RSS

Carlyle Group assume controle da agência CVC – 07-01-2010

25 set

Jesus era Comunista

Se você pensa que o Brasil está longe dos interesses americanos, lei-se, grupo do mal, Bush, Chenney e Wall Street, você está muito enganado. O container que sumiu com todos os dados do pré-sal era transportado pela Halliburton, empresa de Chenney.

A Carlyle é empresa dos Bush.

E levam grande vantagem aqui no Brasil, pela ignorância em que o povo está em relação às Empresas do Mal.

Corruptos como somos, eles deitam e rolam aqui no Brasil.

Será que isso nos livra de uma ação dos USA no pré sal? Desculpa eles tem, está no mar a dezenas de quilômetros da costa. Nada impede deles colocarem uma plataforma ao lado da nossa, ou mesmo tomar na marra.

Quem vai impedir?

São hipóteses que alguém pode achar descabida, mas que estrategicamente tem que ser pensada.

——————————————————————————————————————–

http://michelwinkler.blogspot.com/2008/01/carlyle-group-o-brasil-na-mira-dos.html

———————————————————————————————————————-

http://topdocumentaryfilms.com/iron-triangle-the-carlyle-group-2/

———————————————————————————————————————–

07-01-2010

O grupo internacional de private equity The Carlyle Group anunciou hoje (07) que adquiriu 63,6% do controle da CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. Segundo nota, Guilherme Paulus, fundador da operadora, continuará sendo o presidente do conselho da CVC e permanecerá com participação no restante do capital da companhia.

A CVC, com sede em Santo André (SP), é a maior operadora de viagens da América Latina. A transação foi concluída no final de dezembro de 2009 e envolve a operadora de viagens, incluindo a operação de cruzeiros marítimos. As outras empresas controladas por Guilherme Paulus – a companhia aérea WebJet e a GJP Hotéis e Resorts – não fazem parte do negócio. Detalhes adicionais do acordo financeiro não foram informados.

A CVC foi assessorada pelo escritório de advocacia Mattos Filho. O Carlyle foi assessorado pelos escritórios de advocacia Pinheiro Neto Advogados e Debevoise & Plimpton e pelo banco Rothschild.

O capital para esta transação virá dos fundos Carlyle Partners V (principal fundo do Carlyle Group, com US$ 13,7 bilhões sob administração) e Carlyle South America Buyout Fund I, bem como de Guilherme Paulus e outros co-investidores (incluindo a firma RLJ Equity Partners).

Fundada em 1972 por Paulus, a CVC opera voos charters e regulares, diárias em hotéis, cruzeiros e serviços receptivos, montando pacotes turísticos que são vendidos para mais de dois milhões de passageiros anualmente. A CVC oferece pacotes turísticos para destinos nacionais e internacionais, que são distribuídos por uma rede de 8.000 agências de viagens independentes credenciadas e 400 lojas exclusivas no Brasil, a maioria operada por representantes. A companhia emprega mais de 900 funcionários diretos e gera mais de 4.500 empregos indiretos.

O Carlyle Group é um grupo global de private equity com US$ 86,1 bilhões de ativos sob gestão, comprometidos para 64 fundos até 30 de junho de 2009. O Carlyle investe em aquisições de empresas, capital para crescimento, ativos imobiliários e leveraged finance na África, Ásia, Austrália, Europa, América do Norte e América do Sul, com foco nos setores aeroespacial & defesa, automotivo & transportes, consumo & varejo, energia, serviços financeiros, saúde, indústria, infraestrutura, tecnologia & automação e telecomunicações & mídia.

Desde 1987, investiu US$ 56,3 bilhões de capital em 920 transações a um preço total de aquisição de aproximadamente US$ 229,1 bilhões. O Carlyle Group emprega mais de 875 profissionais em 20 países. Conjuntamente, as companhias do portfólio do Carlyle têm mais de US$ 109 bilhões em receitas e empregam mais de 415.000 pessoas ao redor do mundo.

http://www2.uol.com.br/canalexecutivo/notasemp10/emp070120103.htm

—————————————————-

SURF – que operação é esta?

06/09/2011

Carlyle Group entra com pedido de IPO na SEC

Por Viviane Maia | Valor

SÃO PAULO – O Carlyle Group informou hoje que entrou com um pedido de oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de units na Securities and Exchange Commission (SEC, órgão equivalente à Comissão de Valores Mobiliários nos Estados Unidos).

Em comunicado, a companhia não informou o volume da oferta de units e o preço médio de cada. Com o montante arrecado, o Carlyle Group  pretende realizar pagamentos de dívidas, investimentos estratégicos e aquisições.

O J.P. Morgan Securities, o Citigroup Global Markets e o Credit Suisse Securities serão os coordenadores da oferta.

(Viviane Maia | Valor)

—————————————————————-

http://www.guardian.co.uk/world/2001/oct/31/september11.usa4

——————————————————————-

Sites: www.carlyle.com // www.cvc.com.br

 
32 Comentários

Publicado por em setembro 25, 2011 em Uncategorized

 

32 Respostas para “Carlyle Group assume controle da agência CVC – 07-01-2010

  1. Jose Mario HRP

    setembro 27, 2011 at 9:53 am

    Acabou?

     
  2. Jose Mario HRP

    setembro 27, 2011 at 9:40 am

    O que faz minha terra estar assim a deriva, nas mãos de bandidos fardados?
    São Paulo e seu povo provinciano e truculento ou todos estamos enganados?

    http://noticias.r7.com/sao-paulo/noticias/em-cinco-anos-pm-de-sao-paulo-mata-mais-que-todas-as-policias-dos-eua-juntas-20110607.html

     
  3. Jose Mario HRP

    setembro 26, 2011 at 9:51 pm

    Não tinha tido o tempo certo para ver Tropa de Elite 02…
    Um filme para jovens….
    Para a turma que tem culhão para se revoltar sem tempo ou ideologia, só com o viés, país, e pátria.
    E Povo e familia.
    Honestidade e paz.
    Fraternidade, caridade e amizade.
    UAU!
    Primaveras de insurreições, revoluções e indignação.
    Fiquei sabendo que os jovens israelitas de Jerusalem ocidental se aliam aos jovens palestinos defendendo as casas palestinas que juizes sem legalidade alguma (israelenses) tomam dos palestinos e passam aos colonos judeus, numa super anschluss!
    26/09/2001….

     
  4. Patriarca da Paciência

    setembro 26, 2011 at 9:11 pm

    Viuge! como dizia a Alba.

    Toda uma segunda-feira e ninguém deu sequer um pitacozinho!

    Onde anda o pessoal?

    Alô, Alô, gente sumida!

     
  5. surfando na jaca

    setembro 25, 2011 at 11:22 pm

    É, uma boa noite a todos e todas.

     
  6. BRANCALEONE

    setembro 25, 2011 at 9:51 pm

    Surf…

    Respondi ao seu comentário.
    Leia.

    Abraços.

     
    • surfando na jaca

      setembro 25, 2011 at 10:48 pm

      Broncão, novamente vc. fez mistureba das coisas. Vc.não espera que se construa um estádio de futebol no Vale do Ribeira só porque vc. quer o desenvolvimento de sua região? Parece que bebe? Não tem PAC por aímas tem em vários outros lugares. Vc. sabe muito bem ou quer dar uma de otário, que substituir a mata original por pinus é um desastre para o meio ambiente. MAs tudo bem, o ser humano tem que viver. Acontece que a questão é dos recursos renováveis e de seu planejamento. Caso contrário, vai ter muita gente que não vai poder viver também, provavelmente os seus netinhos. Então não me venha com esse papo de meio-ambiente é uma atitude de cínicos. Isso é que é uma declaração de burrice e de cinismo. Não sou natureba, mas considero que a questão do esgotamento dos recursos naturais tem que entrar na pautapolítica da humanidade. Faço muito pouco em relação a isso. Mas o Brasil não representa uma ameaça tão grande. Mas o consumismo dos ianques e dos europeus é ameaçador. Também é lá que essa consciência se torna mais visível, ainda bem. MAs é uma coisa bem contraditória, como todo ser humano é. Ou seja, eles possuem coleta de lixo selecionada e vigiada por todo cidadão. Ai daquele que deixar de separar os recicláveis! No entanto, fazem fila quando sai qualquer gadget da informática. Os caras são loucos por esses brinquedinhos e trocam seus objetos de consumo como se trocassem de roupa. Nada se conserta. Esse nível de consumismo está completamente fora de harmonia com o meio-ambiente. Ai daquele que falar qualquer coisa contra a tecnologia por lá!

       
  7. Jose Mario HRP

    setembro 25, 2011 at 9:49 pm

    No tele cine o tropa de elite II e dá-lhe filha da p…………………..
    E que legal se nós pudessemos dizer Filha da p….. nas camaras, assembléias, e congresso, para os senhores legisladores!

    Votar no lula foi prazer, votar nos outros cargos e a cada dois anos é um suplicio!
    Mas , enfim, a democracia é votar, participar e cobrtar!
    O Senhor é meu Pastor e nada me faltará!
    Assim será para todo sempre………………

     
  8. Proftel

    setembro 25, 2011 at 9:39 pm

    Pessoal, um vídeo muito legal prôceis, o cara é brasileiro e mora em Portugal:

    🙂

     
    • Proftel

      setembro 25, 2011 at 9:45 pm

      Como foi feito:

      🙂

       
  9. Jose Mario HRP

    setembro 25, 2011 at 9:14 pm

    Um container cheio de papel?
    Um disquete já daria!
    Teoria da conspiração é soda limonada!
    E esses caras só com cialis, vi – a – gra e genericos!
    Br-ooooooooooooooooooo-xxxxxxxxxx-asssssssssssss

     
  10. Jose Mario HRP

    setembro 25, 2011 at 9:12 pm

    O Bush não será punido aqui, mas depois….
    Aqui uma jóia que esse povo esquisito criou:

    http://www.chinaodysseytours.com/hangzhou/west-lake-photo-tour.html

     
  11. surfando na jaca

    setembro 25, 2011 at 8:56 pm

    O problema do Broncão é a confusao de canais. Ora, o capitalismo é um fato e investimento é o que movimenta o mercado. Mas achar que o mercado interno é uma coisa desprezível é ser um bacurau de ignorância. Ao contrário, nenhuma grande nação cresceu sem consolidar seu mercado interno. Quem não faz isso é colônia, que não vai para frente e não melhora a condição de seu povo. O cara tem a visão restrita de madeireiro devastador de meio-ambiente voltado para exportação de bem primário e acha que o país todo tem que ser assim, porque ele ganhou dinheiro e a cidadezinha dele também. Assim nem dá para conversar. Espera ver o que vai sobrar da tal cidadezinha depois que a mata for para o brejo.

     
    • BRANCALEONE

      setembro 25, 2011 at 9:49 pm

      Caro Surf

      A mata não vai pro brejo.
      Esta se replantando 100% do que se corta, variando entre pinus taeda e eliótis e eucalipto D9.
      O mercado interno não é desprezível. Representa uns 12% do que se vende por aqui mas é apenas 12% e por décadas o “mercado interno” fez do Vale do Ribeira a região mais pobre do Paraná e São Paulo.
      Não se devasta o meio ambiente – ou o pouco que restou dele depois que passaram por aqui os “patrióticos e nacionalistas madeireiros brasileiros” que entre os anos 30 e 70 arrasaram isso aqui atrás de pinho, peroba, imbuia etc. etc aliás hoje os herdeiros destes depredadores são prefeitos, governadores, senadores e deputados…
      E não se faz omeletes sem quebrar ovos. Não dá para abastecer o mundo de casa, comida e energia sem explorar recursos naturais.
      Ninguem aqui tá com dorzinha na consciência por estar teclando e usando energia elétrica gerada às custas de usinas que alagaram milhares de hec. e desalojaram milhares de pessoas…
      Ninguem aqui esta com dorzinha na concienciazinha porque amanhã vai usar seu carrinho que vai gerar monóxido de carbono e usar petróleo que volta e meia se derrama pelo mundo ou seja meu caro surf…
      Minha atividade causa danos ambientais? Causa sim mas a sua e a nossa existência tambem, só que nós fazemos de conta que não temos nada com isso.
      Todo mundo aqui adora o meio ambiente, miquinhos leão e plantinhas mas quantos aqui usam detergentes e shampoos biodegradáveis, só andam de bicicleta, reciclam o lixo doméstico e tantas outras atitudes ecologicamente necessárias?
      Discurso ecológico-social é bonito, chama a atenção e até da um certo ar de paladino a quem o profere mas precisamos saber se quem discursa faz o que fala ou só quer que façam o que ele quer.
      Minha cidadezinha tá crescendo sim. Aqui não vem Olimpiada nem Copa, não tem uma unica obrinha do PAC e a gente tem que virar como pode e com o que tem.
      E bens primários nada. Daqui saem palets prontos, painéis, clears, mouldingwoods, structpine, etc.- média de 3 containers dia de produtos prontinhos, bonitinhos e bem agregadinhos de valor.
      Na boa Surf. Já que a prosperidade não viceja no Brasil inteiro mas é bem endêmica, não me sinto nadinha culpado de estar num lugarzinho onde estamos obtendo a nossa prosperidade. Tá cheio de carioca e paulista feliz porque vai faturar legal às custas da olimpiada e da copa e eu não to com raiva ou inveja deles. Sorte deles. Faturem legal porque como voce profetiza (ou amaldiçoa…) tudo pode acabar…

       
  12. surfando na jaca

    setembro 25, 2011 at 8:50 pm

    O pré-sal é uma realidade, como disse o Patriarca. Mais do que isso, o Brasil precisa de assento no Conselho de Segurança da ONU para ter maior peso diplomático e defender seus interesses. Já temos a ameaça contra a Amazonia e teremos com o pré-sal.

     
  13. Jose Mario HRP

    setembro 25, 2011 at 8:48 pm

    De tudo isso o que mais me deprime é estar no séc. 21 e ver esse EUA ainda ameaçar de forma romana a soberania de qualquer nação , sem qualquer prurido….somos o que? humanos?
    Diante do tacão sermos menores!

     
  14. Patriarca da Paciência

    setembro 25, 2011 at 8:22 pm

    Vejam esta:

    ‘Ilha do Petróleo’, no Rio, pode ser o maior centro de pesquisa do mundo
    Complexo reúne laboratórios das 16 principais multinacionais de tecnologia do setor, com investimentos de US$ 500 milhões

    KELLY LIMA / RIO – O Estado de S.Paulo
    Em área de 400 mil metros quadrados na Ilha do Fundão, no Rio, que já vem sendo chamada de “ilha do petróleo”, estão sendo construídos alguns dos principais centros de pesquisa e desenvolvimento do setor no mundo. O complexo agrega as 16 principais multinacionais de tecnologia do setor, que já destinaram US$ 500 milhões ao projeto de construção de laboratórios.

    “A expectativa das empresas é, no mínimo, equiparar o polo do Rio ao da cidade texana de Houston, referência mundial e considerada atualmente “a capital do petróleo”.

    Maior aposta de crescimento da economia brasileira até 2020, a produção de petróleo no pré-sal é o centro de atração dos projetos tecnológicos. O complexo do Fundão terá prédios futuristas no campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e no entorno do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobrás (Cenpes), já considerado de excelência em projetos de prospecção em águas profundas…”

     
  15. surfando na jaca

    setembro 25, 2011 at 7:48 pm

    Estou muito espantado. Não com a notícia de investimento da Carlyle, pois capital é assim, amplia-se o investimento quando lhe é favorável. Pelo visto, o interessante não é saber sobre a unit que vai jogar no mercado (papelada composta de valor unitário, podem procurar no google, que deve ter maiores ou menores informações), mas entender que um contexto econômico pode ser ruim para muitas empresas, enquanto outras se dão bem na crise. Resta saber que vai investir nesse papelório da Carlyle. O que se fez com os empréstimos a juros baixos nos EUA, é pegar grana lá e jogar aqui, com os juros estratosféricos. Só se perde se a Brazuca for para o brejo. Traduzindo: pega-se dinheiro do contribuinte ianque a juros baixos e ganha-se na diferença do que se paga aqui. Ahhh, sim, falava que estava espantado era com a rapaziada que sai de casa e se empilha em pé que nem cacho de banana para escutar um sujeito semiannalfa gritando a plenos pulmões: É tudo meu, vai se fuder! Algo de muito errado no cérebro da rapaziada. Na URSS estariam todos presos.
    Esse Broncão é uma zebra (que me desculpem esse nobre animal listrado, mas misturou tudo. Ex-URSS com imperialismo ianque, sacudiu tudo e bebeu com querosene e guspe de satanás. A Guerra Fria e a gestão estatal da economia produziu um carreamento dos recursos para a indústria militar e de base, inibindo as mercadorias de consumo. Mas os carros padronizados, sem concorrência, duravam décadas. Os aviões tupalevs caíam menos do que os boings. Mas a restrição nos bens de consumo durante décadas fora um tributo pesado demais para o valoroso povo soviético (o mais heróico do mundo). Resumindo, o ator de terceira de bang-bang teve razão ao afirmar que havia acabado com a URSS. Sim, foi exatamente a Guerra Fria e a ameaça das economias mais avançadas do mundo que impediram uma outra história para essa primeira fase do socialismo. Stalin é uma face de um espelho capitalista.
    Uma boa noite, caramujada!

     
  16. surfando na jaca

    setembro 25, 2011 at 7:46 pm

    Estou espantado. Não com a notícia de investimento da Carlyle, pois capital é assim, amplia-se o investimento quando lhe é favorável. Pelo visto, o interessante não é saber sobre a unit que vai jogar no mercado (papelada composta de valor unitário, podem procurar no google, que deve ter maiores ou menores informações), mas entender que um contexto econômico pode ser ruim para muitas empresas, enquanto outras se dão bem na crise. Resta saber que vai investir nesse papelório da Carlyle. O que se fez com os empréstimos a juros baixos nos EUA, é pegar grana lá e jogar aqui, com os juros estratosféricos. Só se perde se a Brazuca for para o brejo. Traduzindo: pega-se dinheiro do contribuinte ianque a juros baixos e ganha-se na diferença do que se paga aqui. Ahhh, sim, falava que estava espantado era com a rapaziada que sai de casa e se empilha em pé que nem cacho de banana para escutar um sujeito semiannalfa gritando a plenos pulmões: É tudo meu, vai se fuder! Algo de muito errado no cérebro da rapaziada. Na URSS estariam todos presos.
    Esse Broncão é uma zebra (que me desculpem esse nobre animal listrado, mas misturou tudo. Ex-URSS com imperialismo ianque, sacudiu tudo e bebeu com querosene e guspe de satanás. A Guerra Fria e a gestão estatal da economia produziu um carreamento dos recursos para a indústria militar e de base, inibindo as mercadorias de consumo. Mas os carros padronizados, sem concorrência, duravam décadas. Os aviões tupalevs caíam menos do que os boings. Mas a restrição nos bens de consumo durante décadas fora um tributo pesado demais para o valoroso povo soviético (o mais heróico do mundo). Resumindo, o ator de terceira de bang-bang teve razão ao afirmar que havia acabado com a URSS. Sim, foi exatamente a Guerra Fria e a ameaça das economias mais avançadas do mundo que impediram uma outra história para essa primeira fase do socialismo. Stalin é uma face de um espelho capitalista.
    Uma boa noite, caramujada!

     
  17. Proftel

    setembro 25, 2011 at 7:02 pm

    Casa cheia por aqui….

    Oito pessoas fora eu a patroa e a Duda, bolo ce carne e charuto de repolho, o povo acabou de sair.

    Checando os e-mails agora pouco vi que por engano enviei prô FDA aquela lista com todo mundo, ele gentilmente solicitou que tirasse o dele no que foi prontamente atendido.

    Alguns gostam de trocar uma idéia no particular outros não, de boa.

    Só digo uma coisa, aquela lista cuja origem foi do Colafina é uma compilação que ele começou porque cada um alí disponibilizou em algum lugar e-mail para contato, ninguém aqui tem “bola de cristal” pra ficar adivinhando quem é quem.

    Vou lá, Dalva e Duda querem assistir um filme.

    Boa semana prôceis.

    🙂

     
  18. BRANCALEONE

    setembro 25, 2011 at 5:42 pm

    Alguem aqui lembra quando eramos “protegidos” da voracidade dos capital estrangeiro lá pelos anos 60, 70 e parte dos 80?
    Lembram que ficava-se pagando uns dois anos ANTECIPADAMENTE para só então se ter uma linhazinha telefônica em casa? E que esta linha custava uns US 5.000,00?
    Que só se tinha como opção Fuscas, chevetinhos e opalas?
    O mundo já tinha coisa boa de computador, mas gente só podia comprar CP 500 da prológica…

    Pois é…

    Hoje podemos não estar num paraiso mas com absoluta certeza saimos do inferno estatal e não estamos mais “fechados” ao mundo, sustentando os cartéis nacionais que se são cartéis, são piores que os estrangeiros.

    O nacionalismo que beira a xenofobia pode até parecr patriótico, ousado e rende um bom discurso mas é antiprodutivo e anti econômico e a médio prazo é catastrófico.

    Avalio pela minha cidadezinha…

    Capital chileno via empresa Arauco elevou a média salarial da peãozada de R$ 850,00 para 1.020,00. A procura por curso de 2o. grau aumentou 23 por cento para atender exig~encia de empresas mais organizadas e de capital estrangeiro. O sujeito que vende motos Honda por aqui comemora aumento de 15 por cento nas vendas…
    O Piriquito, que vende antenas parabólica esta feliz…
    Até academia de ginástica estão montando
    Peão agora não leva mais marmita de casa (Arroz, feijão e ovo…) – Tres restaurantes locais tiveram que se espertar e agora fornecem marmitas balanceadas que são levadas até a peonnada em carros próprios.- e para isso contrataram mais pessoas…

    Tudo isso porque tres madeireiras e duas beneficiadoras de granitos estrangeiras agora atuam no meu pequeno município. Até dez anos atrás, 100 por cento que era tirado daqui era em estado bruto. Toras e blocos de granito que iam enriquecer cartéis nacionais de madeireiras e pedreiras. Agora, 40 por cento do que se extrai aqui é beneficiado aqui, com enorme agregação de valor e através de empresas estrangeiras.

    Grandes empresas brasileiras do ramo madeireiro AGORA estão vindo para cá e tendo que se adequar à nossa realidade. Estão fazendo isso porque a gringaiada chegou antes.

    Podem odiar o capital estrangeiro. Nós aqui estamos melhorando de vida graças a ele.

    Nós aqui torcemos para que os EUA e a Europa sejam sempre ricos, fortes e compradores de nossos produtos.

    Nos tempos em que o PT dizia a que ” O Mercado Interno nos sustenta” tudo voltava para trás…

     
    • Jesus era Comunista

      setembro 25, 2011 at 5:59 pm

      Brancaleone

      Companheiro, não estamos falando no post nada disso, o mundo está globalizado, as grandes empresas brasileiras estão no mundo todo, ninguém é contra capital de empresas gerando trabalho e agregando valores, nem estamos dizendo que o comunismo russo é lindo e maravilhoso, eu mesmo meto o pau no comunismo de Marx dizendo que ele colou errado de Jesus que sabia o que fazia e falava, o que deixa o companheiro Surf à beira do enfarte.

      Não estou falando de sua cidadezinha, não conheço nada daí, não sei o que rola por aí.
      Não estou falando do Brasil, que está razoavelmente bem por causa da política econômica do Lula e da Dilma.

      Estou falando das empresas do MAL, que fazem parte de um esquema destinado a dominar a grande riqueza do mundo – PETRÒLEO.

      Você parece aquele personagem do Ronald Golias, aquele velhinho, que falava quase só – Bartolomeu Guimarães.

      O seu discurso reflete suas bases de raciocínio.

      Está desatualizado, sem nexo e repetitivo.

       
  19. BRANCALEONE

    setembro 25, 2011 at 5:21 pm

    No século passado existia um grande império construído às custas de tanques, gulags, mentiras e muros – que aliás expandiu-se por ter se aliado aos nazistas nos primeiros anos da 2a. guerra –
    Este grande império hoje reduzido a uma nação dominada por máfias, fechou-se por décadas ao mundo exterior. Os relógios que eles fabricavam adiantavam ou atrasavam uns 20 minutos por dia e nem se comparavam a reles “Orientôs”. Os carros eram Ladas ou Trabants e os aviões mais caiam que voavam.
    A política que vigorava neste agora derrocado império era que nada alem fronteiras prestava e que o mundo exterior era composto de bichos papoes insaciaveis que queriam escravizar o próspero proletariado que vivia feliz, livre e satisfeito.
    Bem, o fato deste império não existir mais deve significar alguma coisa e creio que os mais inteligentes aqui poderão concluir melhor…

     
  20. BRANCALEONE

    setembro 25, 2011 at 4:05 pm

    Não nego a importância do présal. Muito pelo contrário.
    Só não gosto é do ufanismo petista-lulista pré eleições, que fizeram do presal algo muito alem de sua importância. Alem de que, não foi a esquerda que socou as reservas de petróleo lá nos cafundós do fundo do mar. Embora alguns possam achar que todo aquele petróleo foi estocado lá por alguns esquerdistas previdentes… É bom deixar claro que o petróleo do présal é coisa da natureza, resultado de um monte de circunstâncias acontecidas beeeeeeeem antes do PT do existir…
    O mais engraçado é que todo o petróleo do presal só vai ser arrancado de lá se os capitalistas do mundo do petróleo entrarem com sua parte (uma parte bem gorda, diga-se) O Brasil não tem capital para bancar uma aventura destas muito embora eu admita que a Petrobras tenha “know now” pra coisa, só não tem é a grana.
    Minha única preocupação e no futuro algum país tipo assim a Atlândita exigir que as reservas são deles e a “dipromacia” brasileira entrega tudinho, para algum Evo Morales Atlantidinês… – Precedentes já existem…

     
  21. Proftel

    setembro 25, 2011 at 2:13 pm

    Essas histórias me fazem lembrar um livro que lí na década de 70: “A ditadura dos cartéis”.

    Incrível a interação que há nos grandes conglomerados.

    :-/

     
  22. Patriarca da Paciência

    setembro 25, 2011 at 11:26 am

    É impressionante o esforço da “direita” em negar a importância do pré-sal.

    O mundo inteiro reconhece, milhares de norte-americanos e europeus estão procurando o Brasil para instalar suas empresas ou conseguirem bons negócios, mas turma direitoba fecha os olhos para tudo isso.

    Eles insistem em negar a realidade.

    Vivem em seus saudosismos de guerra fria e heroizões de gibi!.

     
  23. BRANCALEONE

    setembro 25, 2011 at 11:09 am

    Pre sal?
    Foi uma espécie de “plano quinquenal” do Lula. Só uma idéia tipo “PAC’ para ganhar uns votos.
    O pre-sal só vai ser viável quando as reservas atuais e mais fáceis estiverem acabadas.
    Extrair petróleo do présal hoje é tão complicado e portanto tão caro que seria mais barato abastecermos nossos carros com uísque.
    Quanto a mais uma empresa brasileira ceder aos encantos ianques, isso só prova que antes os gringos que os chineses..
    Aqui ninguem reclama quando compra produto chines mais barato em detrimento do mesmo produto de fabricação nacional.
    Na minha opinião, quem compra produto importado por ele ser mais barato que o nacional esta se lixando para a economia brasileira e pensando só no seu próprio bolso e não podemos nos “indignar” com empresas estrangeiras comprando empresas brasileiras quando nós enquanto individuos fazemos coisas parecidas…
    Eu seria o último a reclamar da venda da CVC e outras situações semelhantes. Compro produtos por sua qualidade e preço e não me interessa se são nacionais , chineses ou uzbesquitaneses

     
  24. Jose Mario HRP

    setembro 25, 2011 at 10:41 am

    Uau! Depois eu que sou obcecado , pelos EUA!!
    Já o pré sal , vai sempre existir a possibilidade de…..mas por isso mesmo devemos investir em mais hidroeletricas, moinhos de vento e outras alternativas.

     
    • Jesus era Comunista

      setembro 25, 2011 at 11:38 am

      HRP

      Concordo, já que contra a força incomensurável dos USA nada se pode.

      O Império da vez é os USA, nada mais normal do que orbitar em volta dele.

       

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: