RSS

Open do Robertão:

09 dez

Robertão é um cara maneiro, não fala muito. Não se mete em brigas, dá uns “pitacos” (como dizia a finada “Alba”).

De minha parte é gente fina, Confrade de primeira linha aqui, se não me engano falava mais noutros cantos onde trombamos.

🙂

 
64 Comentários

Publicado por em dezembro 9, 2011 em Uncategorized

 

64 Respostas para “Open do Robertão:

  1. Proftel

    dezembro 11, 2011 at 6:58 pm

    HRP:

    Até agora nada do seu garoto por aqui mas, aquelas chuvas que você comentou, te digo, Anápolis se bobear vira um lago kkkkkkk.

    Tá chovendo coisa de outro mundo já quase lá se vão uma hora e meia.

    Se trata d’uma chuva interessante, ela “cai do ceu” e só, não vem com vento, cai grossa pacas, só isso, parece que “São Pedro” despejou o balde.

    A impressão que dá é que daqui a pouco o que vem de cima levará a casa kkkkk.

    Bom, é só um registro de boa, também falei prô meu garoto deixar impressões aqui se algo acontecer.

    🙂

     
    • Jose Mario HRP

      dezembro 12, 2011 at 5:08 am

      Muito estranho essas chuvas , para mim!
      Mas em outro lugar , seca!
      O RS está com um problemão, e até racionando agua!
      Bom dia….

       
  2. surfando na jaca

    dezembro 11, 2011 at 10:19 am

    Um bom dia a todos e a todas.

    Oi, Raquel. Assim o clima fica bem mais ameno por aqui, o que é bom. O intuito do blog é a convivência e não a desmerecência e a rabugência. Afinal, como andam suas viagens? Lerei seu texto indicado sobre a Irlanda, que foi o exemplo de sucesso neoliberal globalizado, assim como o Chile.

     
    • Proftel

      dezembro 11, 2011 at 6:51 pm

      Surf:

      Pra mim já é “boa noite”.

      Acabei de assistir um filme de guerra feito na Coréia do Sul, coisa fina que a anos não vejo.

      Baixei duas versões no Megaupload que não tinham a segunda parte, pedi ao Renan baixar uma decente na conta dele que é “premium” (ele paga por mês no cartão de crédito) e não deu mais de nove minutos o filme estava aqui no meu computador, a coisa é dukacete, funciona.

      Ah, o nome do filme:

      Irmandade da Guerra

      Recomendo, pode crer.

      🙂

       
    • Quequel

      dezembro 11, 2011 at 10:30 pm

      Oi Surf, minhas viagens estão a todo vapor. Vivo na estrada, moro em hotéis. Pelo menos até fevereiro será assim. Depois volto prá Franca, as viagens continuam, mas num ritmo menor. Clicando no meu nome você acessa o meu blog, onde escrevo sobre a vida aqui em Rondônia. Nos últimos posts dei uma fugida do dia-a-dia, escrevendo sobre outros temas, e to é devendo coisa nova, mas meio preguiçosa prá pesquisar e escrever, sabe?

       
  3. robertao

    dezembro 11, 2011 at 4:54 am

    caraco! a quequel é amigona! brigadim….

     
  4. Quequel

    dezembro 11, 2011 at 2:28 am

    Já que vocês estão falando de economia européia – assunto do qual não entendo nada e também não tenho acompanhado pelos jornais – vai aí a indicação de um texto sobre a história da Irlanda, que gostei muito. Publicado na Piauí e compartilhado pelo Monsores, lá no Facebook.
    Abraços,
    http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-52/carta-da-irlanda/o-preco-da-felicidade-o-custo-da-desgraca

     
    • surfando na jaca

      dezembro 11, 2011 at 11:40 am

      Um bom texto.

       
    • Proftel

      dezembro 11, 2011 at 3:27 pm

      Quequel:

      Belo texto!

      🙂

       
  5. Proftel

    dezembro 10, 2011 at 10:52 pm

    José Mário HRP!:

    Bicho, até agora nem “spam” estou mandando mais prô saco, libero tudo quando leio (principalmente agora que saquei que o WordPress manda comentários sérios em inglês pra mim como “spam”).

    Pode conferir lá o Post “Banco Público X Banco Privado”, achei dois comentários em inglês e botei no “Google Tradutor”, os achei simpáticos e tirei da caixa de “spam”, até respondi mal e porcamente através do mesmo esquema (já que meu inglês só presta mesmo pra ler manuais técnicos).

    HRP, de boa, se pintar algum comentário do seu filho por aqui tá liberado assim que eu entrar aliás, eu entro primeiro no WordPress como administrador pra checar se há algo bloqueado, depois saio e entro aqui, sempre faço isso.

    🙂

    As estatísticas por enquanto estão assim:

    Conteúdo
    131 Posts
    0 Página
    1 Categoria
    0 Tag
    Discussão
    4.588 Comentários
    4.588 Aprovados
    0 Pendente
    0 Spam
    Tema Choco com 7 Widgets

    🙂

     
    • Jose Mario HRP

      dezembro 11, 2011 at 5:29 am

      VALEU ALEX!

       
  6. surfando na jaca

    dezembro 10, 2011 at 8:57 pm

    Prezado Proftel, tudo mundo sabe aqui que sou fã do Stiglitz, coisa com que o Firula gostava de me avacalhar. Nunca entendi muito bem a descrença do Firula nas opiniões do Stiglitz. Eu assinaria na íntegra as opiniões dele com referência a política econômica na crise do euro. Mas a mesmice, amparada na saída já batida de beneficiar o setor financeiro, volta a impor o arrocho econômico e o socorro aos banqueiros, na fórmula apontada pelo David Harvey. Como diz o premio Nobel, será uma espiral de medidas duras sem resultados, só agravando a situação. A questão da moeda única também agrava as condições da crise, como foi a dolarização na Argentina do cretino neoliberal. O exemplo da Argentina é bem útil à questão. Como disse, assinaria as opiniões do Stiglitz.

     
    • Proftel

      dezembro 10, 2011 at 9:28 pm

      Surf:

      Gostará disso aqui também:

      “Há uma espécie de limite no pensamento projetivo da socialdemocracia europeia. Sua capacidade de diagnóstico é brilhante, acertada, lúcida e até comovedora. Mas na hora de agir, a força não é equivalente. Por quê? Medo dos bancos? Temor ante o mundo financeiro?

      Não é muito complicado: na França fazem falta quatro ou cinco leis para modificar radicalmente a natureza do laço entre os mercados financeiros e a economia real. Com uma lei sobre as transações financeiras, outra sobre a separação entre banco para atendimento do público e banco de negócios, outra sobre comissões bancárias, outra que aponte para uma reforma da aposentadoria fundado sobre o imposto ao capital, e uma outra lei tributária para que as renda pague tanto quanto os rendimentos obtidos mediante o trabalho, com esses textos já haveria uma mudança considerável. Não há nada de revolucionário nisso, tudo é autenticamente socialdemocrata. O senso comum deveria nos conduzir a isso. O assombroso é que, mediante o jogo dos lobbys, as redes e a pressão, as ameaças e os meios de comunicação, quando chega o momento de aplicar essas reformas tudo se torna muito mais complicado.”

      Fonte:

      http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=19185&editoria_id=6

      🙂

       
  7. Proftel

    dezembro 10, 2011 at 7:59 pm

    Robertão aqui e “Renanzão” aqui em casa.

    O garoto acabou de sair, levou minha chave de casa, foi dar umas voltas com outra sobrinha da patroa…. .

    Sei não, se continuar assim terei que mudar de cidade kkkkkkkk. Da última vez o cara já fez um puta estrago kkkkkkk……. .

    :- ))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

     
  8. Proftel

    dezembro 10, 2011 at 7:53 pm

    Surf:

    Dê uma olhada nisso:

    “Como explicar que Alemanha e França estejam empurrando os europeus para esse abismo?

    Creio que eles querem fazer as coisas corretas, mas têm ideias econômicas erradas.

    Estão errados ou, na verdade, representam interesses de determinados setores?

    Creio que ambas as coisas. Por exemplo, é claro que estão colocando os lucros dos bancos acima das pessoas. Isso é claro para o caso do BCE, mas não creio que seja claro para Nicolas Darkozi ou Angela Merkel – presidente da França e chanceler de Alemanha, respectivamente. Creio que eles estão convencidos. Podem estar protegendo os bancos, mas o fazem porque acreditam que, se os bancos caem, a economia cairá. Por isso digo que tem um olhar errado, além do que não creio que estejam colocando os interesses dos gregos ou dos espanhóis no topo da agenda. Esse é outro problema, a falta de solidariedade. Eles dizem que não é uma “união de transferência de dinheiro”. De fato, o é, mas a transferência de dinheiro vai da Grécia para a Alemanha.”

    Quem disse foi o Prêmio Nobel de Economia 2001, Joseph Stiglitz, a coisa toda está aqui:

    http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=19187

    🙂

     
  9. Quequel

    dezembro 10, 2011 at 4:41 pm

    Aê Robertão, ganhando post de presente. E nem é aniversário, Natal ou Dia das Crianças, hein? Além de um cara maneiro, você tem uma paciência maior que a do próprio Patriarca da dita cuja. Ler mais de 144 caracteres mal escritos bacarai não é prá qualquer um. Eu não consigo. Como já lhe disse em outra ocasião, “good writing is sexy”. O contrário é “absolutely unreadable”.
    Prof, talvez o homenageado tenha sido mais falante em outros tempos, porque noutros cantos onde eu ainda trombo com ele, anda um cadinho invisível, valorizando as entradas sempre espirituosas, respeitosas e agradabilíssimas. Aquele tipo admirável e invejável que não abre a boca prá falar besteira.

     
    • surfando na jaca

      dezembro 10, 2011 at 5:11 pm

      Uao, a Raquel escrevendo em homenagem ao Roberto… Quem sabe isso aqui volte a ser família?

       
    • Proftel

      dezembro 10, 2011 at 8:02 pm

      Quequel, por aqui Opens para os Confrades e Confreiras estão na minha cachola, seu nome também está na mira, pode crer.

      Bração aí.

      Alexandre.

      🙂

       
      • Quequel

        dezembro 11, 2011 at 2:25 am

        Prof, vi fotos suas na formatura da Duda. Que evento, hein? Ela tava linda!

         
        • Proftel

          dezembro 11, 2011 at 11:21 am

          Quequel:

          A moça estava linda e animada aliás, a nossa mesa era a mais animada (meio por conta d’umas “skór” que levei no colete e ficou mais ainda quando o cara do “disk-cerveja” deixou um fardo de latinhas estupidamente geladas na cozinha do “buffet”) kkkkkkkkkkkkkkkkkk.

          O garçon é amigo do namorado da Carol (mãe da Duda), Há uma foto do Renan com a Duda que ficou linda também, não sei se a patroa colocou no Facebook.

          🙂

           
  10. surfando na jaca

    dezembro 10, 2011 at 2:43 pm

    Prezado Patriarca, insisto em lhe recomendar também o livro do David Harvey, o enigma do capital. Por exemplo, o autor relaciona a questão da precarização dos salários e do Estado do bem-estar social à acumulação capitalista da fase neoliberal, tendo como consequência o endividamento das famílias dos trabalhadores para que o próprio capital pudesse harmonizar a elevação da exploração da mão de obra com o consumo, impedindo que a queda salarial inibisse a produção. É um bom livro.
    Prosseguindo, se os traços do rebaixamento da renda dos trabalhadores e o endividamento dessas famílias são novos paradigmas da economia globalizada, é fácil concluirmos com o autor que esse modelo, que aprofunda tremendamente a diferenciação de renda dos mais ricos, chegará a um término catastrófico: o consumo entravado pelo endividamento dos consumidores, falências dessas famílias e, consequentemente, de seus credores (bancos e financiadoras) numa crise inédita do capitalismo, por sua violência e impacto duradouro. Dá o que pensar!

     
    • Patriarca da Paciência

      dezembro 10, 2011 at 7:37 pm

      Grato Surf,

      pelo resumo que você faz, o livro deve ser muito bom mesmo. Vou procurá-lo.

       
  11. JOSE MARIO HRP!

    dezembro 10, 2011 at 1:52 pm

    Bom amigo Alex Proftel , por favor, caso alguém com o nick Felipe deixe colocado algum comentário no blog, por favor tire da moderação, pois será meu filho no Japão, onde foi assistir o mundial de clubes!
    Foi um dos jeitos de nos comunicarmos que achei , além da rede social ou web cameras.
    Boa tarde, Santos!

     
    • surfando na jaca

      dezembro 10, 2011 at 1:56 pm

      Vou torcer pelo Santos. Seria mais um título mundial. Bonito pacas.

       
      • JOSE MARIO HRP!

        dezembro 10, 2011 at 2:35 pm

        Não levo muita fé, mas se vier o título seria demais!

         
  12. surfando na jaca

    dezembro 10, 2011 at 1:13 pm

    Sou citado na wikipédia em inglês e esse ginecologista histórico fracassado vem encher meu saco, com essa escrita arrevesada!

     
  13. surfando na jaca

    dezembro 10, 2011 at 12:55 pm

    Triste figura que amarga a o descaso público com seu trabalho. Um tupinambá afrancesado e fracassado. Uma triste figura que o Brasil do governo popular vai esmaecendo de vez do cenário político do país. Esses vendilhões da pátria estão em vias de extinção. Os brasileiros recuperaram o orgulho patriótico com a justiça social sendo prioridade do governo popular. Aprende FDA Close!

     
  14. surfando na jaca

    dezembro 10, 2011 at 12:50 pm

    Corrigindo, para não parecer um FDA escrevendo na língua pátria:
    Ora bolsa, o afrescalhado FDA veio tirar onda com meu vinho. O Brasil produz vinhos razoáveis e boas cervejas. Desse assunto acho que entendo um pouco por ter viajado por alguns países e estudado na Califórnia, onde se fabricam excelentes cervejas, das quais o velho bagual nunca deve ter tido notícias. Tudo bem, não me constrangeria ser tomado como classe C ou D. Tanto faz, acho que se vivo de meu trabalho, sou um cidadão honrado e não é por minha culpa que não nasci em berço de ouro revestido de pelúcia e outros mimos, tal qual a FDA Close. Muito mais honrado do que aqueles que viveram nas fímbrias da ditadura, como cogumelos danosos à sociedade e sem mérito algum, a não ser o da conivência política com aqueles que administraram o regime civil e militar de 64, e assim abocanharam seus títulos. Vejo que pelo seu rancor com o Brasil, expressa uma decadência moral e de espírito. És um triste ser, desses saídos de algum filme de Buñuel, um daqueles padres corruptos do surrealista espanhol.

     
    • surfando na jaca

      dezembro 10, 2011 at 12:51 pm

      E ainda saiu errado: Ora, bolas!!!!!

       
  15. surfando na jaca

    dezembro 10, 2011 at 12:47 pm

    Ora bolsa, o afrescalhado FDA veio tirar onda com meu vinho. O Brasil produz vinhos razoáveis e boas cervejas. Desse assunto acho que entendo um pouco por ter viajado por alguns países e estudado na Califórnia, onde se fabricam excelentes cerveja, das quais o velho bagual nunca teve notícias. Tudo bem, não me constrangeria ser tomado como classe C ou D. Tanto faz, acho que se vivo de meu trabalho, sou um cidadão honrado e não é por minha culpa que não nasci em berço de outro revestido de pelúcia e outros mimos tal qual a Penélope FDA. Muito mais honrado do que aqueles que viveram nas fímbrias da ditadura, como cogumelos danosos à sociedade e sem mérito algum, a não ser o da conivência política com aqueles que administraram o regime civil e militar de 64, e assim abocanharam seus títulos. Vejo que pelo seu rancor com o Brasil, expressa uma decadência moral e de espírito. És um triste ser, desses saídos de algum filme de Buñuel, um daqueles padres corruptos do surrealista espanhol.

     
  16. Patriarca da Paciência

    dezembro 10, 2011 at 11:10 am

    Robertão,

    e o coitado do FDA ainda não sabe que o Brasil é hoje um grande produtor e exportador de vinhos, sendo inclusive um fabricante de ótimos espumantes, reconhecidos em todo o mundo como de ótima qualidade.

     
  17. JOSE MARIO HRP!

    dezembro 10, 2011 at 11:09 am

    Se achar trago aqui um texto de um brasileiro, engenheiro, que prestou serviços a uma estatal vietnamita e o que ele descobriu sobre o “amor” dos vietnamitas” por seus antigos colonizadores franceses e as sequelas deixadas por seus atos “maravilhosos no Vietnam!
    Tem muito a ver com essa “impafiazinha” almofadinha e organizada do FDA!

     
  18. JOSE MARIO HRP!

    dezembro 10, 2011 at 11:06 am

    Respostinha básica dada lá no outro post:
    “FDA, se voce pudese imaginar o que eu sinto em relação a europeus, norte americanos e seus sabujos diria que sou bem mais doente do que se pode imaginar!
    Também não sei o que voce pensa do Brasil . só imagino, mas é bom que voce esteja aí na Europa, porque aqui voce só seria mais um remelento e reclamão maldizendo os que votaram na Dilma, ….só mais um dos milhões de chatos e recalcados de plantão!
    Coloque seu casaquinho de pele de coelho e vá mesmo patinar no lago!
    KKKKKKKK….
    AH!, “ve” se passa uma colonia forte antes , que ninguém merece bodum de pouco banho!”

     
  19. robertao

    dezembro 10, 2011 at 10:54 am

    como diz o FDA, o Brasil é conhecido como terra de quem vai pra fora mete casaco de pele de “chinchilla blanc”e acha que é primeiro mundo. a gente larga o 3º mundo, mas ele não larga a gente. tá no ID.

     
  20. JOSE MARIO HRP!

    dezembro 10, 2011 at 10:50 am

    O FDA comeu uns cogumelos envenenados?
    Rapaz!, o cara tem alguma mágoa com o Brasil!
    Aliás pinta aí uma depressãozinha???

     
  21. FDA

    dezembro 10, 2011 at 9:47 am

    Proftel!

    Parabéns, “Bravo” pelo “Open do Robertão”!

    Vai para o trono como o melhor de todos os open de seu blog…

    Foi um luxo, CQFD……….

    Adeus pobreza, adeus classe C sofrida…Vou esquiar, esta fazendo um dia maravilhoso e meu casaco de pele de “chinchilla blanc” esta me chamando para sair…

    Fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiimais de 1re classe…….

     
    • JOSE MARIO HRP!

      dezembro 10, 2011 at 10:47 am

      Fala sério!

       
  22. Patriarca da Paciência

    dezembro 10, 2011 at 9:41 am

    FDA,

    Machado de Assis, o maior escritor da língua portuguesa, não tinha sequer o ginásio completo.

    Platão, Aristóteles, São Pedro, Jesus Cristo e muitos outros grandes lumes da humanidade, sequer frequentaram algum colégio.

    Já o Bush, é formado em famosa universidade norte-americana.

    Por aí se tira o seu raciocínio torto.

    Você não passa de uma cara que vive a comer sardinha e arrotar caviar.

     
  23. FDA

    dezembro 10, 2011 at 9:30 am

    O síndrome da pobreza ou da classe C

    É foda… O Brasil é conhecido por não ter nenhuma tradição de “oenologie”..

    Mais o neguinho da classe c, não perde a pose: vai “selecionar o vinho de sábado” kkkkkkkk

    Ora, bolas, por que o pobrezito não vai selecionar um bom “cauim”, uma boa cachaça ou um porcaria de cerveja que esse pais tem por ai..

    Ai , sim, pelo menos o sujeito seria mais credível..kkkkkkkkkkkkkk

    Pobre é pobre e não tem jeito de mudar esse determinismo social…

     
  24. FDA

    dezembro 10, 2011 at 9:21 am

    Caro Patriarca,

    Não me surpreende que vc seja “formado em faculdade noturna”!

    Alias que qualquer brasileiro seja formando em uma Faculdade brasileira não surprende ninguem: o Brasil é conhecido no mundo inteiro pelo famos slogan: Na faculdade que paga entra..

    Vai ver que por ser formado em faculdade noturna vc tem uma dificuldade enorme de ver claro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Tudo se explica…kkkkkkkkkkkk

     
  25. Patriarca da Paciência

    dezembro 10, 2011 at 9:16 am

    ” Vc é un hermeneuta por acaso? Vc é um psiquiatra do virtual? Vc é um investigador do net? Un profile do net?”

    FDA,

    o Patriarca da Paciência é apenas um personagem virtual e pretende continunar sendo.

    Como personagem virtual, é um cara formado em faculdade noturna, mas que leu muito livros e… os entendeu.

    É fã de Platão, Aristóteles, Voltaire, Spinoza, Dostoievski e… principalmente, Sócrates.

    E aí, você já tem alguma resposta para aquele famoso questionamento de saber o porquê dos gajos lusitanos ficarem tão interessados nas vergonhas altas e saradinhas da nativas das terras de Pindorama?

    É uma questão muito importante.

    Merece reflexão.

     
  26. surfando na jaca

    dezembro 10, 2011 at 9:16 am

    Prezado Patriarca, insisto em lhe recomendar também o livro do David Harvey, o enigma do capital. Por exemplo, o autor relaciona a questão da precarização dos salários e do Estado do bem-estar social à acumulação capitalista da fase neoliberal, tendo como consequência o endividamento das famílias dos trabalhadores para que o próprio capital pudesse harmonizar a elevação da exploração da mão de obra com o consumo, impedindo que a queda salarial inibisse a produção. É um bom livro.

     
    • Patriarca da Paciência

      dezembro 10, 2011 at 9:22 am

      Caro Surf,

      Voltaire dizia que muito livros podem ser resumidos num único parágrafo – o resto é puro comentário.

      A coisa é mais ou menos como música clássica. O compositor apresenta um tema que dura em média um ninuto, um pouco mais ou um pouco menos.

      Depois faz a apresentação desse mesmo tema nas mais diversas formas.

      Você conseguiu resumir o livro magistralmente.

      De qualquer forma irei lê-lo.

       
  27. FDA

    dezembro 10, 2011 at 9:15 am

    É verdade,

    “Muitas vezes a concisão de escrita é sinal de elegância” ou quem sabe de pura ignorância, ou quem sabe de analfabetismo mesmo..

    Afinal, o Brasil esta entre os países que mais sofrem do analfabetismo escriturário, e nem vou falar do analfabetismo intelectual, o exemplo mais fragrante aqui e o Patriarca da Paciencia, un periquitinho psitacista que repete tudo que seu mestre Male ALPHA escreve ou afirma..Ele é capaz de fazer tudo que seu mestre mandar… ééééééééééééééééééééééééééé

     
  28. robertao

    dezembro 10, 2011 at 9:08 am

    gracias, surf!

     
  29. FDA

    dezembro 10, 2011 at 9:06 am

    Que bom, Patriarca da Paciência..

    Que o FDA te faça lembrar “muito aquelas figuras patéticas, personagens nascidas da pena magistral de Doistoievski, que ficam sempre a arrotar uma grande importância que ninguém leva a sério ou acredita”..

    Pelo menos o FDA te serviu a alguma coisa: de consientizar que talvez vc não é um Alzheimatico.. que não tens o Mal de Alzheimer ou a Doença de Alzheimer, das pessoas que se dão importancia e não são, daqueles que ninguem leva a serio ou acredita…

    Pelo menos o FDA Jà te serviu a alguma coisa!

    E vc, vc jà se sentiu UTIL para algo? OU continuas a perder teu tempo com futilidades e boboseiras?

     
  30. Patriarca da Paciência

    dezembro 10, 2011 at 8:48 am

    Robertão,

    o FDA me diverte muito também, sempre arrotando uma grande “importância”.

    É a típica história do cara que come sardinha e arrota caviar.

     
  31. surfando na jaca

    dezembro 10, 2011 at 8:48 am

    Muitas vezes a concisão de escrita é sinal de elegância. Entre um comentário laudatório e histérico de inveja, do FDA, e uma tirada simples twitteriana do Betão, claro que escolheremos pelo humor tranquilo do último. Esses alpes suíços do FDA devem ser um tobogã de casca de bananas. Pois é, FDA, vc. escorregou de novo na mantilha. Cuidado para não cair em cima do seu male alpha, ou quem sabe, deixe cair e curta sua praia de Copacabana. Eu aqui vou selecionar o vinho de sábado e desejar uma boa peixada para o HRP e à família Proftel, companheiro sempre generoso com todos, a não ser com os sebosos que aparatam por aqui, vez ou outra. Valeu pelo open do Betão.

     
  32. Patriarca da Paciência

    dezembro 10, 2011 at 8:45 am

    FDA,

    você me lembra muito aquelas figuras patéticas, personagens nascidas da pena magistral de Doistoievski, que ficam sempre a arrotar uma grande importância que ninguém leva a sério ou acredita.

     
  33. robertao

    dezembro 10, 2011 at 8:44 am

    O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel subiu no telhado.

     
  34. robertao

    dezembro 10, 2011 at 8:43 am

    as vezes ate entendo…

     
  35. robertao

    dezembro 10, 2011 at 8:42 am

    eu me divirto, patriarca.

     
  36. FDA

    dezembro 10, 2011 at 8:37 am

    Patriarca da Paciência

    Sinceramente pra que “exercitar” sua “paciência” para tentar entender o que o FDA quer dizer com “seu patuá tão complexo”? Vc é un hermeneuta por acaso? Vc é um psiquiatra do virtual? Vc é um investigador do net? Un profile do net?

    Que saiba não! Oriente sua peciencia, se é que vc tem uma, para algo de UTIL!

    O opem é do Robertão..E não do FDA ou vc esta incomodo?

    Portanto recolha-se a sua insignificância..

     
  37. FDA

    dezembro 10, 2011 at 8:29 am

    Robertão..

    Que o FDA esteja a St Moritz é fato..

    Que vc pretenda que o FDA venha “ao Rio pra paquerar Travesti” é uma leitura interpretativa pervertida que diz muito de sua pessoa…

    Quem esta interessando aqui de saber se a “Roberta close operou” ou não? Quem esta interessado aqui de saber se seu nike name”tragar” boas ou más lembranças?

    Na boa, Robertão, para um bom leitor um termo basta…Portanto posso afirmar com convicção que com un dos seus comentários, jà sei muito mais sobre vc que vc sabe mesmo sabe ou que vc mesmo ignora..

    O Proftel esta lhe fazendo uma bela homenagem, apesar de vc não ter feito nenhum pedido… Mas na boa, na abaixe o nível de seu opem, vai…

     
  38. Patriarca da Paciência

    dezembro 10, 2011 at 8:20 am

    Vou exercitar minha paciência ao máximo e tentar entender o que o FDA quer dizer com seu patuá tão complexo, (ou será patois sem nexo ?, afinal o “homem” mora em França, coisa que a muitos balança.

    Irei ruminar palavaras tão raras e algum sentido tirarei, juro que isso farei, se para tanto me prover “engenho e arte”.

     
  39. robertao

    dezembro 10, 2011 at 8:00 am

    De St Moritz, Tú vens ao Rio pra paquerar Travesti! se bem que a Roberta close operou… porem vejo que a coisa marcou profundamente, pois não te olvidas…Sinto que meu nome trouxe boas lembranças.

    …Uma maravilha de pequena carioca cena
    Super vitamina dos reflexos, tão complexos de ambos
    os sexos.

    Tão quente que o sol se rescente, seus raios batem
    palmas pra ela que acende um cigarro no corpo
    dar um close nela.”

     
  40. FDA

    dezembro 10, 2011 at 6:53 am

    Ainda bem…

    Que en “jet prive” Paris – St Moritz est rapidinho..Não poderia perder , mas por nada nesse mundo o « open ao Robertão”..Afinal tenho uma tese a zelar!

    Ou Robertão é o modelo tipico do Homus “Geek”, ou seja, o tipo mesmo de comentarista que só sabe utilizar um tipo de pensar e escrever: o reide neuronal sintética. OU é qualquer comentarista…A questão é então de saber quem é esse qualquer?

    Visto que o miserável só pode se expressar de maneira “twitteriano”, ou seja, o sujeito escreve uma frase pra nada.. E como o nada deste Geek jà é muito, o muito já é demais..O Opem esta me fazendo morrer de rir…….

    Verificação da tese:

    Frase 1) “aí, Proftel, obrigado pelo open, valeu”! E como o Geek se preocupa unicamente com digitação, o Robertão sabe até o n° 144 caracteres utilizados..Uaooooooooooo!!!

    Quando o neurônio trava é uns delírio.. “Homus “Geek” Robertão diz “gente a “Albinha não morreu. não, não morreu”. Só virou sacerdotisa e mestra na ilha de Delfos, Sacerdotisa de Apolo”.. Pura linguagem “sibylline »..

    Por falar em Linguagem “sibylline » o nick name « Robertão” me fez lembrar de uma historinha muito engraçada..Nos anos 80 fui em missão no Brasil. Um pais da Europa estava sentindo vim o fin da Ditadura e mandou “pesquisadores” no campo ver como as coisas se passavam na cabecinha desmiolada dos tupiniquins..

    Chegando lá a primeira coisa que quis fazer foi tomar un chop no Copacabana Palace..No calçadão de Copacabana vi uma mulher belíssima sendo levada por homens musculosos até o mar, tomar seu banho e sai carregada pelos ditos homens.. Achei aquilo estranho:
    Perguntei a meu informador: mas por que mulher tão linda, tão maravilhosa é essa..Ela não quer pisar na areia de uma das praias mais famosas do Mundo..O informador caiu na gargalhada e disse-me: Essa mulher não é uma mulher mais um Homem..

    Se Chama Roberta Close ou melhor Robertão, para os íntimos..

    Dai a questão: Sera que entre Tirensia, “Sacerdotisa de Apolo” e Robertão não existiria uma algo a desvendar..kkkkkkkkkkkkkkk

    Pobre coitado do comentarista Robertão, caiu na armadilha do Proftel… Muy amigo, tão bonzinho esse Proftel…Vai fazer esforços Surhumanos, diria Nietzsche, para responder as perspectivas do muy amigo Proftel…

    Claro que Robertão não é obrigado à nada.. Mais o miseravel Robertão entre a cruz e a espada, entre Robertão daqui do blog e Robertão là de Copacabana muita onda pode rolar…

    Vamos conferir…KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

     
  41. robertao

    dezembro 10, 2011 at 4:10 am

    aí, Proftel, obrigado pelo open, valeu, homem… grande homenagem sua e do FDA, com uma lauda enorme, mas consegui ler (pô, mais de 144 caracteres!). Quanto aos DDHH, no bar do Juca todos são iguais, desde que paguem a marvada que tomarem…
    Mas gente, a Albinha não morreu. não, não morreu. Só virou sacerdotisa e mestra na ilha de Delfos!

     
    • robertao

      dezembro 10, 2011 at 4:17 am

      Sacerdotisa de Apolo.

       
  42. FDA

    dezembro 10, 2011 at 3:35 am

    Creiam-me ou não..

    Esse blog esta cada vez mais muito engraçado, hilariante…

    O Proftel decidiu de abrir um “open ao Robertão”. Que assim seja, Por que não. Afinal se abriu um para o FDA, por que não abrir para qualquer outro comentarista! Bom, poderia fazer aquela linha: o Robertão não participou do opem do FDA não veria por que então participar de seu open..

    Como sou e não sou rancoroso.. Decidi de participar por que acho que o Proftel tem lá suas razões pra dar esse opem ao Roberdão, que a própria razão ignora. Me explico:

    Se o Proftel afirma que o “Robertão é um cara maneiro” gostaria muit que ele me explicasse de onde ele tira essa “impressão”..Ora, ora FDA, é o direito individual do Proftel:

    Não é o artigo VI do DH que afirmam que “Toda pessoa tem o direito de ser, em todos os lugares, reconhecida como pessoa perante a lei” logo o Proftel tem o direito de achar o Robertão “maneiro”! Poxa, como o FDA é de má fé…

    Não somente o Proftel tem o direito de achar que o Robertão é um SER “maneiro” mais de expressa-lo:

    Afinal, não é Artigo XIX que diz que “toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras”!

    Digo e reafirmo: o Proftel tem tem tanta razão de fazer um “opem para o Robertão que a própria razão ignora..

    Alias, o Robertão “não fala muito”..Tai uma outra boa razão: a “boa consciência” do Proftel!

    Ora, se o cara “não fala muito” é logico que agora ele tem toda a liberdade de falar muito ou quase nada! Esse FDA é mesmo o canalhão…

    Mas como toda liberdade implica uma forma de contrariedade, imaginamos que minha hipótese seja verdadeira: o Robertão é uma espece de Homus que só sabe utilizar um tipo de pensamento e linguagem sintético: o “twitteriano”, ou seja, o sujeito escreve mais não dar à entender nada!

    O Pobre, coitado do comentarista Robertão vai fazer esforços Surhumanos, diria Nietzsche, para responder as perspectivas do Proftel…Claro que ele não é obrigado! Mais ou responde ou ignora os comentários…Pobre Robertão entre a cruz e a espada vai ter que escolher…kkkkkk

    Outra razão do Proftel é que o Robertão “não se mete em brigas, dá uns “pitacos” (como dizia a finada “Alba”)”..

    Ai digo: para tudo. Neste tipo de razão, o Proftel faz um lapso revelador! Afinal não é nem bem comparar o Robertão com a finada Alba, a não ser que o Proftel queira dizer simplesmente que o Robertão é um gênero de “zumbi”, morto vivo.. Mas como o Proftel é “gentil” , emotivo, ele seria incapaz de pensar em uma coisa como dessas, não é mesmo?

    Por falar na emotividade do Proftel, ele reitera “detestar” os “Direitos Humanos”! Eu, sinceramente não vejo por que tanto ódio com tais Direitos..Tentei até fazer uma pequena demostração que ele não tem razão para detestar tanto os DH visto que ele usa e abusa de tais direitos…

    Afinal, não é o Proftel que afirma aqui que “gostaria deixar bem claro: aqui (no blog) somos todos iguais”..Por que então detestar os Direitos Humanos se o art.1 dos Direitos Humanos que afirma que:

    “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade”? O palavra chave aqui é IGUAIS, viram..

    Sei não, viu..Ou o Proftel tem um problema de “entendimento”, e o Robertão problemas de pensamento e linguagem sintético “twitteriano”? Pra que tanto odio Proftel?

    O FDA so esta mais uma vez com “picuinhas”!

    Fuiiiiiiii Robertão aproveitar da minha mansão..Mas nos Alpes suíços! (kkkk deu até rima)!

     
    • robertao

      dezembro 10, 2011 at 4:30 am

      esse tal de alpe é pros lado de japeri?

       
  43. Proftel

    dezembro 9, 2011 at 11:17 pm

    Segundo “Seu Miguel” de quem já falei várias vezes – um sírio radicado aqui em Goiás, tem nada a ver de “Guerra Civil” por lá, a coisa é mais ou menos como se o Brasil estivesse em crise e vários argentinos e bolivianos adentrassem nossas fronteiras atacando quarteis do Exército.

    Bom, foi isso que ele disse.

    Contou também que antes desse “quiprocó” ele falava com seus três irmãos e uma irmã ainda viva (ele faz questão de dizer que uma das irmãs se fué) era como ligar daqui prá Goiânia, a ligação era límpida, hoje em dia a ligação cai, é cheia de chiados (e vi as contas de telefone dele, dão prá pagar meu aluguel).

    De resto, ele tem um sobrinho que é capitão no Exército Sírio, tem informações privilegiadas. Seu Manoel confirmou que já foram prô saco mais de 4.000 por lá mas, nesse esquema: não são Sírios, é gente “páu mandado” com armas e munição da Turquia e outros países contíguos.

    Pessoal, vocês poderão me crucificar mas, acredito no Seu Miguel, a Síria está sendo ATACADA na cara dura, infelizmente.

    :-/

     

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: