RSS

Luz no fim do túnel

30 set

Patriarca da Paciência

Finalmente uma luz no fim do túnel, ou seja, um modo de punir os motoristas irresponsáveis!

“INSS quer cobrar pensão de motorista infrator

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) se prepara para cobrar do motorista infrator os valores que forem gastos com o pagamento de benefícios previdenciários para as vítimas de acidentes, informa reportagem de Paulo Muzzolon para a Folha.

A íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL (empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

A AGU (Advocacia Geral da União) irá entrar com ações na Justiça exigindo o ressarcimento para os cofres públicos dos valores gastos com pensão, auxílio-doença e aposentadoria por invalidez.

A AGU está escolhendo casos graves, em que o motorista que causou o acidente foi condenado por homicídio doloso –quando assume o risco de matar–, para entrar com os primeiros processos cobrando os valores da pensão paga à família da vítima.

Segundo o procurador Fernando Maciel, coordenador geral de matéria de benefícios, a AGU vai esperar as primeiras decisões da Justiça para entrar com novas ações. “Pretendemos ter antes a jurisprudência favorável”, disse, em entrevista à Folha.

Se o entendimento da Justiça for favorável ao INSS, as ações serão estendidas para os demais benefícios. ”
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/982002-inss-quer-cobrar-pensao-de-motorista-infrator.shtml

 
20 Comentários

Publicado por em setembro 30, 2011 em Uncategorized

 

20 Respostas para “Luz no fim do túnel

  1. JOSE MARIO HRP

    outubro 1, 2011 at 6:43 am

    Não digo que o advogado acertou em atacar a mãe do promotor mas foi sua forma de retribuir o ataque sem porque do promotor chamando-o de advogado bandido do PCC.
    Isso num plenário de Juri é injúria!
    E depois os repetidos ataques fisicos do promotor revelam seu destempero, sua desqualificação emocional para um Júri, faltra de educação e talvez uma possivel sociopatia.
    Revelou-se um aproveitador, pois sabe que só pode ser julgado no pleno do Tribunal de Justiça paulista.
    Santos Deus, reze voce que o tiver como acusador!

     
  2. Proftel

    setembro 30, 2011 at 11:49 pm

    Na década de 80 do século passado era jovem, ouvi a seguinte expressão:

    “quem não herda não sai da merda….”

    Nunca engoli isso, prefiro parentes vivos e eu “na merda” kkkk.

    Depois d’algum tempo surgiu outra:

    “quem não aposenta não senta….”

    Também discordo kkkkk.

    Havia uma terceira na década de 80 que versava sobre a “luz no fim do túnel”, era mais ou menos assim:

    “- O brasileiro tá tão na merda que o fim do tunel é um cú ”

    Vamos lá por partes:

    Tá certo que não saí da “merda”, continuo pagando aluguel mas tenho dois empregos que garantem a bagaça; Não concebo um cara com saúde aposentar (muito menos com minha experiência); Saímos do FMI (o maior “cú” que uma Economia pode se enfiar (coitados Gregos, Portugueses, Espanhóis quiçá Italianos – se bem que estes gostam d’um) .

    Se pensam que estou triste com eles, talvez, os caras não sabem o que é enfrentar mais de duas décadas perdidas como nós de minha geração perdemos.

    Volta e meia encontro amigos em São Vicente, contemporâneos de caserna, Faculdade, segundo e primeiro grau lá do “Grupão” (que hoje é uma Delegacia de Ensino, o prédio do Correio logo em frente também não é o mesmo).

    Dá pra contar na metade d’uma mão os que tem casa própria, mesmo assim dois deles “em andar”, dividida com os irmãos, terrenos de ‘”10x40m” herdados. onde constituiram família, construiram e sobrevivem bem, o resto da turma está mesmo como eu, pagando aluguel.

    A “Luz no Fim do Tunel” talvez passe por um “congelamento” dos bens em onde o Estado os tomem de volta com redistribuição por necessidade.

    Não sou “comunista”, sou “espartano”.

    Há uma velhinha viúva que tem dois filhos (um gay que mora nos EUA), outro “bon vivan” morando no Nordeste pois bem. A velhinha tem dezoito imóveis, que lhe geram uma baba de aluguel por mês, sustenta os dois ociosos assim, ela trabalha até hoje na farmácia deixada pelo marido, mora sozinha numa casa de quatro suites mais suite de empregada no centro da cidade. Esses dias ela desmaiou de fome na rua, ajudei a socorrer.

    Pessoal, esse comentário é só mais uma percepção pessoal mínima minha aqui onde moro, podem crer que onde vocês estão a coisa é parecida.

    Infelizmente.

    :-/

     
  3. Jose Mario HRP

    setembro 30, 2011 at 7:57 pm

    Patriarca acho que voce tem certa razão sobre o tema dirigir bebado.
    S[ocó, voce é de longe a maior chata que conoci ….o sujeita patética!

     
    • só quero vê no que vai dá!

      setembro 30, 2011 at 8:22 pm

      HRP, menino espiritual… há muito pouco tempo atrás tua opinião fazia alguma diferença.

      Agora…

      Durma bem!!! (E cá entre nós, prá eu ser chata como dizes, me dá licença prá passar na tua frente???)

      Aos demais, boa noite!!! Amanhã… será outro dia… Inté!!!

       
  4. Proftel

    setembro 30, 2011 at 6:44 pm

    Não deu tempo de conversar com algum Procurador lá no serviço pra ver o que eles acham da coisa, nessa semana estão com dois “mutirões” em comarcas distintas e aquilo lá tá uma correria lascada.

    Cheguei em casa agora pouco e já estou de saída, há uma festinha no colégio da Duda, fui intimado até a chegar mais cedo em casa.

    Mais tarde eu apareço por aqui.

    Tô estranhando o Surf ter sumido, que será que aconteceu?

    :-/

     
  5. ANA GENILIA da COSTA

    setembro 30, 2011 at 5:36 pm

    Ooolha caros amigos! Se alguém tem que pagar a conta certamente não será o INSS. Afinal, não foi o instituto que matou, ou invalidou a vítima do “acidente” que o alcool vitimou. Em minha opinião, e acho que estou certa nisto, vejo que a função do INSS é tratar de doentes normais, sejam vitimas de acidentes no trabalho ou mesmo doentes normais. É uma punição inteligente, e põe em pratica uma iniciação ao fim da irresponsabilidade.

    Abrs

     
  6. só quero vê no que vai dá!

    setembro 30, 2011 at 11:56 am

    Concordo plenamente!!! Se o crime for considerado doloso tem que haver uma punição rigorosa como qualquer outro assassinato… seja através de detenção ou penalidade financeira, que a meu ver seria o mais correto. Quantas e quantas vítimas de atropelamento e/ou colisões ficam impossibilitadas eternamente de voltarem ao mercado de trabalho?? Quantos pais e/ou mães de família deixam viúvas(os) e filhos sem nenhum amparo financeiro devido ao inesperado acidente???
    Pode ser que assim, se pesar no bolso, o mau motorista pense 02 vezes antes de ingerir bebidas alcoólicas, exceder a velocidade, fazer ultrapassagens perigosas, etc, etc… antes de “sentar seu traseiro no volante”!!!

     
    • Patriarca da Paciência

      setembro 30, 2011 at 12:28 pm

      Pois não é, só quero,

      é uma solução altamente criativa e inteligente!

       
  7. Patriarca da Paciência

    setembro 30, 2011 at 11:49 am

    Para mim, essa iniciativa do INSS pode ter uma grande efeito social-educativo.

    Muitos pensavam, pensavam e não conseguiam encontrar uma saída para a impunidade dos motoristas infratores.

    Acredito que aos poucos irão aparecer soluções para a impunidade dos políticos, dos maus servidores públicos, dos maus policiais etc.

    A democracia é lenta mas sempre encontra a melhor solução.

     
  8. Patriarca da Paciência

    setembro 30, 2011 at 10:55 am

    Fred,

    geralmente quem compra um carro é porque dispõe de algum recurso extra. Conforme as leis, cada pessoa só paga, segundo as suas possibilidades, então, as pensões se ajustariam conforme cada caso. Além do mais os maiores causadores de danos são pessoas de altas posses, que podem comprar carrões potentes, os quais desenvolvem grandes velocidades. Carrinho de pobre causa poucos danos e os donos são muito mais cuidadosos, pois sabem o quanto custam.

    HRP,

    discordo de você. Não acredito que seja insconsticional o INSS procurar se ressarcir de prejuízos causados por terceiros. As seguradoras já fazem isso há muito tempo e nunca foi considerado inconstitucional. O INSS, no fundo é uma seguradora, “seguro social”.

     
  9. Proftel

    setembro 30, 2011 at 10:20 am

    Pessoal, ontem e hoje estou meio atrapalhado no serviço, mais a noite volto, que semana de lascar!

    🙂

     
  10. Jose Mario HRP

    setembro 30, 2011 at 9:05 am

    Eu estou entendendo o que o INSS quer, mas acho a medida inconstitucional.
    Tende a ser rejeitada.

     
  11. Jose Mario HRP

    setembro 30, 2011 at 9:04 am

    Totalmente off topicmas….
    Promotor arrogante, descontrolado e vulgar:
    Essa é a nossa justiça?
    Um sujeito desse pode ser promotor?

    http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/promotor-e-acusado-de-agridir-advogado-durante-julgamento-em-sao-paulo/n1597246786367.html

     
    • Jesus era Comunista

      setembro 30, 2011 at 9:27 am

      É a nossa JUSTIÇA, parece que que é composta por doidos.

       
      • Patriarca da Paciência

        setembro 30, 2011 at 12:18 pm

        Fred,

        não podemos generalizar. O tal promotor não representa 1% dos seus colegas. A maioria é gente bem educado de de bons modos.

        E pode ter certeza de uma coisa, esse promotor vai ser punido.

        Não há nem como ser diferente, já que a coisa foi pública e em pleno julgamento.

        Esse promotor deve estar com sérios problemas!

         
        • Patriarca da Paciência

          setembro 30, 2011 at 12:27 pm

          Estranho aí, vendo no vídeo, é que é muito provável que o advogado seja também punido.

          O advogado xingou a mãe do promotor. O promotor partiu para a agaressão física. Um barraco digno de novela!

          Tanto o advogado, quanto o promotor, estão no mesmo nível!

           
          • só quero vê no que vai dá!

            setembro 30, 2011 at 12:54 pm

            Hahahahahahahahahahaha…..

            Mais uma vez concordamos, Patriarca, o nível é o mesmo… Mas ainda acho que o Promotor não deveria ter rebatido físicamente a provocação, lhe faltou compustura total. Inadmissível para o cargo dele.

            Mas estou rindo é que tem a parte hilária do vídeo.

            É absolutamente IMPAGÁVEL a cara do réu… que é o que o vídeo mostra realmente… rsrsrsrs O “moço” tava atônito, pasmo, com cara de: “Meu Deus!!! É esse aí que tá me defendendo??? E esse dali é que tá me acusando??? Tô FU!!”

             
        • Jesus era Comunista

          setembro 30, 2011 at 12:56 pm

          Patriarca

          Sei não, sou mais pessimista que você,

           
  12. Jesus era Comunista

    setembro 30, 2011 at 7:22 am

    Acho difícil a implantação desta medida.
    Como um indivíduo pobre vai poder bancar a pensão de alguém que ganha muito mais do que ele?
    Realmente a impunidade é impressionante.
    Eu acho que a perda da carteira em caso de morte em que a culpa do motorista é comprovada ou no caso de uso de bebida alcoólica, acrescido de uma pena, poderia ser uma solução.

     
    • Patriarca da Paciência

      setembro 30, 2011 at 10:54 am

      Fred,

      geralmente quem compra um carro é porque dispõe de algum recurso extra. Conforme as leis, cada pessoa só paga, segundo as suas possibilidades, então, as pensões se ajustariam conforme cada caso. Além do mais os maiores causadores de danos são pessoas de altas posses, que podem comprar carrões potentes, os quais desenvolvem grandes velocidades. Carrinho de pobre causa poucos danos e os donos são muito mais cuidadosos, pois sabem o quanto custam.

      HRP,

      discordo de você. Não acredito que seja insconsticional o INSS procurar se ressarcir de prejuízos causados por terceiros. As seguradoras já fazem isso há muito tempo e nunca foi considerado inconstitucional. O INSS, no fundo é uma seguradora, “seguro social”.

       

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: