. surfando na jaca

    setembro 9, 2011 at 11:48 am

    O FDA deve estar se mordendo para comentar por aqui. Deve estar com saudades de uns cascudos virtuais.

     
    • Patriarca da Paciência

      setembro 9, 2011 at 12:31 pm

      Surf,

      Acho que há uma boa diferença entre dizer: “Eu tenho até amigo preto” e dizer, “eu tenha uma irmã formada em economia”.

       
      • surfando na jaca

        setembro 9, 2011 at 2:59 pm

        Bom, espero que assim seja. Pois só brigo com direitoba e velho gagá.

         
    • Proftel

      setembro 10, 2011 at 12:19 am

      Surf:

      FDA deve tá em alguma “praia” do Sena, em algum avião voando prá lugar nenhum, em algum canto do Facebook tentando convencer gente.

      Aqui ele não consegue.

      Há liberdade.

      🙂

       
  10. surfando na jaca

    setembro 9, 2011 at 11:47 am

    Belo post, Carecão de Jesus. Primeiro, Patriarca, nunca havia lido uma declaração tão imbecil por parte de um presidente da Capes. Estarrecedor! Quer dizer que se estuda modelo falido no exterior??? É muita ignorância sobre o corpo de preocupações que a economia abrange, desde o estudo das crises do capitalismo até a microeconomia. Sinceramente, eu demitiria esse imbecil. Quanto a ter uma irmã economista, parece até aquelas declarações do frangão Chesterton: eu até tenho um amigo negro.
    Broncão Josuégua, a CIA quebrou a cara??? Vc. está se fazendo de idiota ou isso é brincadeirinha??? A invasão do Iraque foi planejada e nada tinha a ver com o 11 de setembro. Até os americanos entenderam isso e deram a vitória nas urnas ao Obama. E nem a pau que a economia norte-americana estaria tão atrelada à Guerra do Iraque, que pouco tem com a crise especulativa que vivemos, a não ser no rombo da dívida púbica ianque. Por isso mesmo, que somos imprescindíveis (os economistas) para se entender o que estamos vivendo. Agora, esse povo ianque adora uma guerrinha longe do país deles e quando explodem aviões por lá, é esse trauma interminável. Mas não rola uma lágrima para as criancinhas iraquianas mortas naqueles ataques à Bagdá.

     
    • Jesus era Comunista

      setembro 9, 2011 at 12:29 pm

      O rombo do governo dos USA segue o modelo capitalista adotado atualmente.

      As empresas de petróleo americana ficam com o lucro, e o povo com prejuízo.

      Capitaliza-se o lucro e socializa-se o prejuízo.

      Na realidade a eleição do Obama foi um prêmio para os republicanos. A bomba caiu no colo dos democratas.

      Pessoalmente já estou querendo o Bush de novo na presidência, pode ser o irmão governador, agora.

      Para ver se o povo aprende.

       
  11. Jose Mario HRP

    setembro 9, 2011 at 11:35 am

    Santa Catarina está de novo prestes a viver grande catastrofe por enchente e desbarrancamento.
    Vamos ver o que será feito depois do fim das chuvas, com as doações e o dinheiro que será necessário para reconstrução.
    Pelo que está acontecendo nada foi feito em matéria de prevenção , como também não foi feito no Rio.
    O gov federal que envia dinheiro só depois de complicado tramite foi enganado , no Rio, por 03 prefeitos piratas.
    E em SC o que aconteceu?

     
  12. BRANCALEONE

    setembro 9, 2011 at 11:25 am

    Bom, a respeito de tudo isso…
    Dizem por ai que a Guerra do Paraguai teve causas bem distintas das ensinadas…
    Nossos indios foram exterminados por nobres causas…
    A Revolução de 64 então nem se fala…
    O PT diz que é o melhor governo que este País ja teve
    E eu poderia ir longe…
    Como bem disseram, tem tudo a ver com hipocrisia.

    Mas o pior e mais triste das informações do atual post é que mesmo sendo verdades as teorias apresentadas, são elas que bem ou mal mantem este planeta funcionando.
    Claro que nunca existiram armas de extermínio em massa no Iraque. A CIA arcou com o mico e acho que isso foi estabelecido desde o início e convenhamos que é apenas mais um mico no curriculum da “Agencia”.

    Alguns economistas (sempre eles!!!) iacreditam que sem as duas guerras do Iraque a economia americana teria baqueado a mais tempo…

    Com relação às filosofagens platônicas e socráticas aplicáveis ao tema deve-se considerar que é tudo muito hipotéticamente lindo mas inoperante…

     
  13. Patriarca da Paciência

    setembro 9, 2011 at 9:19 am

    Meu caro Fred,

    uns dizem que Platão era discípulo de Sócrates (ele próprio se definia assim), outros dizem que Sócrates é apenas um personagem de Platãou. Acho que ninguém falou coisas tão profundas quanto o grande grego.

    Tenho um texto sobre o assunto: o que seria verdade, o que seria mentira?

    Platão já pensou nesse assunto e forneceu uma resposta muito adequada. O certo é o “ponto de visto” dos mais sábios. E qual é o ponto de vista dos mais sábios? É aquele em que são consideradas todas as questões pertinentes ao assunto enfocado, discutidas, analisadas e extraída a decisão mais correta. Dirão que isso é utopia, como de resto toda a obra de Platão. Mas o grande filósofo nos deixou a definição da palavra mais difícil de explicar – o que seja “justiça”. E o “método platônico”, se olharmos bem, é aquele que vem sendo aplicado ultimamente em todas as grandes organizações, empresariais e estatais: “quem são os melhores lavradores, senão os que mais entendem de agricultura? E os melhores guardiães, senão aqueles de maior vigilância e exatidão na defesa dos interesses da organização?” Isso é “utopia” ou que há de “mais moderno” e ultimamente mais aplicado?
    As teses de Platão consideram que há na mente humana um “modelo” de todas as coisas, embora haja diversidade de opiniões. Em comparação com esse “modelo” é que todos os argumentos se definem. É como se alguém fosse guiado por um som do qual não sabe bem de qual direção vem, mas quando se aproxima, ouve mais forte, quando se afasta, ouve mais fraco, de modo que há uma pista consistente a seguir.
    Vejamos a sua definição de “justiça”, sem dúvida a mais brilhante e valiosa já realizada.
    A “força” reside nos governantes, cada governo elabora as leis apropriadas a seus interesses, definindo o que é justo e injusto- daí se infere que “direito é poder e justiça é o interesse do mais forte.”
    1ª argumentação – o “governo”, por não ser formado de uma única pessoa, seria obrigado a observar suas próprias leis. Todos cometem enganos e o “governo” poderia criar uma lei contrária a seus interesses, tendo que respeitá-la. Estaria agindo contra seus interesses. (Isso tem acontecido em todos os tempos e em todos os governos; exemplo, as milhares de ações jurídicas contra a União) Vai se formando a idéia de “modelo” que existe em cada mente, independente de opiniões. O contra-argumento – não se pode tomar a exceção como regra.
    2ª argumentação – a verdadeira arte dos médicos não consiste em buscar seus interesses, senão em curar os pacientes. A verdadeira arte do navegador não consiste em buscar seus interesses, senão em dirigir bem seus veículos. O contra-argumento – quem cuida de rebanhos ou manadas, não tem outros fins senão recolher os benefícios que esse trabalho pode trazer.
    Conclusão – reconhecemos que tudo isso acontece, não que seja “justiça”, são acontecimentos, não a definição de justo ou injusto. Nunca admitiremos que um bom médico e um médico mercenário tenham o mesmo valor. Que um tirano e um ótimo governante tenham as mesmas qualidades. “Justiça” é algo “objetivo” que reside na mente de cada um. Sempre admitiremos que, um “homem de bem” não usará o poder para adquirir dinheiro ou honrarias. Se assim o faz, deixa de ser “um homem de bem”. Nada nos é tão nefasto do que sermos obrigados a obedecer a alguém que consideramos injusto ou “inferior”.
    Estabelecido o que seja justiça, Platão passa a discorrer sobre as vantagens de ser justo ou injusto. Declara que o ápice de ser injusto é “parecer” justo sem que o seja; e o ápice de ser justo é ser generoso e simples, tendo mais empenho em ser bom que em aparentá-lo.Para chegar a essas conclusões, o filósofo apresenta um verdadeiro esboço com os principais itens daquilo que, dois milênios depois, seria denominado de maquiavelismo, para caracterizar as vantagens que o injusto pode obter.
    Platão imagina então despojar os opostos de tudo, exceto do sentimento que caracteriza cada um. Se algumas das injustiças do injusto for descoberta, seja ele capaz de persuadir os juízes que é inocente. Que o justo seja posto à prova de toda a infâmia, com todas as conseqüências.(A maior tragédia que pode acontecer a qualquer ser humano).
    Transcrevemos um relato bastante perturbador: “o justo sofrerá açoites e torturas, ver-se-á carregado de correntes e terá os olhos queimados. Finalmente, após ter suportado todos os males, será pregado em uma cruz.” (Página 41, A República, Editora Hemus, 1970. Platão era também profeta?).
    O injusto goza de prestígio social; forma relações de amizade ou de negócios somente com quem lhe apraz; tira partido de tudo, obtendo-o com vantagem sobre os seus competidores. À força de atrair tudo para si, enriquece e socorre os amigos, persegue os inimigos, aparenta religiosidade e respeito às autoridades. ( Platão é utópico? Isso não a essência do Machiavelismo?).
    Apesar de tudo, todas as crenças proclamam que o injusto será punido e o justo reconhecido, que a descendência do homem correto se perpetuará. O povo e os poetas celebram a beleza da sabedoria e justiça, embora reconhecendo-as penosas e árduas de praticar. Conclusão: a “essência” da maioria das pessoas tem muito mais afinidade com aquilo que é “justo” do que com aquilo que é “injusto”. (Há vários textos sobre moralidade e religiosidade do povo, A República.)
    A justiça é mais perceptível no Estado, logo será mais fácil averiguar ali a sua origem, aplicação e particularidades.
    O que dá origem a um Estado e o sustenta, é a impossibilidade de cada indivíduo suprir-se de todas as suas necessidades. É ainda quase impossível criar uma sociedade onde se tenha tudo e não haja necessidade de importações. Platão apresenta a “educação” como o meio para que a justiça seja alcançada, não só entre os indivíduos como entre as nações. Não educar a todos igualmente, senão desenvolver em cada um aquilo que a natureza lhe dotou, não levando em consideração a origem social ou econômica da pessoa, tampouco o sexo. Apresenta um verdadeiro “planejamento educacional a ser praticado”. Nesse ponto admitimos que as “técnicas educacionais” já evoluíram bastante desde aquela época. As universidades de hoje apresentam currículos bem melhores que aqueles apresentados pelo grande mestre. Mas a idéia central ainda é a mesma, “desenvolver os dotes de cada um, não levando em consideração a origem social”. O filósofo trabalhava com as ferramentas do seu tempo. Admitimos que a “tecnologia educacional”, as descobertas científicas e as realizações tecnológicas evoluíram bastante, mas a “evolução humana em si” tem sido lentíssima e gradual. Tampouco a humanidade evolui por igual, como admitia Freud. Ainda em nosso dias encontram-se sociedades tribais, sociedades em extremo fanatismo religioso e sociedades mais modernas.
    “Aqueles que vêem o absoluto, o eterno e imutável (ou seja, o modelo universal de todas as coisas), pode dizer-se que conhecem, e não que têm apenas uma opinião”. Isso é a mesmíssima coisa que Spinoza se referia ao mencionar “conhecer as fixas e imutáveis ordem das coisas”.

     
  14. Jose Mario HRP

    setembro 9, 2011 at 9:16 am

    Quando a verdade é escondida e ou deturpada pela midia o que acontece é a demonização do MST:
    http://acertodecontas.blog.br/artigos/o-caso-do-mst-na-fazenda-da-cutrale/

    Nunca se deu destaque ao fato que a CUTRALE invadiu e se apropriou da terra da união!
    Para alguns não é crime, mas porque o ato do MST é?
    Explica aí PÔ!

     
    • BRANCALEONE

      setembro 9, 2011 at 9:28 am

      A Cutrale se invadiu, tornou a área realmente produtiva e não apenas um loteamento eivado de vendas ilegais alem de que O MST é por sí só um engodo à medida que seuas invasões saõ bancadas por verbas públicas ou seja, o governo banca os atos ilegais…
      E a Cutrale tem um chefe, um dono que pode eventualmente ser processado e preso desde que o governo queira isso.Já o MST mantem uma aparência de “movimento popular” e sem um “chefe” passível de punição. E embora demonizado, o MST vai muito bem e lucrativo…

       
      • Jose Mario HRP

        setembro 9, 2011 at 9:37 am

        Pensamento desonesto é brincadeira!
        Mas fazer o que?
        Vivemos com esse tipo de comportamento canalha desde 1500!
        E aí estão os defensores dessa habbitué!
        Parabens, ficamos 492 anos com pulhas como a cutrale predando o país e ainda tem seus defensores para um pronto atendimento!
        KKKKKKKKKKKKKKKK

         
        • BRANCALEONE

          setembro 9, 2011 at 11:27 am

          Pensamento desonesto nada.
          Mundo desonesto!!!
          E a gente vive nele.

           
          • Jose Mario HRP

            setembro 9, 2011 at 11:29 am

            Responda por si, não me coloque na mesma bacia em que voce é vendido!

             
            • surfando na jaca

              setembro 9, 2011 at 12:01 pm

              HRP, é isso mesmo. Esse Broncão é um vendido e agressor do meio-ambiente. Cascudo nele!

               
      • Jose Mario HRP

        setembro 9, 2011 at 9:40 am

        Aliás, lembram quem anda fazendo aquelas manifestações anti corrupção, por aí?
        São esses mesmos que graduam os comportamentos ,e ou validando-os conforme “quem”, faz a sacanagem, corrupção ou crime!
        KKKKKKKKKKKKKK…..

         
  15. BRANCALEONE

    setembro 9, 2011 at 8:55 am

    Parece que toda a questão aqui resume-se ao petróleo.
    Já a reação de alguns aqui demonstra fata de memória…
    Quem aqui lembra dos anos 70 e poucos quando a OPEP determinou a redução da oferta de petróeo e os postos de combustíveis aqui no Brasil fechavam nas sextas feiras às 18 horas e só reabriam às 6 horas da segunda?? E fizeram isso porque queriam prejudicar os aliados de Israel…
    Olhem os chefes da maioria dos países árabes – quase todos ditadores, reizinhos rodeados de uns poucos parasitas e a riqueza do subsolo dos países nunca chega ao povo…
    É claro que as grandes empresas petrolíferas e governos por elas bancados não são santinhas. Óbvio que do 11 de setembro se tiraram motivos que justificaram muitos atos deploráveis dos EUA, mas e daí??? Alguem aqui está a fim de pedalar uns 80 km todo o dia para ir e voltar do trabalho?? Pelo menos como está a gente tem gasolina no posto e ela esta lá porque a única coisa que a regula é o preço e não o bom ou mau humor político de algum califa.
    Eu até concordo que o mundo seria tão maravilhosamente diferente lindo e fofo se todos nos entendêssemos sem arranca-rabos, convivendo em paz e com igualdade social, todos felizes seja lá em que ideologia fosse mas acontece que não é nem nunca será assim.
    Somos uns sete bilhões de cabeças pensantes e admitamos que são muitas cabeças e muitos pensares diferentes. Querer impor um único pensar a estes bilhões todos é uma forma de ditadura planetária. Pode até ter as melhores das intenções, mas é uma ditadura.

     
  16. Jesus era Comunista

    setembro 9, 2011 at 7:50 am

    A vida é uma hipocrisia?

    ” A hipocrisia é o ato de fingir ter crenças, virtudes, ideias e sentimentos que a pessoa na verdade não possui. A palavra deriva do latim hypocrisis e do grego hupokrisis ambos significando a representação de um ator, atuação, fingimento (no sentido artístico). Essa palavra passou, mais tarde, a designar moralmente pessoas que representam, que fingem comportamentos.
    Um exemplo clássico de ato hipócrita é denunciar alguém por realizar alguma ação enquanto realiza a mesma ação.

    O cientista cognitivo Keith Stanovich fez uma carreira do estudo da hipocrisia. Ele a vê como surgindo da incompatibilidade de tais coisas como o interesse próprio e os desejos com crenças de ordem mais alta na moralidade e na virtude. As únicas pessoas que não são hipócritas são a minúscula e talvez não-existente minoria que é tão santa que nunca se entregam a seus instintos mais básicos e o grupo maior que nunca tenta viver segundo os princípios da moralidade ou virtude. Ele dessa forma defende que os hipócritas são na verdade a classe mais nobre das pessoas.

    François duc de la Rochefoucauld revelou, de maneira mordaz, a essência do comportamento hipócrita: “A hipocrisia é a homenagem que o vício presta à virtude”. Ou seja, todo hipócrita finge emular comportamentos corretos, virtuosos, socialmente aceitos.

    O termo “hipocrisia” é também comumente usado (alguns diriam abusado) num sentido que poderia ser designado de maneira mais específica como um “padrão duplo”. Um exemplo disso é quando alguém acredita honestamente que deveria ser imposto um conjunto de morais para um grupo de indivíduos diferente do de outro grupo.

    Hipocrisia é pretensão ou fingimento de ser o que não é. Hipócrita é uma transcrição do vocábulo grego “hypochrités”. Os actores gregos usavam máscaras de acordo com o papel que representavam numa peça teatral. É daí que o termo hipócrita designa alguém que oculta a realidade atrás de uma máscara de aparência. ”

    A pergunta é a seguinte:

    Se os USA invadiram o Iraque e agora a Líbia para se beneficiar da riqueza destes países, porque os países não abrem o verbo na ONU. Naturalmente, ressalva-se a Venezuela.

    Então, a nossa moral, minha, sua, dele, é hipócrita.

    Vamos tirar dessa hipocrisia o Brancaleone, ele é o único não hipócrita aqui. Ele sabe que o nosso mundo é pura sacanagem, é pura safadeza, e age de acordo.

    Nós agimos de acordo, mas não admitimos a nossa hipocrisia.

    Agora, se a nossa hipocrisia é entendida por nós mesmos, qual será o futuro da humanidade?

     
  17. BRANCALEONE

    setembro 8, 2011 at 10:25 pm

    A “muçulmanização” dos EUA.

    Li, assisti e ouvi por aí que uns 300.000 yankes viraram muçulmanos nos últimos anos e que mesquitas estão sendo construídas por toda a parte, inclusive perto do World Trade e especialmente depois do tal 11 de setembro.
    Já tem gente preocupada com isso, mas é modismo passageiro, assim como foi o movimento hippie ou os quebras-quebras de 68.
    Constatou-se que boa parte dos convertidos a Alá são afro-americanos que adotam inclusive nomes árabes e equivocadamente acreditam que o islamismo é uma crença africana. Na verdade os árabes que foram para a Africa o fizeram para saquear e escravizar o continente bem antes dos europeus.
    Já os branquelos que adotam o Islã só estão querendo ser “in”, querem parecer “contra-culturais” e por um tempo serem motivos de conversas nas rodas de amigos e assim parecerem um tanto diferentes, do mesmo jeito que alguns fazem tatuagens ou viram emos ou punks.
    Estes “news islamics” logo se reduzirão a uns poucos realmente crentes e a maioria vai mesmo é pular fora ou se declarar “muçulmano” só para provocar olhares de admiração, um ou outro “oohh!É mesmo é!!!” e quem sabe até conseguir a glória suprema de ser preso injustamente por suspeita de ligações com terroristas e depois fartar-se em ações indenizatórias.
    Tem ainda os que acham que os muçulmanos são os “coitadinhos da vez” e nada mais lindo e fofo que juntar-se aos “tadinhos”…
    Não podemos esquecer ainda os machistas que vêm nas formas mais pervertidas do islamismo, maneiras de oprimir as mulheres.
    Duvido muito que todos estes convertidos suportem seguir os preceitos islâmicos relativos a alimentação, vestuário e abstinência sexual.
    No mais, faço votos que caso persistam na fé islâmica, que o façam da forma correta e que não a degenerem como muitos fazem.

     
  18. Patriarca da Paciência

    setembro 8, 2011 at 10:04 pm

    Surf,

    eu não tenho nenhuma bronca com a profissão de economista.
    Tenho uma irmã formada e pós-graduada em economia.

    Eu citei uma coisa que de de vez em quando eu ouço ou leio.

    No mais, todas as profissões são satirizadas.

    Dostoievski era filho de um médico e, quando queria dizer que um pessoa tinha boa formação, constumava escrever, ” o suficientemente esclarecido para não acreditar na ciência dos médicos”.

    Mas veja isso aqui:

    O fim das ciências econômicas?

    Em entrevista ao O Globo, o Presidente da CAPES, Jorge Guimarães, sobre as mudanças na política de bolsas para o exerior da CAPES diz:

    “Por exemplo, neste quadro que estamos vivendo hoje, a pergunta em relação à formação de doutores na área economia é: nós vamos continuar mandando alunos para formar doutores num modelo que faliu o mundo? Então nós temos que perguntar a nossa área de economia o que eles vão nos dizer agora. Nós vamos mandar fazer aonde? Vai ser no mesmo modelo? Este modelo mostrou-se totalmente anticientífico, para dizer o mínimo.”

    Imagino que a CAPES usará o mesmo critério para a área de energia, responsável pelo aquecimento global; e das ciências médicas, responsáveis pela explosão populacional e todas suas consequências perniciosas. E fico me perguntando aonde ele pensa que o Brasil vai conseguir formar economistas capazes de lidar com a crise, que trabalhem com um “outro modelo”: na China, será?

    Textoi copiado do Simons’ site

     
    • BRANCALEONE

      setembro 8, 2011 at 10:27 pm

      Dizem que as disciplinas de Meteorologia e Economia são as mais sujeitas a erros…

       
      • Colafina

        setembro 9, 2011 at 12:45 am

        Também dizem que os únicos profissionais que têm usuários são traficantes de drogas e analistas de sistemas…
        😀

         
  19. Proftel

    setembro 8, 2011 at 8:04 pm

    Já li vários textos sobre as torres terem sido explodidas.

    Acho meio difícil, aqueles aviões estavam com tanques praticamente cheios, o calor deve ter sido muito grande e derreteu as vigas de sustentação (por lá eles constroem prédios de forma distinta, é com aço, aqui utilizamos concreto).

    Dá pra ter uma idéia do que é um avião explodindo quando se vê as fotos daquele que caiu em Congonhas.

    De qualquer forma, será difícil saber o que realmente houve.

    :-/

     
  20. BRANCALEONE

    setembro 8, 2011 at 7:29 pm

    Bm, seguindo a mesma linha de pensamento…
    Elvis esta vivo.
    O homem jamais esteve na lua, foi tudo armação…
    Eu sou lindo…

     
    • Jesus era Comunista

      setembro 8, 2011 at 7:45 pm

      E o Bush e Chenney merecem o prêmio Nobel da Paz.

      Cada um enxerga o que pode.

       
      • Patriarca da Paciência

        setembro 8, 2011 at 10:19 pm

        Bom, uma coisa é certa, é muito difiícil encontrar alguém que acredite que os Estados Unidos invadiram o Iraque para proteger a democracia.

        Também é muito difícil acreditar que a Europa invadiu a Líbia por simples idealismo democrático.

        A Síria está bem mais perto, praticando muito mais barbaridades que a Líbia e ninguém a invade.

        O mundo está ficando perigoso.

        Vamnos torcer para que os governantes comecem a criar juízo.

         

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: