RSS

Open do HRP:

25 nov

HRP:

Bração aí!

🙂

 
44 Comentários

Publicado por em novembro 25, 2011 em Uncategorized

 

44 Respostas para “Open do HRP:

  1. Proftel

    novembro 27, 2011 at 12:31 pm

    HRP:

    Dia 26/12/2011 vou pela TAM às 18:35h, saio de Goiânia prá Cumbica.
    Dia 01/01/2012 também pela mesma operadora, saio de Cumbica pra cá às 17:20h.

    Se você estiver em Santos nesse período dá prá gente tomar umas Antártica.

    🙂

     
    • HRP LOVE AND MUSIC

      novembro 28, 2011 at 5:29 am

      Antartica!

       
  2. Proftel

    novembro 26, 2011 at 10:15 pm

    HRP:

    Bicho, tô um caco, são onze e dez da noite, Duda foi com a mãe (não depois d’eu dar uma dura e falar que o celular da menina não é pra ser desligado, até fiz ameaça na frente do “namorado” da dita cuja).

    Estou tranquilo mas em “stand-by”, cê sabe como é… .

    Vou nessa acompanhar a bagaça lá da cama com a patroa (meu note tá lá com ela).

    Bração aí.

    Alexandre A.

     
    • Proftel

      novembro 27, 2011 at 12:24 pm

      Positivo e operante:

      Sogra aqui em casa, Duda com a mãe, dia nublado com temperatura agradável, domingão supimpa por aqui.

      Acho que sou um dos poucos caras que gosta da sogra.

      🙂

       
  3. Proftel

    novembro 26, 2011 at 8:33 pm

    Caramba!

    Montei a casa prô HRP e ele fica como se tivesse traçaco um sushi de baiacu?

    Cadê o cara?

    :-/

     
  4. surfando na jaca

    novembro 26, 2011 at 3:50 pm

    KKKKK. O Joseph Mario era uma criação do Firula, uma brincadeira com o Doria também. Pô, o Romeu está mais calado do que sapo de despacho.

     
    • Proftel

      novembro 26, 2011 at 5:58 pm

      Surf:

      Vai dizer que aquela enorme Jeba era do Firula e do FDA?

      Tem dó kkkkkk.

      hehe

       
      • surfando na jaca

        novembro 26, 2011 at 6:40 pm

        Tudo começou no blog do Firula no Nominimo, antes de migrarmos para o Doriana derretida. O HRP usava o nick Jose Mario e o Firula de sacanagem (naquela época ele respondia na caixa de comentários) criou o bolivariano Joseph (gozação com Joseph Stálin) Mario. E o Romeu criou o HRP. Depois, o Joseph Mario se tornou um personagem que o Firula usava para curtir com o Pedroca Doriana. Já o FDA está cada vez mais gagá. Queria que o Pedroca se tornasse figura capaz de carregar a tradição doriana dos aborígines nordestinos que comeram o bispo Sardinha e criaram uma linhagem de grande importância na história mundial. O coitado do Pedroca se esforçou para responder a esses anseios do trufento e champanheiro FDA. Aconteceu que fracassou e só conseguiu descolar um vaga de foca no Estadão, para cobrir (fazer propaganda) das últimas tralhas da informática. Senti vergonha por ele, mas o FDA foi implacável, nem sequer deu força para a coluna do Pedroca. O Pedroca foi poluir os pulmões em Sampa e o FDA ficou curtindo sua aposentadoria em Petrópolis ou na piscina de Ramos, esbravejando e reclamando de tudo e de todos. Eu, particularmente, sempre tive o FDA em grande estima,pois conheço até as bobagens ginecológicas que publicou sobre os ramos ilustres dos tupinambás pernambucanos. Uma portentosa obra de mui acuro intelectual e perda de tempo. Grande cara, o FDA! Na realidade seu Francisco Antonio Doria (FAD).

         
        • Proftel

          novembro 26, 2011 at 7:59 pm

          Surf:

          Isso é Histórico!

          Putz!

          Se for do jeito que você disse, fiquei do tamanho d’uma cabeça de alfinete, na época do NoMinimo só lia!

          🙂

           
          • surfando na jaca

            novembro 26, 2011 at 10:53 pm

            Ué, tudo verdade verdadeira. Pergunte ao Romeu, que está mais quieto que gambá em dia de chuva.

             
        • Proftel

          novembro 26, 2011 at 8:11 pm

          O Surf tem um texto “customizado”, é preciso desmontar a coisa pra entender.

          Quando se lê com calma, fica mais ou menos assim:

          “Tudo começou no blog do Firula no Nominimo, antes de migrarmos para o Doriana derretida.

          O HRP usava o nick Jose Mario e o Firula de sacanagem (naquela época ele respondia na caixa de comentários) criou o bolivariano Joseph (gozação com Joseph Stálin) Mario.

          E o Romeu criou o HRP.

          Depois, o Joseph Mario se tornou um personagem que o Firula usava para curtir com o Pedroca Doriana.

          Já o FDA está cada vez mais gagá.

          Queria que o Pedroca se tornasse figura capaz de carregar a tradição doriana dos aborígines nordestinos que comeram o bispo Sardinha e criaram uma linhagem de grande importância na história mundial.

          O coitado do Pedroca se esforçou para responder a esses anseios do trufento e champanheiro FDA.
          Aconteceu que fracassou e só conseguiu descolar um vaga de foca no Estadão, para cobrir (fazer propaganda) das últimas tralhas da informática.

          Senti vergonha por ele, mas o FDA foi implacável, nem sequer deu força para a coluna do Pedroca.
          O Pedroca foi poluir os pulmões em Sampa e o FDA ficou curtindo sua aposentadoria em Petrópolis ou na piscina de Ramos, esbravejando e reclamando de tudo e de todos.

          Eu, particularmente, sempre tive o FDA em grande estima, pois conheço até as bobagens ginecológicas que publicou sobre os ramos ilustres dos tupinambás pernambucanos.
          Uma portentosa obra de mui acuro intelectual e perda de tempo.

          Grande cara, o FDA!

          Na realidade seu Francisco Antonio Doria (FAD).”

          🙂

          Assino embaixo, o FDA é o cara!

          🙂

           
          • HRP LOVE AND MUSIC

            novembro 26, 2011 at 9:09 pm

            Grandes tempos!
            E a francesinha , aonde anda?
            Confetti, amiga do Surf?????

             
            • Proftel

              novembro 26, 2011 at 9:52 pm

              KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
              “amiguinha do Surf”? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKk!

              Kraio!

              Putz!

              kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

              Bom, agora que quase me mijei de rir, farei uma indiscrição e digo prôceis.

              Gosto da Confetti e vou contar porque:

              De certa feita comentei que iria pra Sampa sozinho e a patroa ficaria aqui porque a grana tava curta.

              A Confetti por e-mail propôs enviar uma grana pra pagar a passagem da patroa que, de pronto recusamos a bom termo, nossas contas e nosso planejamento são feitos com antecedência e psicologicamente estava tudo justo por aqui.

              Nunca aceitamos nada de Confrades e Confreiras a não ser os presentes pra Duda que a Gwyn regularmente envia por Sedex lá da Inglaterra ela já enviou de tudo que uma criança gosta, de robozinhos, quebra-cabeças, escovas de dente “fashion”, doces e, o que ela mais gosta, um cavalinho cor-de-rosa dentre outros mimos que fazem sucesso na escola da Duda pela originalidade.

              Não frequentamos a Rede pra angariar ou adquirir algo a não ser conhecimento e bom papo.

              Quem busca ganhos financeiros na Rede são igrejas ou picaretas, esse é nosso ponto de vista aliás, um post desses sobre Notebooks fará é muita gente ganhar dinheiro, não é todo dia que se repassa esses procedimentos já testados, ao contrário, os manés que se acham “tecnicos” procuram esconder o máximo possível.

              Várias outras dicas de vida se permeiam nos comentários, assim é a vida, assim é que se cresce DIVULGANDO conhecimento.

              Informação/conhecimento bloqueados só se prestam à burocracia.

              🙂

               
              • surfando na jaca

                novembro 26, 2011 at 10:47 pm

                Proftel. é já costume escrever tudo grudadinho, como naquela caixa do Firula.
                Eu tenho até saudades daquela abusada de salão de serpentina e confete. Mas a gente não conseguia se entender em nada. Ela gostava de moda, visual chique e outras frescuragens. No meu medidor de pernosticismo, o grau dela alcançava o máximo do insuportável. E me odiava por esculhambá-la. Quem gostaria de ver por aqui seria a Albita e a prima Nat, além dos demais lembrados. Seja como for, jamais será recriado o espaço do Pedroca Doriana desmilinguida. Esse tempo já foi. O pessoal se rendeu ao Facebook.

                 
        • Patriarca da Paciência

          novembro 27, 2011 at 10:46 am

          Surf,

          então quer dizer que o irado FDA é mesmo o Pai Doria?

          Eu já há havia comentado isso, mas você não confirmou.

          Parece que o seu Francisco trocou a a mania de dizer que é parente de todo vulto importante da História do Brasil e passou a se imaginar um morador da França.

          É a velha “mania de grandeza”.

           
          • surfando na jaca

            novembro 27, 2011 at 2:24 pm

            Exatamente, caro Patriarca.

             
  5. Proftel

    novembro 26, 2011 at 2:35 pm

    HRP:

    Estava trabalhando até agora e coloquei um post aí em cima sobre Notebooks, talvez sirva de dica prô seu garoto que também é ligado em máquinas aliás, talvez servirá também prô filho do Compadre Brancaleone.

    É preciso desmistificar esse negocio de manutenção de notebooks (que são maioria hoje e, os que mais quebram devido a fragilidade).

    Bração aí.

    Alexandre.

     
  6. robertão

    novembro 26, 2011 at 5:51 am

    o engraçado é que desde a primeira vez que entrei em blogs já achei comentários do HRP… mas acho que o lugar que ele mais gostava era do Nonsense, verdade, Romeu?

     
    • Proftel

      novembro 26, 2011 at 2:40 pm

      Robertão:

      HRP, Surf, os falecidos Pax e Chest, Alba dentre outros sempre foram figurinhas carimbadas nas caixas de comentário.

      A todos é fácil identificar pelo estilo, o teclado é a janela d’alma na Rede (isso não me sai da cabeça).

      🙂

       
  7. surfando na jaca

    novembro 25, 2011 at 10:39 pm

    HRP, José Mário, já um velho conhecido nosso. Entre uma peixada e outra, vai tocando a vida como todos nós. Nunca pisou na bola. Quase nos desentendemos quando começou a encher a paciência de minha esposa, mas ela estava dando força para uns direitobas enrustidos, como aquele Rosquetin. Por isso, desculpei-o. Anda meio desconfiado com a Dilminha, mas é zêlo extremado com os bons rumos do governo popular. Ou seja, caboclo bom de briga e argumento, sô! Uma boa homenagem, camaradel!

     
    • Proftel

      novembro 26, 2011 at 2:56 pm

      Eu gostava de ver o HRP conversando com o Camarada Joseph Mário aliás, será que o cara morreu?

      Ele (o Camarada) vivia viajando pra França.

      🙂

       
    • Proftel

      novembro 25, 2011 at 9:54 pm

      Jonas Braga:

      Benvindo, diversidade é aqui.

      Acabei de liberar seu comentário, se me desculpe a demora, estou sozinho tocando a bagaça.

      🙂

       
    • Proftel

      novembro 25, 2011 at 10:01 pm

      Jonas Braga:

      Acabei de liberar outro comentário que havia sido deixado de lado, se me parece um “spam” mas, taí também, veremos no que dá.

      🙂

       
    • surfando na jaca

      novembro 25, 2011 at 10:39 pm

      Seja bem vindo, Jonas.

       
  8. Proftel

    novembro 25, 2011 at 8:24 pm

    Melô do HRP:

    🙂

     
    • Patriarca da Paciência

      novembro 26, 2011 at 6:51 am

      Proftel,

      outra boa recordação dos velhos tempos:

       
  9. Proftel

    novembro 25, 2011 at 7:15 pm

    Confrades e Confreiras:

    Seria muito por bem lembrar as agruras do HRP naquela fábrica, os comentários que ele fazia no NoMinimo e depois no “Orfãos do NoMinimo”, ele “chamando na chincha” os desafetos, dando o nome da rodovia e onde trabalha pra que viessem o encontrar cara a cara kkkkkkk.

    Se tiverem na lembrança ou guardadas algumas dessas passagens, creiam, a hora é agora prá “saudosar”.

    O Open é dele!

    Nosso HRP tái, firme e forte, pronto pra outro embate!

    🙂

     
    • Proftel

      novembro 25, 2011 at 8:18 pm

      Uai, cadê o povo?

      🙂

       
  10. robertão

    novembro 25, 2011 at 6:56 pm

    justo, muito justo, justíssimo! Seu Mário é o cara!

     
    • Proftel

      novembro 25, 2011 at 7:09 pm

      Robertão:

      Assino embaixo!

      HRP é o cara!

      🙂

       
  11. HRP LOVE AND MUSIC

    novembro 25, 2011 at 6:12 pm

    Gracias!…e a voce, irmão, a alegria de sempre ter a idéia certa no momento certo!
    E a menina?
    Linda como sempre?
    Tua divina dádiva para o futuro!
    Com os dois moleques!

     
    • Proftel

      novembro 25, 2011 at 6:25 pm

      HRP:

      O mais velho conseguiu outro estágio, a Depressão parece que passou, continua na UNISANTA e vai prô quarto ano ano que vem.

      Duda está aqui (de vez em quando precisando d’uns trancos porque é muito folgada, a patroa faz tudo pra ela), meu sogro acabou de sair daqui, acharam uma Van pra Formoso e ele se fué, volta daqui duas semanas pra continuar o tratamento dentário (deixou um par de chinelos e avisou que deixou, pra mim foi o “must”, ele se sente em casa aqui, gosto do veim, seu Chiquinho é gente fina).

      Demorei pra responder porque entre a saída do sogro e a chegada das Skór estava com um texto aberto procurando mostrar o que rolou hoje no trampo (está num comentário aí embaixo que até vou enviar por e-mail prô Chefe).

      HRP, você merece;

      De boa!

      🙂

       
      • Proftel

        novembro 25, 2011 at 6:34 pm

        HRP:

        Outra coisa:

        Quanto a Duda, tenho medo, muito medo.

        A considero como filha.

        Tenho medo das minhas reações quanto a namorados e/ou afins, sou um cara chato pacas, cê nem imagina … . Por enquanto a patroa a leva na escola e busca, em fevereiro ela fará sete anos, vai e volta das reuniões da Igreja da patroa, por enquanto está criança.

        Pena que crescem.

        🙂

         
        • HRP LOVE AND MUSIC

          novembro 26, 2011 at 5:10 am

          Bom dia Alex!
          Meninas?
          Hummmmmm……Essa situação quando se apresentar , te garanto, vai ser mais fácil de lidar do que voce pensda.
          É só não surtar!
          KKKKKK…..

           
          • Proftel

            novembro 26, 2011 at 5:14 pm

            HRP:

            Olha, fomos criados mais ou menos da mesma maneira (eu, você, o Surf e outros de nossa geração urbanoide).

            De minha parte não concebo uma mulher trabalhar e o cara ficar em casa e é o que mais vejo aqui em Goiás, caras com “profissão: marido”.

            Por aqui há uma terrível tríade a saber:

            – Isso é “custoso”;

            – “Não dou conta” e;

            – “Bão !?” (essa última é um cumprimento quando se olha nos olhos, quebra toda vontade de trabalhar, geralmente vem acompanhada de “vâmo tomá uma Skór?”

            kkkkkkkkkkkkkkkk rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs :- ))))))))))))))))))))

            Aqui cabe um “parentesis”, um cara paulista montou uma Padaria nos moldes de Sampa na cidade, quase faliu Quando sugeri ao cara colocar banquinhos prá tomar cerveja ele disse:

            “- Olhe, aqui, se um cara tiver tomando cerveja no balcão eu não vendo pão, os goianos são ciumentos, se a mulher deles entrar numa padaria e alguém ficar olhando eles proibem ela de entrar comprar aqui”.

            Juro procê que achei “super estranho” isso, Padaria em Sampa é local de aglutinar a turma nos sábados, vem os caras tomar uma, trazem as crianças, a muierada faz compras e é tudo muito família pois bem, aqui em Goiás ou é buteco ou é padaria ou é “pit-dog”, tudo muito discriminado.

            As mulheres goianas sempre estão aprumadas, sempre muito bem arrumadas, são vaidosas pacas – muito diferente das cariocas e paulistas (recomendo nascer em Sampa e casar com uma goiana, podem crer – olha que de casamento eu entendo, estou no terceiro que já dura dezenove anos kkkk).

            Podem dever até a alma mas sempre estão maquiadas aliás, algumas dormem assim ou acordam mais cedo pra se arrumar e ir à padaria comprar pães.

            Já os caras, “trabalhar” foi meio que excluído do dicionário, nesses quase quinze anos aqui já vi coisas do arco da velha, de gerentes de banco a diretoras de escola passando por vereadoras sustentando vagabundos.

            Voltando às mulheres goianas, a maioria é talhada desde cedo a gerir o lar com independência. Aqui há um dos menores índices de ações alimentícias do Brasil em relação ao número de advogados/lares desfeitos!

            Elas são vingativas haja visto o número de duplas sertanejas oriundas da região. kkkk

            Se o marido ficar tudo bem se não, elas metem as caras (e um bom par de chifre) e trabalham feito doidas, são independente pacas, pode crer.

            De minha parte, a criatura será criada aqui nos moldes dessa sociedade e com nossa cabeça.

            Com muito estudo mas, quando púbere estiver, provavelmente será mandada prá Sampa.

            Não gostaria de ver tal criação nas mãos d’um gentio que só quer saber de comprar carros de alto valor, rebaixar a suspensão e instalar “trocentos” quilos de som que, quando inquirido sobre o “Chico Buarque” diz que é o primo do peão que tá trazendo a boiada lá do Pantanal.

             
  12. Proftel

    novembro 25, 2011 at 5:37 pm

    HRP é um cara sincero, espírita, passou por poucas e boas na vida, Químico de mão cheia, mora e reside no entorno de Sampa, sempre foi amigo e companheiro acima de Confrade.

    Trocamos e-mails, volta e meia estou em Sampa e nunca conseguimos nos encontrar na Baixada Santista (de onde nós dois somos).

    Open pra ele é homenagem mais que merecida, tardia.

    Bicho, bração aí.

    🙂

     
    • Proftel

      novembro 25, 2011 at 6:19 pm

      Pessoal, hoje por volta do meio-dia tive uma lição de Democracia e Liderança no trampo da tarde/noite.

      Uns meses atrás aconteceu um troço pesado pacas, foi isso aqui:

      http://g1.globo.com/goias/noticia/2011/09/corpo-de-italiano-e-encontrado-enterrado-em-casa-de-anapolis-go.html

      O cara que trabalha com a gente era amante dessa moça e, sumiu do mapa desde então, não telefonou, não mandou e-mail, o Chefe diante dos quinze dias de ausência o “devolveu” para Prefeitura (ele é funcionário cedido como eu), o Chefe não tinha outra saída, todos apoiaram.

      O cara teve a casa revirada e “limpada” (furtaram notebook, TVs, tudo que tinha de valor), vendeu o carro (um Voyage de trocentos anos atrás) pra pagar advogado, ganha como concursado uma merreca que não chega a 800 contos por mês líquido.

      Tinha grana porque morou na Suíça e lá carregava e descarregava caminhões, tudo que conseguiu por lá perdeu, ficou com uma mão na frente outra atrás, a única coisa que sobrou foi o Concurso.

      Pois bem.

      O Procurador Chefe convocou reunião hoje com TODOS os funcionários dos dois turnos, chamou o cara, fez uma explanação dizendo que bem poderia aceitar o cara de volta sem consultar ninguém mas, gostaria que a coisa fosse democrática porque no dia a dia nós é que trabalhamos com ele (tudo isso na frente do cara que também contou tudo que rolou nesses dois meses).

      O Chefe solicitou que ele se retirasse pra que a votação fosse feita e foi tudo registrado em Ata.

      Muitos contemporizaram, uns que estavam felizes que ele tivesse passado por tudo isso se desculparam no fim (depois de quase duas horas). A votação foi unânime pela volta do cara (afinal ele nem foi indiciado, ao contrário, hoje ele é Testemunha do Ministério Público).

      Pessoal, vocês não imaginam o que é ter um Chefe assim com “C” maiúsculo, um cara que se nos deixa tomar atitudes sem perguntar, um cara que brinca, conversa, que gosta de ouvir opiniões e liga pra gente quando precisa a qualquer hora do dia, da noite, nos feriados, até nas férias da gente sempre em prol do serviço.

      Dr. José Pedro é o cara!

      🙂

       
      • Proftel

        novembro 25, 2011 at 8:37 pm

        HRP:

        O Open é seu, me ajude!

        Só inseri essa impressão porque creio, não deveria passar em branco.

        Mande ver, só volto amanhã (talvez antes na madrugada por conta da incontinência e proximidade da máquina “em espera”) kkkkkkkkkkkkkkkk.

        Tome as rédeas daqui pra frente sô!

        🙂

         
      • HRP LOVE AND MUSIC

        novembro 26, 2011 at 5:13 am

        Já pensou no que esse cara passou?
        De injustiças , hoje, o mundo está cheio!
        Acho que ele tem em voces ótimos amigos, do chefe nem se precisa falar!

         
        • Proftel

          novembro 26, 2011 at 9:49 am

          HRP:

          Sim, o cara passou maus bocados, não deu tempo d’ele falar tudo ontem enquanto o acompanhava ao terminal de ônibus, ele estava procurando um caminhão pra fazer a mudança do que restou na casa.
          O pouco que deu tempo de contar foi de arrepiar.

           

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: