RSS

Open:

04 dez

Excepcionalmente, um Open “de novo novamente” por conta da semana pesada que tivemos trespassada por clima, falecimento e drogas.

Talvez uma coisa mais amena como essa excite alguns neurônios:

 

 

🙂

 
34 Comentários

Publicado por em dezembro 4, 2011 em Uncategorized

 

34 Respostas para “Open:

  1. surfando na jaca

    dezembro 8, 2011 at 11:02 am

    Vou repetir, que o FDA anda muito gagá:
    FDA, respondi as suas baixezas com uma citação simples mas parte de um texto fundador da sociologia, de Durkheim, só para mostrar como vc. é arrogante. Vc. teria dito a Durkheim que ele era uma besta. Durkheim nunca foi socialista, mas eu sou. Se o blog também é, não sei e nem quero saber. Sei que vc. é udenista e que não poderá me impedir se defender meu ponto de vista. A ditadura acabou. Também mostrei como vc. não leu Michel Foucault. Jamais atribui a frase ao filósofo careca que “entre homens livres não há relação de poder”. Seria primário um erro desses. A não ser que se defina o que são “homens livres”. Outra coisa, por que vc. cita a Constituição para se opor ao ser socializante???? Tá batendo biela!

     
  2. FDA

    dezembro 8, 2011 at 4:36 am

    Caro Proftel,

    Já que vc interroga os leitores para saber se “concordamos” com o comentário do Adriem no seu blog…Creia-me ou não, a questão não é tanto de saber se devemos concordar ou não com o que afirma o Adriem!

    A meu ver, a questão do “concordar” ou não é uma questão de colocação pessoal. Ora, todo comentário é uma colocação pessoal. Logo o ato de se posicionar é inerente mesmo ao ato de comentar.

    O problema é que sua questão não é neutra. Ela é ambígua. Nela vc pressupõe pelo menos três coisas : 1) Sera que devemos ou não concordar com o Adriem? Ou (2) Sera que devemos concordar ou não com o que o Adriem afirma no seu comentário? Ou (3) sera que devemos fazer aquela linha FDA, o indiferente?

    Como afirmei antes, quando vc colocar um tema sobre os Direitos Humanos sairei de minhas reservas indiferentes. A meu ver, o comentário do Adriem coloca um problema do Direito individual assegurado pela CF. Portanto a questão não é de saber se devemos ou não concordar mais sim de saber se o que diz o Adriem é verdadeiro ou falso.

    Ora, o que o Adriem afirma merece um questionamento: É verdade ou não que podemos aqui “dar” “ no blog um conselho?” E verdade ou não que vc publica “texto original” no seu blog? É verdade ou não que seus textos e comentários colocam problema de “tradução” e interpretação? É verdade ou não que certos textos ou comentários colocam o problema de “sentido”? É verdade ou não que certos textos ou comentários são “ridículos”?

    Se seguimos seus argumentos, vc afirma que:

    1) “O texto é só pra dar uma noção aos que não dominam o inglês”. Ora, se o argumento é verdadeiro por que não publicar o texto em língua original visto que “ a maioria do pessoal que frequenta esse espaço vai mesmo é no original”?

    Portanto sua afirmação é contraditória. Ela é também falsa: todos os comentaristas não compreendem os textos originais no seu blog.

    A demostração pode ser feita aqui mesmo.Vc acha que um comentarista que diz que Sócrates afirmava “só sei que não sei” conhece o grego antigo? Ou que um comentarista que diz que Michel Foucault afirma que “entre pessoas livres não há relação de poder” conhece todas as “nuances” da língua francesa? Ou que um outro reafirmado o pensamento de Freud e da psicanálise conhece a finesa e a complexidade de uma obra como Gesammelte Werke..
    .
    “Nada disso” Proftel, pressupõem-se que esses comentaristas vão procurar na “Wikipédia”..

    Um outra objeção sua ao Adriem é que “tudo que” vc “sempre Postei” aqui “nunca” te “pareceu ridículo (..)”

    Ora, Proftel, se vc tem o direito de afirmar sua escolha individual a questão é de saber qual é o teu direito de impor o que te parece ou não ridículo? Qual o teu direito de transpor o que não te parece ridículo como valor, regra universal, ou seja, para todos nos?

    Em suma Proftel, o que não te parece ridículo, pode muito bem parecer ridículo para o Adriam! Seu direito é de justificar sua posição, mas vc não tem o direito de impor o que te parece como ridico como lei universal..A exceção que alguém aceite..No meu caso, eu não aceito. O Adriem também não.

    E podemos objetar, assegurados que somos pelo Direito Constitucional: o direito individual. E não é por que existe aqui os defensores do modelo do Homem social, que o modelo socializante é lei universal!

    O direito individual é, entre outros, um direito adquirido pela CF.

    Se o Brasil é um pais de Direito, logo o Direito individual de expressar seus sentimentos é legítimo: o direito de achar que algo é ridículo. E não é por que existe comentarista aqui que defendem uma linha socialista, socializante do Ser Humano: “o Homem é um ser social”, que somos obrigados de seguir essa linha ou de acreditar neste tipo de teoria aplicada sem nenhum discernimento ou compreensão. Ela é uma opinião individual no blog…

    Do ponto de vista do Direito Constitucional essa tese socialista, socializante do Ser Humano não resiste um sô instante..

    Até a prova do contrario a Constituição Brasileira assegura o direito individual à personalidade, entre eles a liberdade de expressão de achar que um texto, uma atitude de um comentarista é ridículo ou não…

    E o FDA não foge desta regra do ridículo, mais isso eu já sei que sou…Portanto o simples fato de publicar meus comentários mostra que vc tem un comentaristas ridico que faz comentários ridículos..

    Até a próxima, e coragem compatriota..

     
    • surfando na jaca

      dezembro 8, 2011 at 10:08 am

      FDA, respondi as suas baixezas com uma citação simples mas parte de um texto fundador da sociologia, de Durkheim, só para mostrar como vc. é arrogante. Vc. teria dito a Durkheim que ele era uma besta. Durkheim nunca foi socialista, mas eu sou. Se o blog também é, não sei e nem quero saber. Sei que vc. é udenista e que não poderá me impedir se defender meu ponto de vista. A ditadura acabou. Também mostrei como vc. não leu Michel Foucault. Jamais atribui a frase ao filósofo careca que “entre homens livres não há relação de poder”. Seria primário um erro desses. A não ser que se defina o que são “homens livres”. Outra coisa, por que vc. cita a Constituição para se opor ao ser socializante???? Tá batendo biela!

       
  3. Proftel

    dezembro 6, 2011 at 11:53 pm

    O que é um filho em casa:

    Juro prôceis que procurei na Rede algo como “filho em casa” e só encontrei uma pá de babacas com apresentações .ppt chorando de fazer dó no YouTube.

    Meu mais novo está aqui altivo, passou prô segundo ano de Engenharia Civil e viajou pela primeira vez de avião pagando mico de trazer muita coisa, o encontrei perto das bagagens excedentes procurando sua mala com travesseiro e toalha de balho no aeroporto da capital.

    Ter um filho em casa do outro casamento que considera a Duda como irmã é coisa d’outro mundo.

    Juro prôceis que dá vontade de morrer agora na convicção que estou deixando gente decente nesse pedaço com prole e criação.

    🙂

     
  4. Brancaleone, Broncão para os chegados...

    dezembro 6, 2011 at 5:11 pm

    Já que é open…
    Por minha sugestão e patrocínio instalei cá na cidadezinha uma câmeras nas ruas, voltadas para a pracinha, ginásio e parquinho. Tudo bonitinho, infravermelho e com arquivo num PC que doaram. Diminui o vandalismo e foi usada até para resolver um entrevero entre o Zico e o Leonel num batidinha de duas CGzinhas 125…

    Só que tem gente que se incomodou e tá achando que “num si tem mais privação” (desnecessário traduzir né?) – e tão pedindo “pros veredôr tira”…

    Isso me leva a pensar quando vejo gente reclamar que a blitz da polícia parou, que o guarda rodoviário quis que fizesse teste do porre e que a revista nos aeroportos é um saco…

    Num planeta com uns sete bilhões de humanos, o percentual de maniacos, safados, ladrões e cretinos é grande e essa gente precisa ser mantida “debaixo dos olhos” para o bem da maioria só que a maioria parece temer este tipo de proteção. Consideram uns tais de direitos individuais, uns direitos à privacidade que são sim válidos e necessários mas que devem ser adequados ao mundo de hoje.

    É tipo de gente imbecil que exige que antes do radar de velocidade exista a placa avisando que existe o radar!!! Pra que a porcaria da placa??? se qualquer estúpido com carteira de habilitação sabe que em vias urbanas a velocidade máxima é X, porque ele quer a droga da placa? para diminuir dos 120 pros 60? Não devia ter placa nenhuma. Se o tapado sabe que não pode andar a mais de X, que se f… se ultrapassar o limite.

    Já fiz teste do bafometro umas duas vêzes (aprovado com louvor…) mas vi gente se recusando…

    Uns e outros vem com aquela de que “ninguem é obrigado a produzir provas contra sí mesmo…” mas os bêbados podem matar…

    Se me param numa blitz, mostro a papelada, sopro no tubinho e tudo bem. Não devo nada e vou embora.

    Infelizmente as “liberdades” individuais estão servindo de abrigo aos crápulas…

     
    • surfando na jaca

      dezembro 6, 2011 at 5:51 pm

      Broncão, nesse aspecto fecho contigo. Onde já se viu teste de bafômetro ser prova contra o acusado? Ora, devia servir de averiguação de conduta irregular, já aplicada diante do ilícito, pombas! Fico revoltado com esses abrigos legais que só servem aos canalhas e como os canalhas mandam no Judiciário, vide o Daniel Dantas Mendes, só nos resta a indignação. Está para nascer governo que peite essa corja, porque o próprio povo os elege e dá poder aos canalhas. Então, o que está errado é todo o sistema partidário e eleitoral, que é mesmo antidemocrático e funciona na base do poder do capital. Só que não aceito esse argumento para depor a minha presidenta, pois as regras sempre foram essas. Se for para mudar, então tem que ser para valer e não para colocar a tucanagem no lugar.

       
      • surfando na jaca

        dezembro 6, 2011 at 5:55 pm

        E nem para substituir o sistema representativo por uma ditadura, como fizeram os milicos e empresários nos tempos de chumbo, dizendo que iriam acabar com a corrupção para se beneficiarem por 24 anos de poder, sustentando os Malufs, Collors, ACMs e Sarneys da vida.

         
    • Proftel

      dezembro 6, 2011 at 11:23 pm

      Compadre Brancaleone:

      Lembre a todos que você está fazendo sua parte instalando sistemas de monitoramento, que Tunas já foi assaltada com fuzis e coisa e talz, que suas câmeras sem som nem definição de vídeo só ajudarão a caçar bebuns aos pixels lentos ou, se quiçá tiverem som, no máximo “voz de pato” a identificar o mané mijador. Nunca uma gangue como essa que esteve por aí.

      Bicho, se a continuarmos assim, o Brasil vira um enorme Estados Unidos com essas consequencias, leia bem:

      http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=pt-BR&prev=/search%3Fq%3Dendoftheamericandream%26hl%3Dpt-BR%26biw%3D1262%26bih%3D865%26prmd%3Dimvns&rurl=translate.google.com.br&sl=en&u=http://endoftheamericandream.com/archives/9-examples-of-elderly-americans-being-strip-searched-or-sexually-molested-by-tsa-agents-at-u-s-airports&usg=ALkJrhhJciXLl2usfI9UCwuS9og9oRGQIQ

      :-/

       
  5. surfando na jaca

    dezembro 6, 2011 at 4:00 pm

    Betão, esse post é que caiu no buraco negro.

     
  6. Robertão

    dezembro 6, 2011 at 2:22 pm

    nasa descobre poderoso buraco negro, vou mudar prá lá.

     
    • JOSE MARIO HRP!

      dezembro 7, 2011 at 4:51 am

      Todos os buracos negros dão na casa do sarney!
      É uma super maldição!

       
  7. JOSE MARIO HRP!

    dezembro 6, 2011 at 10:47 am

    Ministério da saúde incluiu tromboliticos , medicamentos usados na rápida dissolução de trombos sanguineos , nos tratamentosdo SUS. Utilizados nas primeiras horas ´pos infartos , tromboses e avcs reduz a mortalidade drásticamente Equipes do Incor vão dar cursos aos colegas de outros estados sobre a aplicação do medicamento.
    É Dona Dilma, voce trabalha, La Nave Vá! e te daremos mais um mandato de governo popular!
    E a oposição?
    Se tiver passaporte europeu, “GO AHEAD!”

     
  8. surfando na jaca

    dezembro 5, 2011 at 4:11 pm

    Nasa descobre planeta com água. Vou me mudar para lá.

     
  9. robertao

    dezembro 5, 2011 at 10:40 am

    como diria o Dr. Sócrates: só sei que não sei…

     
  10. Patriarca da Paciência

    dezembro 5, 2011 at 9:26 am

    Uma tese interessante:

    “A lealdade ao “chefe” ou à “tribo” é a fonte de toda a corrupção.

    Como diz o Michel Foucault , muto estimado pelo FDA e bastante citado pelo Surf, “entre pessoas livres não há relação de poder”.

    Eu considero muito boa esta afirmação.

    Somente uma pessoa que não se sente subordinada a outra é capaz de tomar atitudes que estejam totalmente em acordo com sua consciência.

    Mas as pessoas não conseguem viver totalmente descompromissadas com seu grupo ou seu chefe.

    É realmente uma condição muito complicada, a “condição humana”.

     
    • surfando na jaca

      dezembro 5, 2011 at 10:22 am

      Caro Patriarca, não cito tanto Foucault, mas bem mais Sartre, que apontava essa questão, a da liberdade do indivíduo frente ao coletivo. É um tema também ligado ao anarquismo contra uma direção partidária, por exemplo. Quanto a Foucault, as relações de poder estão distribuídas pela sociedade toda e o Estado conta com essa cadeia de poder para manter a ordem social. Ou seja, além da luta de classes existe o domínio do Estado de forma coletiva, introjetado no indivíduo e na crença de que sua onipresença, como no panopticon de Benthan. Acho essa idéia interessante, apesar de substimar a luta de classes.

       
      • Patriarca da Paciência

        dezembro 5, 2011 at 11:23 am

        Surf,

        no meu entender, parece que os dois discutiam os mesmo temas, sendo que o Sartre se focalizava nas relações sociais e o Foucault se focalizava nas relações políticas.

        O Foucault mais em relações de poder, Estado etc. e o Sartre nas relações entre o indivíduo e a sociedade.

        No fundo, são as relações entre a sociedade e o indivíduo, as causa das glórias e misérias de todos os seres humanos.

         
        • surfando na jaca

          dezembro 5, 2011 at 4:06 pm

          Pois é, Patriarca.
          Algo assim, mas já que vc. diz ignorar a obra do Foucault, nem vou me alongar. São dois velhos conhecidos para mim. Em Foucault me instiga pensar que somos parte de uma cadeia de poder e manutenção da ordem social. Tem um veio anárquico nisso, não acha? Aliás, o Foucault reconhecia isso. Penso que estamos irremediavelmente ligados a essa cadeia de poder. Outro questionamento interessante é sobre o papel central que damos ao sexo em nossa civilização, reafirmado por Freud e a psicanálise. O Carecão francês colocava isso sob suspeita, como um reducionismo dos interesses humanos. Nada disso tem na wikipédia, é leitura, sacou FDA!

           
  11. HRP LOVE AND MUSIC

    dezembro 5, 2011 at 9:07 am

    O caso do Sócrates não me deixa grandes sensações.
    Grande jogador,bom pai, mas péssimo exemplo quanto ao vicio.

     
    • surfando na jaca

      dezembro 5, 2011 at 10:23 am

      HRP, o cara sucumbiu ao vício, mas foi um jogador com visão política de seu esporte. Merece as homenagens.

       
  12. HRP LOVE AND MUSIC

    dezembro 5, 2011 at 9:04 am

     
    • Proftel

      dezembro 7, 2011 at 3:31 am

      HRP:

      Vi e revi.

      Interessante, muito interessante, explicita algumas daquelas coisas que sempre dizia aos alunos que: “Deus é onipresente e onisciente como aquele computador que vocês vêem” mais aquele lance de que “o softwere pode ser qualquer um” ainda juntando que podemos (ou poderemos) nos defender..

      Mutcho legal, pode crer!

      🙂

       
  13. Patriarca da Paciência

    dezembro 5, 2011 at 8:59 am

    Quanto à queda do Lupi, considero apenas mais um aprendizado.

    Nossa democracia tem apenas 23 anos. Temos muito o que aprender.

    A verdade é que o PMDB, que se norteia por uma ideologia baseada em buscas de privilégios, ainda representa uma parcela bem grande dos brasileiros.

    Em todos os lugares, sejam repartições públicas ou empresas privadas, muitas pessoas não acreditam em direitos.

    O que vale mesmo, para o critério de muitos, é a opinião e os desejos de “quem manda.”

    “Quem manda?” “Quem está no comando?” Ainda são as perguntas que norteiam as atitudes de muitas pessoas.

    “Trabalhar para o chefe ver”. “Fazer aquilo que é do agrado do chefe”. etc.etc.

    Orientar-se pelo que dizem as leis, pelo que diz o bom senso, pelo que diz a ética, ainda é minoria.

    Mas já foi muito pior!

    Já melhoramos uma barbaridade.

    Se nossa democracia resistir, logo chegaremos lá.

    Não que acabe a corrupção – isto não foi atingido em nenhum lugar do mundo.

    Mas que passemos a conviver com níveis toleráveis de desonestidades – o que é normal em qualquer parte da Terra.

     
  14. Patriarca da Paciência

    dezembro 5, 2011 at 8:25 am

    É, tivemos um fim de semana bem intenso.

    Fim de campeononato de futebol brasileiro, com vitória do time de maior torcida. Queda de um ministro que já estava a balançar um bom tempo. Morte de um grande ídolo do futebol.

    Aqui em Santa Catarina foi também um grande fim de semana. O Joinville sagrou-se campeão da série “C” com uma goleada sobre o CRB de Alagoas e o Figueirense manteve-se na primeira divisão, com boa classificação, 7º lugar.

    Enfim, é a vida que segue com seus trancos e barrancos.

     
  15. surfando na jaca

    dezembro 4, 2011 at 11:26 pm

    Broncão, eu também não ponho a mão no fogo por político algum, porque o mal não está na pessoa do corrupto, mas no sistema corrupto. Ninguém faz carreira política (salvo mui raras execeções) pelo bem do país, por um ideal, mas para faturar uma boquinha no Tesouro Nacional. Os partidos são associações de empresários ou recebem deles o dinheiro de campanha. Mas no conjunto da obra, que é o que interessa ao eleitor, sobressai aquele que em meio à roubalheira secular consegue fazer alguma coisa para o povão. Por isso, a Dilma só cresce na opinião do eleitorado. E como medida instrutiva e exemplar, vem demitindo os ministros da base de coalizão, mesmo com a pressão desses partidos, coisa que o FHC nunca fez. Essa Dilminha é o bicho. E pode ter certeza de que o PAC se concretizará, tal como as UPPs no Rio. Foi o melhor voto nessas eleições, contra o elitismo do PSDB e seus projetos favoráveis ao capital internacional somente.

     
    • surfando na jaca

      dezembro 4, 2011 at 11:28 pm

      exceções.

       
  16. Proftel

    dezembro 4, 2011 at 10:42 pm

    Recomendo à Presidenta no intuito de estimular o consumo interno:

    hehe

     
  17. Brancaleone, Broncão para os chegados...

    dezembro 4, 2011 at 9:23 pm

    Ja que é open…

    Proftel.
    Pare de comemorar a saida do Lupi e parabenizar a Dilma.
    Ela sempre soube que ele – e convenhamos todos os outros ministros dela – roubam ou deixam roubar. Ela só se mexe quando as falcatruas vêm à tona e a pressão e inegáveis provas são indiscutíveis e começão a diminuir os índices de aprovação.
    O ministério público a tempos mandava relatórios das armações do Lupi – assim como tem mandado dos outros – só que eram “sigilosos” ou seja, a imprensa tava de fora.

    Não é só a Dilma que faz isso. Lula fez, FHC fez e todos os outros antes deles e tenha a certeza, todos os que ainda virão farão exatamente igual – afinal de contas é para isso que se lançam candidatos e se elegem.
    Será que a Dilma seria capaz de levantar os podres do filho do Lula?? E as armações do Zé Dirceu?? Claro que não – pelo menos enquanto isso não causar danos aos índices dela…
    E nem vamos falar do que rola nas “obras” do tal de PAC…
    E fiquem espertos. Tão levantando a sujeirada da Infraero – coisa monstruosa…

    Não creio em papai noel, saci-perere e políticos honestos.

     
    • Proftel

      dezembro 4, 2011 at 9:44 pm

      Compadre Brancaleone:

      Eu estava no andar de baixo no computador da patroa porque meu sogro está no andar de cima da casa dormindo, vi seu comentário e subi, liguei meu computador no escritório só prá lhe responder.

      Seguinte:

      Votei na Presidenta Dilma sim (e tenho pena do meu pai e mãe que não votaram, reincidiram no erro do PSDB em Sampa com o Alkmim).

      Votei num Prefeito aqui em Anápolis que é do PT, o cara está fazendo horrores de coisas boas na cidade (tá certo que há muitos “contratos” – gente contratada a peso de ouro) mas, o cara dá valor aos funcionários públicos, aumentou barbaridade nossos salários.

      Votei num nó cego pra governador de Estado, esse sim fodeu com os funcionários e me arrependo até o túmulo ter votado no cara e feito campanha.

      Democracia funciona da seguinte forma: você ouve, vota, espera, se não der certo não vota mais no infeliz e pronto.

      Que a maioria furta, estamos cansados de saber mas, através do voto, há salvação, pode crer.

      Outra coisa Compadre, um espaço como esse e outros blogs são o caminho pra que possamos melhorar a Democracia.

      Vai por mim.

      🙂

       
      • Proftel

        dezembro 4, 2011 at 10:13 pm

        Compadre Brancaleone, mais uma coisa:

        Votaria sim novamente na Dilma pra Presidente em detrimento ao Lula, não votarei no Lula numa nova reeleição.

        Não votaria no Serra de jeito nenhum, ninguém da corja do PSDB, nem a páu, esses caras em entrando de novo venderiam o resto do Brasil.

        Melhor deixar com larápios conhecidos da “arena” ou do “pmdb”, pelo menos são mais nacionalistas.

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs :- )))))))))))))))))))))))))))))))

        hehe.

         
        • Proftel

          dezembro 4, 2011 at 10:51 pm

          O “Alfalante” por mim é mais ou menos assim:

          🙂

           
          • Patriarca da Paciência

            dezembro 5, 2011 at 10:11 am

            Proftel,

            gostei do pessoal. São bons músicos e conseguem fazer humor, não só com as palavras, como também com a música.

            É realmente muito engraçado.

             
  18. Tia

    dezembro 4, 2011 at 9:20 pm

    Gosto de ver ela de longe, não lembra mais a que conheci:

    🙂

     
    • Proftel

      dezembro 4, 2011 at 10:21 pm

      O link acima bem como o comentário são meus, estava no computador da patroa quando postei, se me desculpem a indelicadeza.

      🙂

       

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: