RSS

Banco Público X Banco Privado:

30 nov

Bom, já em casa, cansado como se fosse terça-feira, quase que nem ligo o computador hoje.

Cansado nem tanto pelo serviço, mais pela raiva que passei no Banco do Brasil onde tenho só “conta salário” (gerencio tudo pelo Itaú onde percebo o salário do outro trampo).

Pois bem, já lá se vão mais de quatro anos que só utilizo caixas eletrônicos do Banco do Brasil (onde você só consegue sacar 600 contos fora de horário bancário e 1.000 contos no horário bancário).

Hoje por infeliz necessidade precisei retirar pouco mais do limite “guspido” pelos caixas eletrônicos e enfrentei baita fila com senha e o skambau.

Chega na minha vez, o caixa pede a senha.

Pessoal, fiquei puto, esqueci a senha daquela porra de cartão por falta de uso!

Tentei duas e nada, na terceira sei que é cancelado o cartão, dei um tapão na bancada e soltei com raiva: “não é a toa que só tenho conta salário nesse banco infeliz!”.

PÔ!

Vou explicar:

Quando você utiliza o cartão nos caixas eletrônicos a senha é com LETRAS do tipo Xi -No-Cu, quando você vai na boca do caixa sacar (mais de mil reais), a maldita senha é NUMÉRICA!

Gente, tem dó!

Depois de alguns meses alguns de vocês conseguem guardar uma porra de senha na cabeça?

Outra coisa, nem as contas de energia e água que tinha grana no bolso pra pagar o cara recebeu, disse que contas só podem ser pagas no caixa eletrônico (que são complicadas pacas nos terminais do Banco do Brasil, além do monte de “dedadas” uma hora a porcaria do leitor óptico não lê, você fica subindo e descendo a bagaça até que desiste e vai noutro caixa vê se consegue pagar fora que, complicam a vida da gente querendo saber quando vence e não recebem fora da data de vencimento e coisa e talz que já reclamei várias vezes em comentários de blog).

Não sei como está hoje mas, até um tempo atrás precisava um programa instalado no computador pra acessar o banco (que detonava máquinas mais lentas), era uma desgraça que só saia quando a gente formatava a máquina das escolas onde fazia manutenção (aliás esse foi um dos motivos de ter optado por conta salário no BB e ficado com a simplicidade e segurança do Itaú).

Tem base não, banco privado te esfola nas tarifas mas, com duas “dedadas” na tela do caixa eletrônico você faz qualquer coisa.

Banco do Brasil deveria rever as praxes, copiar na cara dura bons exemplos dos bancos privados, dar uma “geral” no pessoal de informática que há por lá.

Que parem com esse troço de sacanear correntista.

Pessoal, não é “puxa-saquismo” o que relatei acima, é produto de experiência própria nesses anos percebendo um salário da Prefeitura e outro do Estado de Goiás (que a partir de dezembro passará a remunerar os servidores através da Caixa Econômica Federal (dá medo, tô até imaginando como será contar aqui se a bagaça for como o Banco do Brasil, aí eu tô fudido).

Hehe.

 

 
82 Comentários

Publicado por em novembro 30, 2011 em Uncategorized

 

82 Respostas para “Banco Público X Banco Privado:

  1. Proftel

    dezembro 10, 2011 at 10:35 pm

    Colafina:

    🙂

     
  2. Proftel

    dezembro 10, 2011 at 10:33 pm

    Ah!

    Malika Whited &

    Gearldine Shrigley:

    HA Muito Mais nd page principal (principalmente in COMENTÁRIOS).

    Nn Aqui chamamos de “Confrades” e “Confreiras”, PROCURAMOS Fazer Desse Espaço UMA confraria.

    A Pagina Principal e ESTA:

    https://vo1cefa2la.wordpress.com/

    🙂

     
  3. Gearldine Shrigley

    dezembro 9, 2011 at 11:04 pm

    Many thanks for being the instructor on this subject. I enjoyed your current article very much and most of all favored how you really handled the issues I thought to be controversial. You’re always incredibly kind towards readers much like me and assist me to in my lifestyle. Thank you.

     
    • Proftel

      dezembro 10, 2011 at 10:15 pm

      Gearldine Shrigley:

      Thank you.

      It’s not often that I own text, if I lack the time with two locations where I work.

      Looking for interesting and, as I said below the Malika Whited, my English is bad, right now I’m translating from Portuguese into English in “Dr. Google” kkkkkkkk (here in Brazil “kkkk” is what is meant as a laugh or laugh ).

      As far as your comment of Malika Whited below were released when found in the comments considered as “spam.”

      I do not understand this policy and understand WordPress comments in another language such as “spam.”

      Anyway, here I am responding as much to you when another commentator who appeared.

      I am in principle NEVER lock a comment, post serious topics found on the Network and NEVER, NEVER add advertising or advertising space (this is a cozy nest here) so far managed to (give a hand for a few that appeared as “spam” and were to the trash before he knew of the policy quoted above from WordPress). Lack of knowledge of the dynamics of my thing.

      At (the) commentators who sympathize with the space, do earnestly request comment in English with Google Translator, and post the translation in Portuguese in Alfalante.

      This approach avoids the comments get blocked.

      I reiterate, grateful for the audience, you are welcome here.

      Regards.

      Alexandre.

      🙂

       
  4. Malika Whited

    dezembro 9, 2011 at 10:18 pm

    Great post, I believe website owners should larn a lot from this weblog its real user genial. So much superb info on here :D.

     
    • Proftel

      dezembro 9, 2011 at 11:50 pm

      Malika Whited:

      Thank you for coming.

      It’s not always smart people appearing on the Web.

      Sorry for the delay in releasing the comment was marked as “spam.”

      What I write is translated by “Dr. Google” my command of English is restricted to technical manuals.

      🙂

       
  5. Robertão

    dezembro 2, 2011 at 4:02 pm

    vice da gama sua fama é ser freguês.

     
  6. surfando na jaca

    dezembro 2, 2011 at 12:03 pm

    O site Wikileaks é um dos mais interessantes na atualidade, angariando o ódio de muitos poderosos. Essa nova denuncia dá um tom de Big Brother aos nossos dias:

    O site Wikileaks divulgou nesta quinta-feira (1) um sistema de espionagem em massa realizado por governos de diversos países em telefones celulares, computadores e também nos perfis de redes sociais de seus cidadãos. A prática, diz o documento, é adotada por ao menos 25 nações (entre elas o Brasil) por intermédio de 160 empresas de inteligência.

    “Na prática, essa indústria [de espionagem] não é regulamentada. Agências de inteligências, forças militares e autoridades policiais podem, de forma silenciosa, em massa e secretamente, interceptar ligações e controlar computadores sem a ajuda ou conhecimento de empresas de telecomunicações. A localização física do usuário pode ser traçada se ele tiver um telefone celular, mesmo que o aparelho esteja em stand by”, afirma o documento do Wikileaks.

     
    • Proftel

      dezembro 2, 2011 at 6:31 pm

      Surf:

      Estou falando desse troço desde aquele Post do “Echelon” do tempo do acesso discado.

      Pô cara, só agora caiu a ficha?

      Até os gringos andam ciscados com esse patrulhamento todo!

      🙂

       
      • surfando na jaca

        dezembro 3, 2011 at 12:53 am

        É mesmo, Proftel, mas agora é o wikileaks.

         
        • Proftel

          dezembro 3, 2011 at 6:18 pm

          Surf:

          Sim, agora é o Wikileaks que confirma mas, você soube antes aqui antes também sobre o Echelon, fiz um Post sobre a coisa e alertei.

          Coloquei um post sobre o “Krokodil”, uma nova droga que está ferrando na Russia, as coisas aparecem antes nos blogs, é fonte de subsídio na Rede, compreenda isso, se ficar esperando confirmação oficial a cada passo, você estará sempre um passo atrás.

          Daqui uns meses você vem aqui de novo e fala que “Krokodil” ferrou meio mundo no Rio de Janeiro e eu te direi: você viu antes aqui (de novo).

          Bicho, eu aviso (ou adianto) desgraças sim, sempre que identifico alerto aos chegados.

          Coisas do tipo não podem passar “batidas”, infelizmente.

          Tenha sempre uma coisa em mente: “não diga que não avisei”.

          De boa.

           
  7. robertao

    dezembro 2, 2011 at 10:14 am

    quem não gosta de samba, bom saujeito não é.

     
    • surfando na jaca

      dezembro 2, 2011 at 10:21 am

      Betão, e o Flamengo vai dar mais um vice-campeonato para o Vasco?

       
    • robertao

      dezembro 2, 2011 at 10:41 am

      sujeito.

       
  8. surfando na jaca

    dezembro 2, 2011 at 9:37 am

    Bom dia, HRP. Boa dica.
    FDA, como era previsto, vc. nada escreveu de aproveitável e nem poderia entrar num concurso de mais inteligente, como quer supor que o blog assim proceda. Acho que vc. é que deveria procurar auxílio psicológico por ficar vendo chifre em orelha de cabrito. Como era previsto também, não se desculpou e voltou a me agredir gratuitamente. Veja só quem é o canibal? Não poderia ser de outra forma, descendendo de tão brava estirpe pernambucana dos tupinambás. Tudo bem, já entendi que vc. quer ser elogiado e anda carente. Não mais lhe dirigirei a palavra, seu botocudo.

     
  9. HRP LOVE AND MUSIC

    dezembro 2, 2011 at 8:48 am

    Uma dica para dias de folga , enevoados, frios e sem programas é assistir “Oceanos” de Jacques Cluzard e Jacques Perrin.
    Aquilo que ve e depois perguntamos – ” o que estamos fazendo com esse mundo?”

     
  10. FDA

    dezembro 2, 2011 at 3:41 am

    Caro HRP LOVE AND MUSIC,

    Obrigando pelo “Querido FDA”, prova que vc não é desnudo de inteligência racional… Ou seja, vc vai muito além do “Nus”,” ferozes” emotivos, e, demonstrou agindo de maneira simples e escrituraria que não és mais um “antropófagos” como a bruna sufistinha revoltada, amargura e violentado por tudo e todas ou outros comentaristas “Nus, ferozes e antropófagos” e o que é pior: desprovidos de qualquer tipo de inteligência humana…

    No entanto, se entendi bem o enunciado civilisatorio, diria mesmo “courtois”, e, mesmo a articulação seguinte: “como prova de que você (FDA) sempre le esse endereço”… É verdade, sempre leio o endereço mais evito comentar. A razão é simples, comentar pra que? Para induir discussões inúteis, fúteis, impertinentes… Fundamenta argumentos para agitar à estruturas de competição discursiva ritualista do “melhor”, do quem “sabe mais”, partidário e politiqueiro de algumas comentaristas que aqui se expressam…

    Não, para mim, esse tipo de comportamento virtual é perda de tempo…..

    Uma única observação: não entendi nada, mais nada mesmo dessa articulação “está aí sua revolta pitoresca com alguns comentários do Alex”??????

    “Revolta pitoresca com” quem ou com que? Quem é “Alex”?

    No capito, comprend pas, I do not endertand, Ich verstehe nicht…

     
    • HRP LOVE AND MUSIC

      dezembro 2, 2011 at 8:46 am

      Alex é o Proftel…….

       
      • Proftel

        dezembro 2, 2011 at 12:05 pm

        HRP:

        Semana pesada por aqui. Dentista, contas pra pagar, pepinos no trampo e muita, muitas crises de sinosite, semana do cão.

        🙂

         
        • HRP LOVE AND MUSIC

          dezembro 2, 2011 at 6:16 pm

          FDA, um dificil drama….

           
  11. robertão

    dezembro 1, 2011 at 9:17 pm

    botocudo mesmo.
    ou c* do boto

     
  12. Robertão

    dezembro 1, 2011 at 3:30 pm

    o video tá lá embaixo.

     
    • surfando na jaca

      dezembro 1, 2011 at 4:32 pm

      Impressionante, Betão. O caboclo parecia que tava com doença de São Guido em slow motion. Valeu.
      FDA, agora vc. me deve desculpas pelas aleivosias e cretinices escritas contra mim. Estou aguardando sua autocrítica. Seje homê! Eu fui capaz de me desculpar com o Fred, mas acho que um botocudo como vc. será incapaz de qualquer gesto de humildade perante suas atitudes sadoselvagens.

       
      • surfando na jaca

        dezembro 1, 2011 at 4:34 pm

        alevosías. Desculpem-me pelos erros fdanos.

         
        • Colafina

          dezembro 3, 2011 at 4:36 pm

          Não estava errado, Surf, é aleivosias mesmo!

           
  13. surfando na jaca

    dezembro 1, 2011 at 3:15 pm

    Vou repetir:
    Putz, o canibal Filho Da Arreégua vem aqui só para me esculhambar. Tem nada mais para dizer, seu sorumbático assassino da língua pátria? Como sofre de mauvaise conscience esse tupinambá afrancesado! Estou aguardando vc. escrever alguma coisa que sirva de reflexão sobre a vida, mas nada. É um saco furado ou cheio de inutilidades inaplicáveis à realidade. Volta para o seu autismo, FDA. Quem sabe vc. não consiga cura nesse blog?

     
  14. FDA

    dezembro 1, 2011 at 12:51 pm

    Fiz aquela linha..

    Entrei na reide dos canibais revoltados e nem felicitei o Proftel pelo post hiper interessante sobre a vida quotidiana brasileira.. Du Proftel à 100%..Tomei o tempo de ler.. Achei interessante o testemunho, sem maisssssssssssssssssssss…

    Mais se perguntar não ofende, o Profitel não gosta de jogar pedras em ninguém que eu sei, nem gosta de sangrar os outros, ou comer o fígado dos outros, ou dar porradas nos outros..

    Por essas razões me pergunto que é que o Profitel esta querendo colocar no banco dos réus: o “Banco do Brasil” ou o modo de organização do trabalho do Banco do Brasil? Qual o modelo a “copiar”, sera o modelos dos bancos privados?

    Quando a bruninha sufistinha, valha-me Deus… Esta revoltada, matando o primeiro que passa…O Canibal esta esfomeado de sangue e frutação… Sai pra là Exu!

    Pode me esculhabar se quiser de « Canibal Filho Da Arrégua”, pode dizer que o FDA “ é bem maroto e dissimulado” e mesmo que sou “contraditório”, de vcs comentaristas nada me surpreende.. tudo isso já sei que sou, não é novidade..

    Me diga uma novidade: me diga o que não saiba que sou, vai, bruna sufistinha nevrotica..

    Vc não vai consegui estragar esse dia maravilhosamente nublado parisiense.. Adoro o frio, o inverno..Estou sempre de bem com a vida, cheio de graça, sempre de bom humor, e vendendo saude…

    Mas vou embora antes que a bruna sufistinha comece a jogar a calsinha virtual ou dar pedradas, tirar a navalha.. Atenção, menina, o estresse mata eh kkkkkkkkkkkkkkkkkk..

    Fui canibais………

     
    • surfando na jaca

      dezembro 1, 2011 at 3:14 pm

      Putz, o canibal Filho Da Arreégua vem aqui só para me esculhambar. Tem nada mais para dizer, seu sorumbático assassino da língua pátria? Como sofre de mauvaise conscience esse tupinambá afrancesado! Estou aguardando vc. escrever alguma coisa que sirva de reflexão sobre a vida, mas nada. É um saco furado ou cheio de inutilidades inaplicáveis à realidade. Volta para o seu autismo, FDA. Quem sabe vc. não consiga cura nesse blog?

       
    • Proftel

      dezembro 2, 2011 at 1:24 pm

      FDA:

      No texto tentei mostrar as dificuldades que um correntista percebe nas práticas adotadas por um e outro Banco, mais nada.

      Num as coisas são intuitivas, de fácil manuseio. Noutro as coisas são complicadas.

      Só isso.

      Bração aí.

      Alexandre.

       
  15. surfando na jaca

    dezembro 1, 2011 at 12:15 pm

    Canibal Filho Da Arrégua, vc. é bem maroto e dissimulado. Mas acho que és contraditório. Se faz de vestal da livre opinião, desde que não recebas críticas. E agora, vem defender o Gaynaldão. Apenas revelava que sou censurado no blog desse mocorongo por divergir de suas análises. Ou seja, com uma escrita respeitosa. Ainda assim, ele demonstra que não tolera críticas, assim como vc. Vai, FDA, mas bata na porta antes para ver se já não tem gente ocupando a privada.

     
  16. FDA

    dezembro 1, 2011 at 11:08 am

    Essa bruninha sufistinha

    é um verdadeiro caso clinico virtual!

    Me explico! O que ele gostaria de ser é “como comentarista” “no blog do Gaynaldão Azêdo”

    Mais visto que ele contra dificuldades para atingir seus objetivos: “Mas ele lima todos os meus comentários”…

    Logo, o “Gaynaldão Azêdo” “ é burro”!

    Claro, não é mesmo.. Que é o inteligente nesta historinha clinica? A brunete sufistinha ! E “Tudo” isso “na maior educação e com dados empíricos”!

    Pobrezito canibal tropical… chif chif chif… “méchant » (maldozo) Gaynaldão Azêdo!

    Por que “ele não deixa” o bondozo, o inteligente bruninha sufistinha “publicar nada do que” escreve…

    Só Deus, Freud ou Lacan sabe!

    Pra te consolar deste mal chamado na França do “je t’aime moi non plus” te dedico essa canção!

    Mais não esqueça de consultar, viu, seu caso piora cada vez maiiiiiiiiiisssssss kkkkkkkkkk!! Vou embora antes que a bruninha sifistinha comece a jogar pedras virtuais, a dar porradas, eu eh,……Fuiiiiiiiii

     
    • Proftel

      dezembro 3, 2011 at 6:33 pm

      FDA:

      Tenho um “fole” maior que esse cara, se morasse em França provavelmente tava com a Carla Bruni kkkkkkk (aliás, sou fã dela) kkkkk.

      De boa.

      🙂

       
  17. surfando na jaca

    dezembro 1, 2011 at 10:45 am

    O que gostaria de ser como comentarista era no blog do Gaynaldão Azêdo. Mas ele lima todos os meus comentários mostrando como ele é burro. Tudo na maior educação e com dados empíricos. Ele não deixa publicar nada do que escrevo. É um direitoba renitente, assumidésimo e tonitroante.

     
  18. surfando na jaca

    dezembro 1, 2011 at 10:31 am

    KKKKKKKKK.Esse FDA! É o próprio descendente dos canibais tupinambás pernambucanos.
    Filho De uma Arrégua, só lasco a pancadaria em direitobas e vc. sabe disso. Acho que vc. acredita que toda bobagem possa ser exposta de maneira singela e sem receber reprimendas. Mui enganado, senhor canibal FDA. A indignação é sintoma de algum caráter. Aliás, vc. sempre vem aqui lascar bordoadas na gente, mas pouco contribuiu para as discussões. Será um vazio autista, um vazio de idéias, de opiniões, de informações??? Só me lembro de tê-lo ensinado a ler os dados sobre a disparidade de renda crescente na França, usando uma matéria que V.Exma. postou aqui em priscas eras, quando se mostrava profícuo em participações inspiradas e descabeladas. Recentemente é de uma pasmaceira inigualável, sempre sorumbático e rabugento, sempre indo com urgência para algum lugar, talvez o banheiro.

    Vai, Rigoletto. Ride palhaço…

     
  19. FDA

    dezembro 1, 2011 at 9:51 am

    Como disse antes..

    Basta comentar algo aqui que logo vem “porradas”, pedradas, pauladas, frustações, recalques, projeções, ets, etc…. a lista seria longa par enumerar toda essa violência simbólica virtual destes nativos tupiniquins..

    Exemplo, o sádico sufistinha diz que “Não é pago” para fazer comentários.. Mas o dito cujo não diz nada, mais nada mesmo de que tipo de retribuição ele esta falando….

    Digo logo: se vier me “pedir indenização ao trufento e champanhento FDA”, perca as esperanças!

    Vou logo cantando aquela musica do Chico: “Vai trabalhar, vagabundo, Vai trabalhar, criatura
    Deus permite a todo mundo, Uma loucura”…

    E como sua loucura é dar “porrada” em todo mundo, só um bom sádico pode identificar um outro sádico mórbido…

    Portanto, “Vê se não dorme no ponto” senão “Vai terminar moribundo” virtual, viu..

    E não me diga que não sou un sadico muy amigo virtual..

    FUUUUUUUUUUIIIIIIIIII ante que esses tupiniquins “Nus, ferozes e antropófagos, Hans stadianos me apredegem, me comam, que horroooooooorrrrrrrrr aiaiaiaiaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii……

    Socorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrro, cai na reide dos canibais………

     
  20. HRP LOVE AND MUSIC

    dezembro 1, 2011 at 9:16 am

    Colafina, FDA,Roberto e tantos outros da banda do Nominimo voltando, a coisa está florindo!

     
  21. HRP LOVE AND MUSIC

    dezembro 1, 2011 at 9:12 am

    Querido FDA, como prova de que voce sempre le esse endereço, está aí sua revolta pitoresca com alguns comentários do Alex……..
    Banco do Brasil?
    Ulálá!
    Soy obrigado a receber e movimentar dividendos e ações da Petrobrás por ele e PQP!
    Aqui para o Alex, uma coisa que jamais imaginei sobre a Algaroba , que eu considero milagrosa:
    http://www.cpatsa.embrapa.br/imprensa/noticias/projeto-da-embrapa-vai-definir-manejo-para-evitar-invasao-da-algaroba-no-ambiente-semi-arido/

     
  22. robertão

    dezembro 1, 2011 at 4:54 am

    esse video eu pesquei da Natinha, sobrinha do Surf.

     
    • surfando na jaca

      dezembro 1, 2011 at 9:15 am

      Que vídeo?

       
  23. FDA

    dezembro 1, 2011 at 4:39 am

    “En passant”, parafraseando e “rigolando”..

    Para quem não sabe, o neologismo “rigolando” vem do francês “rigoler” que quer dizer “morrer de rir”…

    E o que me faz rir, gargalhar não é o post atual, é o precedente:

    A frase se do profitel “Não que escrevamos “tijolos” como aquele infeliz que copiava e colava textos inteiros nos derradeiros dias do Weblog”..

    Oh, o Profitel tem razão! Vcs não somente não escrevem “tijolos” mais o que é pior: são incapazes de construir uma casa, uma parede com seus comentários, com suas alianças e suas guerrinhas internas ao blog…kkkkkkkkkkKKKKKKKKK

    De fato, tem “aqueles comentaristas franceses (sim, há blogs em França!) verborragiando citações filosóficas com enormidade de links pra confirmar” e onde esta o problema:

    Evidamente, mais se perguntar não ofende: sera que os comentaristas franceses são obrigados a seguir a mesma linha “tijolos” dos comentaristas brasileiros????????????????

    Não, não somos obrigados…Vai ver que “verborragiando citações filosóficas” mantemos vivente um pensamento daqueles que deixaram algo de Justo, de Útil para a Humanidade…Não é tijolo não viram, é pensar…Mais isso vcs não sabem o que é, não é mesmo?

    Outre perola do profitel: “Já os comentários de (até) brasileiros que moram no exterior tendem a ser mais “sêcos” com críticas por vezes contundentes ao nosso modo de agir ou pensar como que se distanciando daqui (geralmente esses caras levam logo de cara a pecha de “direitobas”)”!

    E por que escrevemos comentários “secos” somos secos? É em nome desça secura que vcs justificam as agressões, as violências, as frustações, as revoltas dos comentários dos nativos contra aqueles ou aquelas que moram no exterior? KKKKK é muito recalque para o meu gosto…..

    Creiam ou não, a impressão do Profitel é justa “HRP, olha, essa é a minha impressão da coisa, a Rede no Brasil é insignificante (ainda), não dá pra saber o que irá rolar nas caixas de comentário dos Blogs”…

    Pena que o Proftel esqueceu de acrescentar “a Rede no Brasil é” foi e vai continuar sendo “insignificante” por muito e muito tempos….KKKKKKKKKKKKKK, a rede brasileira só é boa mesmo para “rigoler” os patetas estressados e neurótico…

    Por falar em pateta estressado e neurótico, o surfista contínua na mesma neurose sádica de sempre: com ele é na porrada tem que “apanhar” como “cachorro doido” ! KKKKK

    Como todo pateta estressado, neurótico e sádico “não entende”, ele não entende “porque não conseguimos reviver o Doria de forma muito mais livre e respeitosa, com tem sido aqui, afora meu deslize com o Carecão de Jesus, mas que pedi desculpas.”

    So o pateta não vê que ele sofre do síndrome de Medeia ou o que é pior: finge que não saber! O que há de fascinante neste comentário do pateta é o envolvimento de sentimentos contraditórios, profundamente cruéis e repletos de boas intenções:

    “Meu negócio não é aparecer” KKKKKK Jà imaginaram se fosse!!! “Pois nem posso sair do anonimato”… Continue, é melhor para vc, seu pateta, otario… “mas deter a reacionarice pasmacenta e lombrigosa que os direitobas esparramam pela net”.

    Oh coitadinho do pateta estressado, para ele “É uma obrigação, pois já basta a mídia venal que esse país possui”..

    “Obrigação”! Alguém aqui esta colocando um revolver ou uma faca na cabeça deste pateta sadido estressado ou sera que ele esta sendo pago para isso? KKKKKK

    O lado sádico, cruel desse pateta é igual o da Medeia: para atrasar os outros ele é capaz de mata o próprio “irmão” é o famoso “deslize com o Carecão de Jesus”..

    Só falta esse pateta estressado evocar como “desculpas”, o poder das foças invisíveis…

    Decididamente, é lendo comentários como esse que compreende-se o desespero do Proftel: à “Rede no Brasil é insignificante” e acrescendo é insignificante por que esse pais é uma verdadeira loucura…Logo os comentaristas são o refletor desta insignificância, desta loucura!

    Fuiiiiiiiiiii bandos de alienados???

     
    • surfando na jaca

      dezembro 1, 2011 at 9:02 am

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Esse FDA! Vem aqui para xingar todo mundo de alienado e eu de sádico, como a Medéia matando os filhos de Jasão. Depois eu é que sou sádico. KKKKKKKK. Não sou pago, mas acho que vou pedir indenização ao trufento e champanhento FDA, por servir de alvo para o sadismo dele.

       
  24. robertão

    dezembro 1, 2011 at 4:23 am

    caraco… de Banco eu só sei que não se deve deixar nada na conta, senão eles inventam sempre algo para debitar… aqui o funcionalismo municipal tá no Santander… o próprio diabo…. o que tem de funcionario endividado! juros altíssimos. já o funcionalismo estadual está saindo do itaú para o bradesco. coitados. como disse o Surf, foi lá que inventaram a fila!

     
  25. Proftel

    dezembro 1, 2011 at 12:46 am

    Olha pessoal, sei que alguém vai ler tudo que escrevi, principalmente porque essa bagaça virou Post.

    Minha intenção é sim botar a boca no mundo, mostrar a diferença entre as “facilidades” que os bancos oferecem.

    O Banco do Brasil é um “fiofó atômico” na próxima “Copa do Mundo” ou qualquer coisa internacional que ocorrer no Brasil, quero ver os caras trocarem dólares na mesma fila que eu peguei hoje ou, tentarem pagar contas vencidas no exterior através dele.

    Tadinhos dos turistas.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs :- )))))))))))))))))))))))))))))))))

     
    • Proftel

      dezembro 1, 2011 at 2:34 am

      Pessoal, vou nessa, preciso dormir.

      Fiquem nesse “open” singelo, volto assim que puder com notícias interessantes.

      Bração aí.

      🙂

       
  26. Proftel

    dezembro 1, 2011 at 12:24 am

    Colafina:

    Se me permita lhe chamar de Toupeira:

    Você está defendendo caras como os da Dataprev com os que tenho contato, uns caras que pararam no tempo.

    Técnicos de informática não são bitolados só em Rede como os que você trabalha, os caras DEVEM resolver qualquer parada, vou botar aí embaixo um exemplo, um e-mail que passei na semana passada prô meu chefe:

    Ilmo. Sr. Dr.

    Joaquim XXXXXXXXXXXXXXX.

    Conforme atorizado pro V.Sa. procedi a manutenção eletro-eletrônica dos seguintes equipamentos:

    – Gabinete Infoway PI-117XXX – Recuperação de placa-mãe – troca de três capacitores, pronto para uso;

    – Teclado Dell PI-128XXX – cabo usb partido – seccionado e ressoldado, pronto para uso;

    – Filtro de linha Datasound – troca do comutador de energia.

    Custos:

    Três capacitores: R$ 1,10 – plasti-retrátil – R$ 1,00 – comutador de energia – R$ 1,50.

    Outrossim, informo V.Sa. que devido a problemas de energia (muitas quedas) houve perda de mais um estabilizador de 1 Kva.

    Não há mais equipamentos do tipo para troca e, já contamos com dez equipamentos dividindo esse tipo de estabilizador (dois equipamentos ligados num estabilizador).

    São necessários nesta PSF no mínimo 5 (cinco) novos estabilizadores de 1 Kva para os equipamentos voltarem a condição padrão.

    Era o que havia a relatar.

    Atenciosamente.

    Alexandre XXXXX

    Bicho, Técnico não fica só configurando máquina, mete a mão na bagaça, se arprimora e faz!

    Desculpe aí a sinceridade.

    Bração.

     
    • Colafina

      dezembro 1, 2011 at 1:03 am

      Proftel,
      Defendi o BB e a Caixa no comentário do Brocaleone naquilo que é do meu conhecimento, por experiência e vivência. Sobre problemas da Dataprev não emito nem um suspiro, pois não tenho o menor conhecimento. :-))
      Se fosse sobre a Datamec ainda poderia dizer que prestam serviço à Caixa na manutenção de um ou dois sistemas ainda em uso na Caixa, desenvolvidos por eles (em Fortran e Cobol) na época em que a Caixa dependia de órgãos externos para desenvolver seus sistemas, nada mais que isso.
      Não me comprometa!! Ahahah!!

       
      • Colafina

        dezembro 1, 2011 at 1:06 am

        Ôps! É Brancaleone… falha nossa!

         
      • Proftel

        dezembro 1, 2011 at 1:50 am

        Colafina:

        Unix!

        Você esqueceu de falar que alguns programas são nessa linguagem!

        hehe.

         
        • Colafina

          dezembro 1, 2011 at 2:01 am

          Sim, Proftel, em Unix também.
          Temos alguns documentos que ainda não são logados no terminal financeiro quando são autenticados no caixa, então têm que ser digitados no final do dia, e isso é feito num sistema que gera os arquivos em Unix, que são transmitidos à Centralizadora, que por sua vez os processa no sistema de grande porte.

           
          • Proftel

            dezembro 1, 2011 at 2:12 am

            Colafina:

            Seguinte:

            Há um “0800” sendo implantado nas repartições federais, desde o começo do contrato senti cheiro azedo a três meses atrás na última semana confirmado com outros colegas Técnicos espalhados por aí.

            Dê uma sacada se na sua área há isso.

            Por mim creio, as “Ongs” estão indo embora e ficarão os “O800” kkk.

            Saque só.

            🙂

             
      • Proftel

        dezembro 1, 2011 at 2:00 am

        Colafina:

        Muitas pessoas reclamam que a aposentadoria demora ou demorava, são poucos os caras que tem senha pra implantar aposentadoria e a coisa precisa ser implantada em três programas, quando um infeliz tropeça num cabo de rede no Rio de Janeiro onde ficam os servidores do INSS, a conexão toda cai, cada tropeço é um benefício que não é implantado no dia, só no dia seguinte, por isso a coisa é complicada.Manjo das duas intranets um pouco, trabalho com as duas e seus programas, não é coisa muito diversa das Redes que monitorava/fazia manutenção antes, é como andar de bicicleta, você nunca esquece/deixa de fazer.Servidores são sempre iguais, rodando quaisquer Sistemas Operacionais, os comandos são sempre os mesmos.O que me deixa grilado é caírem duas intranets federais no mesmo prédio, ligar pra algum amigo em Goiânia ou Brasília e saber que outras três intranets estaduais e municipais cairam também, receber um e-mail no dia seguinte de um cara só dizendo que houve problema de energia elétrica lá (e você sabendo que não foi só contigo a coisa).Aqui em as intranets em grande parte são via cabo óptico, eu tenho contato com Morrinhos (monitoramento aéreo), Brasilia, Goiânia, Palmas etc., grande variedade aérea e óptica de contatos.Bicho, pra mim a Rede foi reiteradamente atacada, os infelizes não querem assumir senão perdem.Nós Técnicos somos muito poucos e unidos, pode crer. Gerentes de Rede na maioria do nosso entendimento percebendo até trinta contos por mês, não merecem, a coisa toda tá na nossa mão, ganhamos pouco por isso.

        🙂

         
      • Proftel

        dezembro 3, 2011 at 1:16 pm

        Colafina:

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs :- ))))))))))))))))))))))

        Sim, sim, você é usuário, não é Técnico, eu tô metendo o reio é nos caras como eu que só querem saber de se encostar e uma vez por mês catar a grana na boca do caixa sem fazer serviço decente.

        Se me desculpe lhe chamar de “toupeira”, foi uma indelicadeza de minha parte, faltou empatia.

        De boa.

        🙂

         
    • Colafina

      dezembro 1, 2011 at 1:55 am

      Proftel,
      Na Caixa, a manutenção dos equipamentos de informática é terceirizada. Aqui na região sul é feita por duas empresas, uma cuida da maioria dos equipamentos das agências (micros, impressoras, switches, roteadores, etc), e a outra cuida de algumas impressoras e dos ATM’s (máquinas do auto-atendimento). A primeira também é responsável pela instalação/configuração/atualização de softwares. A manutenção é feita na própria agência, não há conserto, apenas substituição de peças. O equipamento defeituoso só sai da agência quando não foi possível a solução, e dependendo do caso/equipamento, é substituído por outro similar.
      O serviço dos técnicos dessas empresas é bom, não há reclamações, fazem o serviço direitinho e tempestivamente. E falo com conhecimento de causa pois, além de ser formado na área, quebro meus galhos em informática com relativa facilidade. Por isso, aliás, sou constantemente solicitado pelos colegas para esclarecer dúvidas de soft e hardware, meio que um técnico bem generalista, e na maioria das vezes consigo resolver as suas dúvidas/problemas.

       
      • Proftel

        dezembro 1, 2011 at 2:05 am

        Colafina:

        Acima, escrevemos juntos.

        Se me parece que não temos os mesmos problemas, talvez alguns.

        🙂

         
  27. surfando na jaca

    novembro 30, 2011 at 11:03 pm

    Já comentei esse assunto do Mrxarope, sujeito fraquinho de argumento e que apanhava feito um danado. Bom, já essa onda de senha, vc. me desculpe, Proftel, mas quando vc. passa o cartão do banco para pagar uma Skór no bar, tem que digitar a senha numérica. Então, as duas são necessárias e todo mundo guarda, caracoles. Se não guarda, deveria anotar, por nàofazer uso constante do cartão. Vc. tá parecendo aquela tia do clip do Youtube, O tapa da Pantera. KKKK

     
    • surfando na jaca

      novembro 30, 2011 at 11:04 pm

      Que aliás deve ser amiga do FHC.

       
    • Proftel

      dezembro 1, 2011 at 12:29 am

      Surf:*

      A mais de oito anos não tenho cartão de crédito, quitei as bagaças e catei dois alicates, quebrei os dois de raiva, só uso talão de cheque e, com o décimo terceiro de hoje, fechei o “especial”.

      GRAÇAS A DEUS!

      🙂

      *Pessoal, muito pessoal. 🙂

       
    • Proftel

      dezembro 1, 2011 at 1:01 am

      Surf:

      Nada disso!

      O único tapa na pantera que gostaria de dar antes de morrer já foi abduzido no You Tube, era um vídeo do Chico Buarque “Essa moça tá diferente”, aquele bundão não esqueço desde os onze anos, hoje tá tudo com propaganda antes, sacanagem da grossa.
      Já disse aí pra cima que não uso cartão de credito a anos, se depender disso nem posso tirar passaporte, minha única opção se acertar na Megasena é viajar de moto como o Che kkkkkkkk.

      🙂

       
  28. Brancaleone, Broncão para os chegados...

    novembro 30, 2011 at 10:57 pm

    As diferenças são muitas mas a maior delas é que funcionário do Banco do Brasil apenas e tão sómente um funcionário público CONCURSADO ou seja, não importa quão ruim seja o atendimento, o desgraçado jamais vai ser mandado embora. No máximo vai ser transferido sem perder um cêntimo das mamatas e mordomias.
    Já num banco privado, se o sujeito vacilar com o cliente é quase certo que vai levar uma baita mijada e pode até ir pra rua.
    Alem de que, cargos de retaguarda como os de TI do Banco do Brasil uma vez aprovados nos concursos, o cara estaciona. Pará no tempo já que se garantiu…

    A estabilidade do funcionalismo público é que arrebenta o caixa do governo e fode com a vida do cidadão…

     
    • surfando na jaca

      novembro 30, 2011 at 11:13 pm

      Fala besteira! Broncão, por certo vc. não teve cadastro aprovado no BB e nem na Caixa. Deve estar cheio de papagaios pendurados na vitrine. O pior atendimento bancário do país é do Bradescravo, um banco privado que deixa o cliente com as pernas bambas de tanta fila. Os funcionários trabalham de mau humor. Uma vez, assisti uma briga entre funcionários empleno atendimento aos clientes.
      E o melhor que já tive foi o Société Générale Corporate & Investment Banking (SG CIB), que atende o pessoal da embaixada francesa. Tem tratamento vip etc., mas durou pouco tempo minha conta corrente.

       
    • Colafina

      novembro 30, 2011 at 11:18 pm

      Brancaleone, permita uma ressalva: os empregados do BB, como os da Caixa e de outros bancos federais, não são funcionários públicos. Trabalham em uma empresa pública, mas regidos pela CLT, ou seja, mesmo concursados, podem ser demitidos a qualquer tempo. Por tradição, tanto o BB quanto a Caixa só demitem se o empregado der motivo, isto é, por justa causa. Então, na prática, no BB e na Caixa existe uma “estabilidade” de fato, mas não de direito.
      Nenhuma delas é autarquia. O BB é uma empresa pública de direito privado, com o governo detendo 51% de suas ações na Bolsa de Valores (é Banco do Brasil S/A). Já a Caixa, também uma empresa pública de direito privado, é 100% do governo.

       
      • surfando na jaca

        novembro 30, 2011 at 11:24 pm

        Boa resposta, Cola.

         
      • Proftel

        dezembro 1, 2011 at 12:38 am

        Colafina:
        Pode mandar embora?

        Do Banco do Brasil?

        Diz aí os nomes dos caras que tomam conta da “informática” daquela bagaça que vou direto no Procon!

        Bando de nós cegos, não imaginam o tempo que leva pra pegar uma senha, não imaginaram como é um atendimento decente, não sacam o que é Rede, tem dó.

        Colafina, venha na agência central do BB de Anápolis prá ver a bosta que é, você traga sua mãe prá pegar algum documento e subir três andares prá ver, vem cá nó cego (com todo respeito, releve minha raiva ao seu Banco).

        Digo e repito, ainda bem que minha conta é só “conta salário” nessa bosta.

        Tem dó.

        :-/

         
        • Colafina

          dezembro 1, 2011 at 12:53 am

          Pode mandar embora sim, Proftel!
          Os empregados BB são celetistas, como os da Caixa. Mas veja, há situações e situações. Mesmo como empregado, eu vejo situações na Caixa nas quais eu não gostaria de ter sido atendido. Mas garanto à você que são exceções, tratadas e repensadas dentro da própria agência, para que não aconteçam novamente. Nós temos uma preocupação muito grande com o atendimento — pessoal e automatizado — e na maioria das vezes resolvemos satisfatoriamente. Generalizar pode ser muito injusto. 🙂

           
        • Colafina

          dezembro 1, 2011 at 1:20 am

          Proftel,
          Além do Procon, vc tem a possibilidade de reclamar diretamente à Ouvidoria do BB, via fone ou Internet. Se for igual à Ouvidoria da Caixa (que funciona bem!), a agência, ou a própria matriz do banco, tem prazo legal de 5 dias úteis para resposta e/ou solução do problema. Apesar disso, a Caixa exige que as agências respondam em até 48 horas.
          E só esclarecendo, o meu banco é a Caixa, por isso não precisa pedir para relevar sua raiva!! 😀

           
    • Colafina

      novembro 30, 2011 at 11:41 pm

      Só para complementar:
      “Alem de que, cargos de retaguarda como os de TI do Banco do Brasil uma vez aprovados nos concursos, o cara estaciona. Pará no tempo já que se garantiu…”

      Esta é uma visão defasada, baseado numa realidade que já não mais existe.
      Houve um tempo que os recursos tecnológicos dos bancos particulares eram infinitamente mais avançados — e mais antecipados — que os dos bancos estatais. Determinados serviços daqueles eram informatizados, e destes ainda funcionavam à manivela. Mas há muito essa realidade mudou. Não apenas o sistema bancário brasileiro é o mais avançado do mundo, como os bancos estatais acompanham de par a passo com os bancos privados as inovações tecnológicas do sistema. Mesmo porque o sistema é “interbancário”, ou seja, diferentes sistemas dos diferentes bancos conversam entre si, e isso não é possível se houver incompatibilidades tecnológicas.

       
      • surfando na jaca

        dezembro 1, 2011 at 10:37 am

        O Cola tem razão. Nosso sistema bancário dispõe dos mesmos recursos que existem nos EUA. Não reparei nada de diferente pelo Primeiro Mundo. Só as filas daqui é que são maiores, talvez pelo acesso ainda limitado dos recursos on line. Sei lá.

         
        • Colafina

          dezembro 1, 2011 at 4:49 pm

          Surf, tudo no Brasil é pago nos bancos. Nos EUA, a maioria dos pagamentos são feitos pelo Correio, e só usa banco (e cheque, principalmente) quem tem muito dinheiro, e para operações bem específicas.

           
          • surfando na jaca

            dezembro 2, 2011 at 12:34 am

            Cara, ninguém usa cheque nos EUA, a não ser empresa e cheque institucional. É um festival de cartão.

             
    • Colafina

      dezembro 1, 2011 at 12:18 am

      Desculpa aí, Brancaleone, mas tenho só mais um comentário:
      “No máximo vai ser transferido sem perder um cêntimo das mamatas e mordomias.”

      Em janeiro/2012 vou completar 34 anos de Caixa.
      O salário inicial de um cargo técnico da Justiça Federal é uma titica de nada menor que o meu salário — 34 anos na Caixa!
      Uma comadre minha trabalha há 15 anos na Justiça do Trabalho, e ganha pouco menos que o dobro do meu salário — relembrando, 34 anos!

      O salário + auxílio refeição/alimentação dos empregados da Caixa e do BB admitidos a partir do ano de 2000 gira em torno de R$ 2.000,00. Bruto!

      Então, por favor, não fale de mamatas e mordomias, esta também é uma visão deturpada, baseada numa realidade dos servidores públicos federais, universo do qual não fazemos parte, mas no qual somos sumariamente incluídos pela generalização da crítica sem fundamento!

       
    • Proftel

      dezembro 1, 2011 at 1:18 am

      Compadre Brancaleone:

      Olhe, eu gosto de trabalhar.

      Sou concursado como Professor no Estado e no Município.

      Desde que mudei prá Anápolis e souberam que “trabalho com computador” não sei mais o que é sala de aula já lá se vão sete anos nos dois empregos.

      Perdi a prerrogativa de aposentar com 25 anos nos dois trampos e, mesmo no Estado, averbando meus dezessete anos de “CLT”, só aposentarei com 70 porque não terei os “20” anos de Estado, na Prefeitura nem se fala, só tenho uns oito anos de trampo concursado.

      Bicho, se ficar brocha, a melhor coisa é dar cabo, pelo menos a patroa fica com duas aposentadorias e curte melhor a vida “sem migo” kkkkkkkk.

      Outra coisa mermão, veja meu caso, pense bem, você daria seu sangue bão sabendo que trabalha desde os 14 anos de idade, serviu o Exército e, vai aposentar só DEPOIS de morrer?

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs :- ))))))))))))))))))))))))))))))

      Pode crer, é verdade.

      :-/

       
  29. Proftel.

    novembro 30, 2011 at 9:37 pm

    No “Direito Consuetudinário Bloguístico Brasileiro” há uma alínea que versa sobre os comentários pessoais dos titulares do Blog.

    Tal regra diz que: “quando um Post exprimir opinião do blogueiro, automaticamente será considerado Open”.

    kkkkkkkk

    Aqui vai uma prá esse Open – escrevi abaixo e não sei se o HRP irá ler mas, faço questão – sei que aqui ele virá:

    “HRP:

    Sim, “mó porra chata” como se diz lá na Baixada ou ainda: “Kraio, um pé no saco” (ibidem).

    Ainda não fui com atenção no Carmela visto que meu humor não está lá essas coisas depois do que relatei no post acima (pra entrar num blog legal gosto de tá com o espírito limpo senão fica aquela impressão da boca ruim cabeça ruim). Entrar num blog tão recomendado é melhor numa sexta-feira quando tô mais feliz que pinto no lixo (como dizia o finado Pax – sempre dou os créditos a quem li primeiro quando utilizo a expressão, cê sabe).

    Não creio que o Mr. X esteja com essa bola toda pra falar sozinho sobre Weblog ou comentaristas de lá, já não foi democrática a matéria ao não citar você (HRP), Surf, Barba Negra dentre outros comentaristas da época do NoMinimo que estão até hoje e praticamente criaram o estilo de hoje nas caixas de comentário dos blogs no Brasil (sim, no Brasil! Dê uma olhada nas caixas de comentários em outros países, são duas ou três linhas no máximo dois parágrafos, tudo coisa meio sem nexo nem conteúdo, dá dó).

    Não que escrevamos “tijolos” como aquele infeliz que copiava e colava textos inteiros nos derradeiros dias do Weblog ou aqueles comentaristas franceses (sim, há blogs em França!) verborragiando citações filosóficas com enormidade de links pra confirmar.

    No Brasil se me parece as caixas de comentário tendem a ser enxutas com conteúdo intelectual permeado de impressões empíricas com muitas gozações/brincadeiras bem quase beirando a chacota quando partem de nativos.

    Já os comentários de (até) brasileiros que moram no exterior tendem a ser mais “sêcos” com críticas por vezes contundentes ao nosso modo de agir ou pensar como que se distanciando daqui (geralmente esses caras levam logo de cara a pecha de “direitobas”).

    HRP, olha, essa é a minha impressão da coisa, a Rede no Brasil é insignificante (ainda), não dá pra saber o que irá rolar nas caixas de comentário dos Blogs.

    Creio que o Facebook se dilacerará como o Orkut foi prô saco assim que a maioria tome consciência de que só serve para o controle Estatal as informações lá contidas.

    Na minha opinião, a volta dos Blogs é certa, cria nichos mais próximos aos grupamentos humanos “ad originem” na troca de impressões mesmo separados por longas distâncias com a agravante de não ser tão fácil detectar nas caixas de comentários uma longa cadeia de contatos.

    Bração aí.

    🙂

     
  30. robertão

    novembro 30, 2011 at 9:02 pm

    mas conseguiu sacar ou não?

     
    • Proftel.

      novembro 30, 2011 at 9:24 pm

      Robertão:

      Não, na boca do caixa não consegui sacar.

      Consegui tirar um conto no caixa eletrônico, fui na loja de informática d’um colega meu, dei um cheque de 600 contos prá ele do Itaú onde ele e eu temos conta (antes que o garoto do depósito fosse prá agência) e paguei a dívida seis da tarde.

      De boa, quem não tem amigos só se fode.

      hehe.

       
  31. robertão

    novembro 30, 2011 at 9:00 pm


    off-tópic

     
    • Proftel.

      novembro 30, 2011 at 9:19 pm

      Robertão:

      Olha, eu fiquei pasmo, mostrei prá patroa (sim, a Tia) e ela quer colocar no Facebook dela.

      Cara, Parabéns pela dica, valeu.

      Bração aí.

      Alexandre.

      🙂

       
  32. Colafina

    novembro 30, 2011 at 7:47 pm

    Não falem mal da Caixa!

     
    • Proftel.

      novembro 30, 2011 at 9:08 pm

      Colafina:

      Olha, se a Caixa me tratar como o Banco do Brasil, pode crer, será mais um Post, se trabalhar bem com essa renca de funcionários em transição eu falarei bem e também virará Post.

      Sempre, te juro, nas comparações (porque não há como falar só bem ou só mal de alguma coisa).

      🙂

       
  33. Proftel.

    novembro 30, 2011 at 7:33 pm

    Foi só um relato de impressão pessoal, não sei se há mais gente com esses problemas.

    🙂

     
    • Proftel.

      novembro 30, 2011 at 9:12 pm

      Colafina:

      Se fosse pra gente não pensar, teria nascido só com um bago, só com um cérebro, se fosse pra não fumar, teria nascido só com um pulmão, se fosse prá não beber, o fígado não se regeneraria, se fosse pra ser vegetarianos, o estômago teria quatro partes, se fosse pra não ter prazer, só haveria um orifício e, por aí adiante.

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkk rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs :- ))))))))))))))))))))))))))))

      Não esqueça de dar a autoria se for usar o parágrafo acima kkkkkkkkkkkkk.

      hehe

       
      • Proftel

        novembro 30, 2011 at 11:25 pm

        Colafina:

        Já lhe adianto que a patroa leu e achou horrível a criação (ela tem bom gosto – sou chucro) mas, nem só de mulheres com idéias vivem os homens, a maioria delas atualmente são “facebookcianas” inteligentes, práticas e versateis, diferentes daquelas “Orkuticianas” de antigamente com “texpixels” se filmando/fotografando na laje. kkkk.

        Todas muito legais até que, você casa com uma delas. Aí é que a coisa pega… .

        Digo isso prá vocês da nova geração:

        Depois de quase vinte anos casado, tentando ensinar a patroa a fazer funcionar um desktop, clicar no atalho do “discador”, explicar pra ela o que é Banda Larga, Office, Win 98, 2000, XP (home), Vista etc., creio que ela saiu da adolescência e está adulta prá saber o que é a Rede.

        A Tia acompanhou toda evolução da coisa e me aguentou inúmeras noites acordado tentando fazer “isso e aquilo” que este maluco que lhe vos fala tentava num computador com acesso discado.

        Colafina, as moças de hoje em dia não sabem porra nenhuma do que é utilizar uma máquina, a Tia sabe, sabe atualizar antivírus, antimalware, antispyreware e, escanear a máquina, sabe e utiliza o Facebook (e só publica comentários depois de passar pelo corretivo do Office 2010 que tá lá no computador dela) com maestria assim como o Messenger e outros recursos como You Tube’s da vida, sabe fazer pesquisa como ninguém sobre letras de música e filmes na Rede.

        A maioria das moças hoje não sabe enfiar uma linha na agulha muito menos quebrar ovos em cima d’uma farinha pra fazer pão, não sabem fritar ovos muito menos esquentar uma cama. A Tia é costureira de fazer vestidos de noiva, festas e todo domingo faz um prato especial de dar água na boca.

        Colafina, tenho que dar o braço a torcer à Tia, se ela disse que foi “podre” meu comentário, tenho que concordar.

        🙂

         
        • Colafina

          dezembro 1, 2011 at 12:42 am

          Puis…
          Acredite na Tia, foi meio podrinho mesmo!! Ahahah…
          Nada que umas skór não resolvam, mas não exagere, senão olha só o futuro que te reserva!!

           

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: