RSS

Open do Compadre Brancaleone:

06 jan
 
83 Comentários

Publicado por em janeiro 6, 2012 em Uncategorized

 

83 Respostas para “Open do Compadre Brancaleone:

  1. Brancaleone

    março 22, 2012 at 1:30 pm

    Uns 10 bi de sapiens pululando pelo planeta.
    Muita gente.
    Vai faltar comida, água, energia, segurança, moradia etc. etc.
    Tamo no beco sem saída da espécie.humana.
    Os dinossauros já foram. Somos os próximos mas como vai demorar vou fazer exatamente como meus avós, pais e polítcos fizeram – ” As próximas gerações que se danem…”

    Sem ilusões nem romantismos.

     
  2. surfando na jaca

    janeiro 10, 2012 at 1:52 pm

    Caros amigos e amigas,

    essa questão vem me incomodando faz tempo. Não se trata de catastrofismo, embora seja. As corporações terão uma grande responsabilidade sobre isso. Em economia significa aumento dos custos de produção e no seu limiar, paralisação e fim de um modelo de civilização, a do petróleo.
    —————————————————–

    Um apagão eterno. Esqueça o micro-ondas, a televisão e o computador. Nada também de banho quente debaixo do chuveiro elétrico ou de ida de carro até o supermercado. Esse é o futuro se o mundo não começar a investir pesado em fontes alternativas de energia. Claro, isso tudo é um exagero, e a situação do Brasil é bem menos desesperadora. No entanto, o alarme para o fim da disponibilidade de combustíveis fósseis já soou e nos coloca frente a uma importante questão: o que é preciso fazer para não ficarmos sem energia no futuro?
    Agora, indicam os especialistas, é hora de pensar nas fontes sustentáveis de energia. “Não tem outro caminho senão investir nas fontes renováveis e na maior racionalidade no consumo de energia”, diz Luiz Augusto Horta Nogueira, professor titular do Instituto de Recursos Naturais da Universidade Federal de Itajubá e consultor das Nações Unidas em temas energéticos. Atualmente, a matriz energética do Brasil é singular se comparada ao panorama mundial. Ao redor do planeta, cerca de 80% da energia é oriunda de combustíveis fósseis. Aqui, esse percentual é de 54%, enquanto o restante é obtido por meios renováveis. O quase equilíbrio atingido pelo Brasil nos coloca em uma situação mais confortável, mas ainda não suficientemente independente. “Se continuarmos assim, até 2050 as reservas de pré-sal descobertas nos últimos anos terão acabado”, destaca Horta.
    Investir em apenas uma fonte alternativa, entretanto, não é a saída, aponta Júlio César Passos, professor do departamento de engenharia mecânica e coordenador do programa de pós-graduação em engenharia mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina. Para o também pesquisador dos Laboratórios de Engenharia de Processos de Conversão e Tecnologia de Energia da universidade (LEPTEN), o país deve investir em uma matriz energética diversificada. “O Brasil ainda depende demais de fontes hídricas. Mais de 80% da energia elétrica do país é gerada por esse tipo de fonte”, alerta o professor. A dependência de apenas uma fonte é prejudicial ao País, mesmo que essa fonte seja abundante, como no caso da água. Apesar de não explorarmos todo o potencial hídrico do território brasileiro, não podemos ficar dependentes dos reservatórios. Se ficarmos, o risco de blecaute total é bem presente. “Não existe meios de armazenarmos energia elétrica em grande quantidade para épocas de redução dos reservatórios, como é o caso do verão. Por isso é necessário o racionamento de energia nos períodos mais secos”, explica.
    Para os próximos anos, Passos aponta para o crescimento da utilização da biomassa, por meio do biocombustível. “É a menina dos olhos do governo”, declara. Segundo o professor, o País tem o conhecimento necessário, a tecnologia já está disponível e a logística – basicamente, a rede de postos de abastecimento e distribuição – já está instalada no País. Mas Horta diz que espera o crescimento da energia eólica, que deve ter sua capacidade instalada no Brasil multiplicada por seis. De mil megawatts produzidos hoje a partir da energia eólica, a expectativa é que chegue a 6 mil até 2015.
    A energia solar também irá ganhar mais destaque no cenário energético nacional, afirmam os pesquisadores. “Até o empresário Eike Batista investiu nisso”, comenta Passos. A usina MPX Tauá, inaugurada pelo empresário, fica a 337 km de Fortaleza e tem capacidade para gerar um megawatt de energia, o suficiente para atender 1,5 mil famílias. O empresário promete que esse potencial energético irá dobrar em 2012. Para a inauguração da primeira usina de energia solar em escala da América Latina, Eike investiu R$ 10 milhões e utilizou mais R$ 1,2 milhão concedidos pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Sim, é bem caro. O custo inicial, aliás, é o que impede, por enquanto, a popularização desse tipo de energia. Para Passos, o ideal seria seguirmos o exemplo da China, que reduziu os impostos e incentivou a produção por meio de subsídios às fábricas.
    Saiba mais sobre as quatro fontes de energia apontadas pelos especialistas como as apostas para o futuro:
    Energia hidráulica
    É a mais presente no Brasil. É obtida por meio de turbinas hidráulicas acionadas pela força de uma queda d¿água. São classificadas em dois grupos: usinas hidrelétricas (UHE) e pequenas centrais hidrelétricas (PCH), com maior e menor capacidade de produção e reserva de água, respectivamente.
    – Vantagens: fonte de energia renovável e confiável; pode contribuir positivamente para os chamados usos múltiplos – abastecimento de água, navegabilidade, irrigação, turismo, lazer, pesca e outros projetos regionais de desenvolvimento; o custo final da energia, com operação e manutenção, é atrativo, mesmo com os custos ambientais e sociais internalizados.
    – Desvantagens: dependendo do projeto, pode ocorrer perda de área de terra e de biodiversidade; alteração do microclima; alteração da fauna e da flora; alterações no regime e na qualidade da água; risco de rompimento de barragens; expulsão de populações e perda do equilíbrio socioeconômico local; necessidade de grandes volumes de capital.
    Energia eólica
    É conseguida com a energia do vento, que movimenta um rotor de hélice ou multipás, que, por meio de um sistema mecânico de transmissão, aciona um conversor (gerador elétrico). O conjunto todo é o que conhecemos como aerogerador. Atualmente, os parques eólicos são responsáveis pela produção de mil megawatts de energia.
    – Vantagens: fonte de energia renovável; não emite poluentes; o custo final vem caindo.
    – Desvantagens: depende do regime de vento e, por isso, deve ser usada em combinação com fontes mais constantes; quando de pequeno porte, necessita de um conjunto de baterias para armazenamento da energia; pode causar interferências eletromagnéticas nos sistemas de comunicação; eventualmente poluição sonora; morte de aves e interferência em suas rotas migratórias.
    Biomassa
    É conseguida por meio da queima de derivados recentes do processo da fotossíntese, como a lenha e os produtos da cana-de-açúcar, responsáveis por quase 30% da produção total de energia no Brasil.
    – Vantagens: fonte de energia renovável; baixo custo da energia gerada; representa disposição, tratamento, destinação e reciclagem dos resíduos de natureza biológica.
    – Desvantagens: para viabilizar o projeto é necessário garantir um volume mínimo e a proximidade da fonte de biomassa; há o risco de competição pelo uso da terra: emissão de CO2 e NOX e partículas; disputa da área plantada, que poderia ser reservada para o cultivo de alimentos.
    Energia solar
    É dividida em dois tipos: térmica e fotovoltaica.
    Energia solar térmica (heliotérmicas): O gerador elétrico é acionado por turbina a vapor, que é acionada indiretamente pelo calor liberado pelos raios solares. – Vantagens: baixo impacto ambiental; fonte de energia renovável; não emite poluentes; adequada para suprir eletricidade para pequenas cargas, onde não há viabilidade econômica para a extensão da rede elétrica
    – Desvantagens: grande volume de investimento para implantação de plantas com porte comercial; poucas linhas de crédito privadas disponíveis.
    Geração fotovoltaica: Conversão da energia existente nos fótons da luz solar em energia elétrica.
    – Vantagens: os painéis fotovoltaicos de silício já são uma tecnologia dominada. – Desvantagens: custo elevado, desenvolvimento comercial ainda depende de vantagens tarifárias por meio de políticas públicas.

     
  3. JOSE MARIO HRP!

    janeiro 10, 2012 at 7:19 am

    Policia gorda e truculenta manchando a USP com seu despreparo:
    http://brasil247.com.br/pt/247/brasil/34599/PM-agride-aluno-da-USP-e-intimida-com-arma.htm

     
    • surfando na jaca

      janeiro 10, 2012 at 10:09 am

      HRP, já havia previsto essa estupidez. Volto a afirmar que segurança de universidade se faz com segurança própria e não com PM. Em toda universidade é assim, só na USP que é diferente. Bom, o PSDB vai abrindo o bico em SP. O livro do Amaury Ribeiro foi o último prego do caixão do Serra.

       
  4. surfando na jaca

    janeiro 9, 2012 at 1:59 pm

    O Chico só fez show no Canecão, no Rio. Fora do Rio, sei lá. Gozado, não esteve no Rio Centro e nem na campanha das Diretas Já. O Sérgio Ricardo, sim. Acho que ele evita multidões, não gosta nem de fazer shows. No Brasil, não me lembro de nenhuma apresentação pública do Chico e de graça. Mas posso estar errado. Sempre evitou a Rede Globo, mas acabou fazenda a série de programas Chico e Caetano, que foi o ponto máximo da programação da Poderosa. Bom, sei lá, mas é o maior compositor da MPB de todos os tempos e deixa um rol de canções inesquecíveis e inigualáveis. Ele e o Vinícius elevaram a poética da MPB aos píncaros. Deve dar uma inveja de lascar nesses direitobas empedernidos! Se não usou seu prestígio para manifestações públicas contra a ditadura, foi um dos mais censurados por ela. E fez alguns dos hinos de resistência ao regime civil-militar (Apesar de você, Meu caro amigo, Vai passar etc.). É uma unanimidade, uma das poucas no Brasil.

     
  5. robertao

    janeiro 9, 2012 at 4:52 am

    o open do Compadre Branca virou quase um open do Chico. maravilha! com certeza ele também é fã.

     
  6. Brancaleone, Broncão para os chegados...

    janeiro 8, 2012 at 11:55 pm

    E eu que sempre pensei que um dia Chico Buarque faria uma turne gratuita por Cuba, já que sempre se considerou comunista…
    Como sempre digo, tem certos comunistas que são comunistas mas não são burros – são pucos, raros até, mas existem…
    Chico é um deste comunistas inteligentes…

     
    • surfando na jaca

      janeiro 9, 2012 at 12:31 am

      O Chico já cantou em Cuba, mas não é um sucesso por lá. Aliás, completamente bêbado, segundo testemunhas.

       
      • surfando na jaca

        janeiro 9, 2012 at 12:36 am

        Bem que podia fazer uma apresentação popular de grátis. Talvez vc. tenha meia-razão nisso.

         
        • JOSE MARIO HRP!

          janeiro 9, 2012 at 8:57 am

          Será que ele já fez e voces não sabem?
          Veja lá!

           
  7. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 9:13 pm

    Dica da Tia:

    🙂

     
  8. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 8:49 pm

    Um resto de coisa interessante aos cariocas:

    🙂

     
  9. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 8:17 pm

    Pessoal, vou nessa, até quarta-feira de noite.

    Bração prôceis.

    🙂

     
  10. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 5:45 pm

    Segundo a patroa, ela está “grata” por ter se lhe apresentado de novo ao Chico Buarque, várias músicas postadas aqui foram parar no Facebook dela.

    Não tenho medo do cara em relação à patroa, ela não faz o tipo nem eu sou candidato a dupla sertaneja kkkkkk.

    De boa.

    Curtam as músicas, só isso basta.

    🙂

     
  11. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 5:33 pm

    Dois do Chico Buarque, Injuriado primeiro:

    🙂

     
    • Proftel

      janeiro 8, 2012 at 5:35 pm

      Chico Buarque, a segunda: Sinhá

      🙂

       
  12. surfando na jaca

    janeiro 8, 2012 at 3:56 pm

    É o dilúvio e uma frente fria se aproxima do Rio. Obrigado pelo convite, Proftel. Só falta um tsunami no Rio. O melhor é fugir para o sul,onde não chove nem a pau. Vc. tem razão e já descobri isso há tempos. Igrejas e intermediários de Deus só aceito com procuração dele assinada em três vias e reconhecida em cartório. Infeliz dos que precisam de intermediários para a sua fé. Existe uma passagem bíblica em que é dito claramente que Deus não habita templos, que é onipresente etc e tal. Quem quiser que abra a bíblia e acredite se quiser.

     
    • Proftel

      janeiro 8, 2012 at 5:37 pm

      Surf:

      Não vá prô Sul nem a páu, é de lá que vem a bagaça, procure algum lugar acima de 1.000 metros de altitude, só isso.

      🙂

       
  13. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 2:05 pm

    Chico Buarque está lançando novo disco e está em turnê.

    Creio que todos (as) aqui sabem que sou fã do cara, aqui vai uma “palhinha”, pelo jeito ele veião ainda tá “dando no couro” e, féliz!:

    🙂

     
    • Proftel

      janeiro 8, 2012 at 2:25 pm

      Outra:

      🙂

       
    • surfando na jaca

      janeiro 8, 2012 at 2:48 pm

      E no couro da Thaís Gullin. Mais parece um bacalhau, mas o velhinho só pensa naquilo. Tá certo. O Chico é mil.
      A Hungria é um vexame total. Sai do stalinismo para o fascismo. Só regride. O Luiz Scupapinga vai querer se mudar para lá. Será que o Broncão também?

      O FDA deve estar muito amargurado. Solitário, pois só sabe xingar os outros.

      Proftel, meu irmão ligou avisando que a coisa está feia lá no sítio dele, na fronteira de Minas com o Rio. Chove sem parar. Fechou tudo e se mandou para cá.

       
      • Proftel

        janeiro 8, 2012 at 3:33 pm

        Surf:

        Sim, o Chico Buarque é mil!

        Posso não me ligar em futebol mas no que tange à música não arredo o pé, fã de carteirinha do Chico Buarque.

        Hungria é aquilo que falei, o maior medo dos gringos é ela abrir o jogo.

        Sinto pelo seu irmão, se ele lesse o que escancaro sobre clima por aqui talvez tivesse se preparado melhor, Domingo de madrugada quando cheguei avisei que a merda iria garrar, pelo jeito só o Robertão se tocou.

        De boa.

        Olha, outra coisa, você também se prepare, se essa cabeça de frente fria que estou monitorando desde a madrugada chegar aí, te passo o endereço aqui de casa, encha o tanque, jogue os documentos e os notebooks com alguma roupa no bagageiro e venha prá cá com Memento, irmão e tudo que tiver.

        A imagem da bagaça tá aqui, repare bem no canto inferior esquerdo:

        Se a merda garrar, não se acanhe, aqui a casa é grande e fome você não passa, a conexão te garantirá trabalho de boa a partir daqui. Não me preocupo com meus pais e meus filhos porque lá a coisa não pega tanto quanto no Rio de Janeiro/Espírito Santo, aquela “volta” que geograficamente quase configura uma baía continental protege o Porto de Santos.

        🙂

         
  14. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 1:22 pm

    Taí, a cada dia estou mais convencido de que “Igrejas” ou “religiões” são a mesma coisa e que não precisamos delas (quem tem fé conversa direto com o Pai, não precisa de intermediários).

    Dêem uma sacada nisso:

    “Publicado em 08.01.12 12:25 Última actualização 08.01.12 00:25
    Proeminente rabino Israel acusado de ter abusado sexualmente de menores
    Rabino Yaakov Deutsch alegadamente cometidos crimes sexuais contra quatro menores, dois meninos e duas meninas, da cidade de Afula.

    Por Eli Ashkenazi

    Rabino Yaakov Deutsch, um proeminente rabino da cidade de Afula no norte de Israel, foi indiciado no domingo por cometer crimes sexuais contra quatro menores, dois meninos e duas meninas.

    Segundo a acusação, que foi servido pelo escritório do advogado de distrito do norte em Nazaré District Court, Deutsch, que viveu em Afula de 40 anos e tornou-se uma importante figura local com um grande número de seguidores, abusou de sua posição para realizar uma série de crimes sexuais contra menores.

    As acusações incluem relações sexuais ilegais com o consentimento, sodomia e atentado ao pudor de uma menina de anos, quinze anos, atentado ao pudor de uma menina de treze anos, atentado ao pudor de um menino de treze anos, e atentado ao pudor de um 14 anos- menino de idade.

    Advogados rabino Deutch argumentam que as denúncias contra o rabino sessenta anos de idade são o resultado de behind-the-scenes atividade. “Sabemos que há pessoas que estão indo de casa em casa nas crianças da comunidade local convincente para reclamar contra o rabino,” disseram eles.

    “As queixas não foram criados em um vácuo”, disseram eles.

    Os advogados afirmam que o pai de uma das supostas vítimas foi pego roubando dinheiro arrecadado para caridade na instituição que dirige o rabino Deutsch, e que um número de outras pessoas que foram demitidos de seus empregos na instituição foram conspirando contra ele.

    Advogados do rabino também passaram gravações da polícia de conversas em que eles afirmam algumas das supostas vítimas negam o abuso, e que um terceiro tinha empurrado-los em alojamento sua denúncia.

    O caso foi revelado há um ano, quando foi detido pela Deutsch Afula polícia.”

    :-/

     
  15. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 12:02 pm

    No sudoeste do Chile está se formando uma frente fria de dar medo, estou acompanhando desde ontem.

    Se a Cordilheira dos Andes não barrar legal nós estaremos lascados, ouçam isso que estou dizendo hoje, oito de janeiro.

    Na velocidade que está, levará entre dez e doze dias pra chegar no Sudeste mas, vem forte, muito forte.

    Tô rezando prá que ela dissipe ou perca a força mas, sei não… .

    :-/

     
  16. surfando na jaca

    janeiro 8, 2012 at 11:17 am

    Pombas, FDA. Vc. ao invés de discutir o Zizek, vem de dor-de-corno. Infeliz quem? Bem que dizem que o que escrevemos fala mais da gente do que dos outros. Iniciei 2012 cheio de trabalho para dar conta. Nem deu tempo para me lastimar de qualquer coisa.

     
    • Proftel

      janeiro 8, 2012 at 11:57 am

      Surf:

      Até ouço de vez em quando o Charles Aznavour, no máximo umas três músicas.

      Aquela voz de “taquara rachada” realmente deprime, pra ouvir a obra toda do cara num apartamento a janela precisa ter grade de ferro senão o cara pula.

      hehe.

       
  17. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 11:08 am

    Pra entrar no clima do FDA:

    🙂

     
  18. Patriarca da Paciência

    janeiro 8, 2012 at 8:42 am

    Entrando no “clima” do FDA, Luzes da Ribalta, do genial Chaplin:

    Vidas que se acabam a sorrir
    Luzes que se apagam, nada mais
    É sonhar em vão tentar aos outros iludir
    Se o que se foi pra nós
    Não voltará jamais
    Para que chorar o que passou
    Lamentar perdidas ilusões
    Se o ideal que sempre nos acalentou
    Renascerá em outros corações

    Vidas que se acabam a sorrir
    Luzes que se apagam, nada mais
    É sonhar em vão tentar aos outros iludir
    Se o que se foi pra nós
    Não voltará jamais
    Para que chorar o que passou
    Lamentar perdidas ilusões
    Se o ideal que sempre nos acalentou
    Renascerá em outros corações

    Já dizia o velho Heráclito:

    “Tudo flui, nada permanece.”

     
  19. JOSE MARIO HRP!

    janeiro 8, 2012 at 7:40 am

    Bom dia srs. e senhoras!
    Sabado bonito e cheio de sol.
    Hoje não terei direito de cozinhar por que a minha velha está aqui…….sem direito a protestos!
    Mas falando de politica, olha só o que pinta lá pela Hungria!
    Podia ser pior?
    http://www.forte.jor.br/2012/01/06/a-hungria-e-o-fascismo/

     
    • Proftel

      janeiro 8, 2012 at 10:47 am

      HRP:

      Bom dia, gostei disso: “…Constituição húngara que acaba com a independência do Judiciário, da Suprema Corte e do Banco Central.”.

      Há muita gente nos EUA contestando o FED, desde que foi criado a economia dos EUA vem degringolando, li recentemente um artigo que prova por “a + b” que o dólar se lascou desde a criação do Banco Central de lá.

      Quanto ao Judiciário, se lá como cá, precisa mesmo é de alguém que bote ordem na casa.

      O grande medo dos EUA são as táticas e procedimentos militares que a Hungria tem acesso no âmbito da OTAN, só isso.

      Imagine numa situação de Guerra (a terceira) mundial, Hungria se aliando aos russos e entregando tudo que sabe, lascou, fodeu.

      hehe.

       
  20. FDA

    janeiro 8, 2012 at 4:30 am

    Tem comentarista

    Que parece estar em pleno delírio entediado:

    “FDA, vc. é um ranzinza que invalida toda e qualquer discussão”!!!!!!!!!!!

    Sugiro a esse comentarista de escutar essa música de Aznavour, bem apropriado a sua situação!

    Duas estrofes deveriam servir de reflexão a esse comentarista :

    “Par ma faute j’ai fait
    Le vide autour de moi
    Et j’ai gâché ma vie
    Et mes jeunes années »..

    Tradução aproximativa :

    Por minha culpa
    Criei o vazio em torno de mim..

    E gastei minha vida
    E meus anos de juventude

    Do melhor e do pior
    Descartando (sempre) o melhor…

    Ou essa estrofe:

    Hier encore
    J’avais vingt ans
    Mais j’ai perdu mon temps
    A faire des folies
    Qui ne me laissent au fond
    Rien de vraiment précis
    Que quelques rides au front
    Et la peur de l’ennui
    Car mes amours sont mortes
    Avant que d’exister
    Mes amis sont partis
    Et ne reviendront pas

    Tradução aproximativa :

    Ontem ainda
    Eu tinha vinte anos
    Mas perdi meu tempo
    A cometer loucuras

    (Loucuras) O que não me deixam, no fundo
    Nada de realmente concreto…

    Só algumas rugas na testa
    E o medo do tédio…

    Porque meus amores
    Morreram antes de existir..

    Meus amigos partiram
    E não mais retornarão nunca mais…

    Adeus, infeliz….

     
  21. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 2:27 am

    Agora sim, quase três e meia da matina, já lí o suficiente pra saber que provavelmente estamos todos lascados.

    Alguns se safarão, provavelmente os que frequentam aqui.

    Vou nessa – até agora a GVT não me desconectou conforme acordado, a patroa “apagou” e deixou o note tocando a Alfa-FM que tá muito bão.

    Manhã vorto aqui.

    Bração prôceis.

    🙂

     
  22. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 2:21 am

    O link não funcionou, vai aqui na bagaça direto:

    “Americanos, britânicos, israelenses e iranianos Sailing Navios de guerra Rumo Confrontation

    As tensões entre EUA, Israel, navios de guerra britânicos e iranianos
    Os EUA e Israel estão conduzindo seus maiores exercícios de sempre guerra combinada perto Iran. E ver isso .

    A Inglaterra é o envio de seu navio mais avançado – o HMS Daring – para a região.

    Apenas alguns dias depois de terminar seus jogos de guerra passado no Estreito de Ormuz, Irã anunciou outro conjunto de jogos de guerra em fevereiro.

    O que poderia dar errado?

    Fodeu!

     
  23. Proftel

    janeiro 8, 2012 at 1:10 am

     
  24. Proftel

    janeiro 7, 2012 at 10:30 pm

    Bom, segundo ligação telefônica da GVT na segunda-feira passada hoje, a partir da meia noite ficarei sem conexão, o lapso durará até quatro da manhã. A bagaça fará manutenção não sei onde e estou ciente e consciente, muito bem informado e até relevo quando isso acontece, de boa.

    Deixo com vocês um artigo do Haaretz, pensem o que quiserem, tirem suas conclusões – não colocarei mais fonte do Haaretz porque dalí um dia vai direto na página inicial, eles ao que parece deletam regularmente, não fica registro de nada- :

    “O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad está cortejando a América Latina em uma excursão de quatro nações a partir de domingo que vai deixá-lo tout algumas das poucas amizades do Irão, embora as tensões crescem sobre as ameaças do país para bloquear embarques de petróleo em retaliação a sanções mais rigorosas dos EUA.

    Seu governo se encontra em grande parte isolado no impasse sobre seu programa nuclear, e as novas sanções a segmentação do Banco Central do Irã e da indústria do petróleo provocou uma queda abrupta na moeda do país.

    Crescente do Irã laços econômicos com a América Latina poderia dar-lhe algum espaço para respirar das sanções, e, abraçando o presidente venezuelano, Hugo Chávez e seus aliados, Ahmadinejad também tem a chance de se juntar like-minded líderes na denúncia política externa dos EUA.

    “O Irã precisa de todos os amigos ele pode ficar, e quanto mais longe ele vai mais fácil parece ser para que ele seja capaz de encontrá-los”, disse Dan Plesch, diretor do University of London Centre de Estudos Internacionais e Diplomacia.

    Irã e Venezuela, ele disse, “procuramos fornecer apoio mútuo em face da agressão dos EUA percebido.”

    Será a quinta visita de Ahmadinejad à Venezuela, a ser seguido por uma viagem à Nicarágua para a posse de terça-feira do reeleito Presidente Daniel Ortega, e depois pára em Cuba e no Equador. Ahmadinejad tem sido a de todos os países antes, e parece a visita destinada a reforçar os laços com líderes que falar por Iran.

    Tensões têm vindo a aumentar o Irã alertou que poderia retaliar sanções dos EUA ao bloquear rotas de navegação no Golfo Pérsico. Uma grande parte do mundo tráfego petroleiro atravessa o Estreito de Ormuz, que corre ao longo da costa iraniana.

    Suzanne Maloney, um especialista da Brookings Institution, em Washington, disse que a decisão de Ahmadinejad para viajar agora indica o quanto é importante para mostrar que estão em casa e no exterior que o Irã ainda tem aliados.

    “É muito mais uma relação que é de cerca de propaganda, tanto quanto se trata de estratégicas e benefícios econômicos”, afirmou Maloney. “Mas, ao mesmo tempo, fica claro que o Irã tem buscado novos mercados e buscando novas relações econômicas.”

    Além da América Latina, o país tem poucos aliados confiáveis. Seu próximo parceiro Síria tem sido envolvido em violentos protestos, e outras grandes alianças são na sua maioria construídos sobre o comércio, tais como sua relação com a China, que precisa de petróleo iraniano.

    Chávez visitou o Irã nove vezes durante a sua presidência de 13 anos. O Irã tem retribuído através da formação de empresas conjuntas para a produção de automóveis e tratores na Venezuela. O Irã também ajudou na exploração de mineração e construção de habitação pública na Venezuela.

    Investimentos do Irã na América Latina mantiveram-se relativamente pequeno, mas sua crescente presença tem gerado preocupações em Washington.

    No ano passado, os EUA impuseram sanções ao petróleo da Venezuela empresa estatal para a entrega de pelo menos duas cargas de derivados de petróleo para o Irã. Em 2008, os EUA impuseram sanções ao Irã um banco de propriedade, em Caracas, acusando-o de dar apoio ao programa iraniano de armas.

    Os EUA e seus aliados acusam o Irã de tentar desenvolver armas atômicas sob o disfarce de um programa civil de energia nuclear. A França tem vindo a pressionar a União Europeia de impor sanções adicionais.

    Estado dos EUA porta-voz do Departamento Victoria Nuland disse sexta-feira que o governo do presidente Barack Obama quer que outros países insistem que o Irã pare desafiando os esforços internacionais para avaliar o seu programa nuclear.

    “Estamos fazendo absolutamente claro para os países do mundo que agora não é o momento de ser o aprofundamento dos laços, e não os laços de segurança, não os laços econômicos, com o Irã”, Nuland disse.

    Ahmadinejad nega as acusações dos EUA, dizendo que Washington está superando até acusações porque seu governo se recusa a se curvar aos ditames dos EUA. “Eles estão muito interessados ​​em colocar mais pressão sobre o Irã”, disse Ahmadinejad em uma entrevista de 12 de dezembro com Venezeulan televisão estatal. “Mas agora você pode ver que eles estão crescendo mais fraco o tempo todo, eo Irã é agora muito mais poderoso do que antes.”

    Os EUA acusam o Irã de patrocinar o terrorismo. Argentina também tem mandados para fora para a prisão de ministro do Irã de defesa e outros funcionários suspeitos de envolvimento no atentado de 1994, de um centro judaico em Buenos Aires, que matou 85 pessoas.

    Alguns especialistas e ex-funcionários dos EUA têm muito preocupado com a crescente do Irã missões diplomáticas na América Latina. Um relatório de 2009 para o Woodrow Wilson International Center for Scholars disse que o Irã historicamente tem usado suas embaixadas como bases para a Força Qods, o braço das forças especiais da Guarda Revolucionária do Irã, e os membros do grupo militante Hezbollah, que os EUA consideram uma organização terrorista. Outros analistas chamam tais preocupações exageradas, notando a falta de provas.

    Fallout diplomática possível de aliados latino-americanos de Ahmadinejad parece limitada, porque Chávez, Ortega e os presidentes Raul Castro de Cuba e Rafael Correa do Equador compartilham sentimentos anti-EUA.

    “Os Estados Unidos têm demonizado o Irã como fizeram com o Iraque de Saddam Hussein e da Líbia Muammar Kadafi, porque o petróleo desses países não pertence a eles”, disse Jacinto Suarez, secretário de Relações Internacionais do partido de Ortega, o Sandinista Frente de Libertação Nacional.

    Algumas das nações hospedagem Ahmadinejad ver os benefícios dos laços comerciais. Em setembro, a estatal de Cuba informou a imprensa que o Irã havia concedido 500.000.000 € (638.000 mil dólares) em empréstimos para comprar equipamentos de abastecimento de água e produtos agrícolas.

    O ministro da Defesa equatoriano, Javier Ponce disse que seu país espera para comprar armas do Irã, incluindo sistemas de radar e veículos militares.

    No entanto, o Irã prometeu mais investimentos do que tem entregue em vários casos. Quando Ahmadinejad assistiu inauguração última Ortega em 2007, o Irã concordou em ajudar a construir barragens e considerar investir na construção de um porto na Nicarágua, bem como projetos de automóveis e de cimento. No entanto, depois de cinco anos, nenhuma dessas promessas econômicas têm tomado forma.

    Na Bolívia, Ahmadinejad prometeu investimentos e da ajuda total de US $ 1 bilhão durante uma visita de 2009. Alguns dos que chegam, incluindo uma fábrica de laticínios, um hospital e um empréstimo de US $ 280 milhões.

    Brasil, que anteriormente recebeu Ahmadinejad do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tem aparentemente resfriado a ter tais relações cordiais com o presidente Dilma Rousseff.

    “Um pequeno número de governos latino-americanos fizeram causa comum com o governo iraniano no confronto com os EUA”, disse Cynthia Arnson, diretora do programa de América Latina do Woodrow Wilson centro. “Isso não é o objetivo da política externa da maioria dos países da região.”

    Ahmadinejad não confirmou se ele vai estender sua visita para participar da inauguração do presidente eleito da Guatemala Otto Pérez Molina, no sábado. Mas todos os governos que têm relações com o país são convidados por uma questão de protocolo, e uma aparência poderia ser atraente para Ahmadinejad, especialmente desde que a Guatemala passou a deter um assento temporário no Conselho de Segurança da ONU.”

    Té manhã.

    🙂

     
    • Proftel

      janeiro 7, 2012 at 11:23 pm

      Já são meia-noite e vinte e a bagaça da conexão não caiu, a patroa lá ouvindo/assistindo vídeos no YouTube, eu aqui grato por ver meus três comentários liberados no site do gringo, o cara se me pareceu sangue bão, até respondeu à sugestão que dei a ele de criar “Opens”.

      Quem sabe uma Rede de caras como nós não dá jeito no mundo?

      Formigas agem assim, dão certo.

      hehe.

       
  25. BRANCALEONE

    janeiro 7, 2012 at 9:26 pm

    Eu não simplifico nada.
    Alguns aqui é que complicam tudo.
    Alguns aqui é que se preocupam com tudo.
    Eu só dou palpites em tudo e não tenho saco para analisar e interpretar os arranca-rabos raciais, ideológicos e políticos do mundo e vou logo apresentando solução ou pioração já o que não mioreia quase sempre pioreia
    Uma bela maneira de não resolver nada é complicar. Complica-se tando que se chega a conclusão que é tão complicado que não dá para resolver…
    Já fui chamado de dicotômico ainda nos tempos de PD – Diziam que eu só via o preto e o branco, sem os tons de cinza que permeiam a dicotômia entre o preto e o branco…
    Tá e daí os que enchergam os tons de cinza??? tanto quanto eu não resolvem chongas e ficam cinzamente em cima do muro…
    Não calço coturnos a uns bons 28 anos mas mantenho o S&W por perto (to ensinando a esposa a tirar com um outro S&W, 32, cabo de madrepérola – coisa linda!!!
    Não devasto nada que não tenham devastado antes – aliás pinus é mata exótica e acho que até faço um bem derrubando Pinus Eliótis (tem um pouco de Taeda e recentemente andam plantando muito eucalipto)
    De qualquer modo, meu patrão tá feliz lá nos states.A peãozada aqui anda feliz (salário médio de R$ 980,00) e eu é claro to na boa já que sou ‘consultor florestal’ e recebo uns trocados extras e bons por essa consultoria…
    Não sou carrasco nem político portanto não me envergonho do meu trabalho.

    Ateu, niilista e me tornando misantropo.

    É isso. E é claro, só tenhum um único defeito – sou modesto demais!!!

     
    • Proftel

      janeiro 7, 2012 at 10:35 pm

      Como todo polaco, modesto e bom de tiro kkkkk .

      :- )))))))))))))))))))))))))))))))))))

       
  26. Proftel

    janeiro 7, 2012 at 9:04 pm

    Um comentarista lá no blog do gringo, o Nick do cara é “Rápido” escreveu assim:

    “Uma boa maneira de olhar para os EUA

    * A receita fiscal dos EUA: $ 2.170.000.000.000
    * Fed orçamento: $ 3.820.000.000.000
    * Dívida Novo: $ 1.650.000.000.000
    * Dívida Nacional: $ 14.271.000.000.000 – REALMENTE 15 Tril +
    * recentes cortes no orçamento: 38500000000 $

    Vamos agora remover oito zeros e fingir que é um orçamento doméstico:

    * Renda familiar anual: $ 21.700
    * O dinheiro da família gasto: $ 38.200
    * New dívida no cartão de crédito: $ 16.500
    * Saldo em dívida no cartão de crédito: $ 142.710
    * Total cortes no orçamento: 385 dólares

    Alguém acha que isso pode ser corrigido?”

    hehe.

    Fonte:

    http://theeconomiccollapseblog.com/archives/34-shocking-facts-about-u-s-debt-that-should-set-america-on-fire-with-anger/comment-page-1#comments

     
  27. Proftel

    janeiro 7, 2012 at 8:24 pm

    Interessante, grande (são até onde vi 11 partes), meio paradão, precisa ter saco pra assistir:

    hehe.

     
  28. TUBARÃO??

    janeiro 7, 2012 at 8:19 pm

    GENI ZEPELIM

    janeiro 7, 2012 at 6:09 pm

    Proftel, obrigada!

    Outra dica: o nome da cidade onde se homizia a malandra del sur é o de um peixão grande e bravo (ela, a malandra, fala “brabo” hihihihi) e foi nome de um filme famoso tempos atrás hihihihihhi

    Beijocas,

    GENI ZEPELIM

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHA…. VC É MAIS IDIOTA DO QUE EU PENSAVA… PENA QUE O PROFTEL CAIU NA SUA BALELA… MAS ELE AINDA É JOVEM, TEM MUITO O QUE APRENDER COM A VIDA.

    UM DIA ELE VERÁ QUE QUEM FALA MAIS NEM SEMPRE É O QUE TEM RAZÃO… SEGUE CALUNIANDO, DIFAMANDO…

    EXISTE UM DEUS, GENI, EXISTE UM DEUS….

    bye, bye!!

     
    • Proftel

      janeiro 7, 2012 at 9:19 pm

      Tubarão?? :

      Seguinte, por aqui não se bloqueia nada, não somos ingênuos como uma manjuba se é que me entende.

      Prioridade aqui é boa convivência, assuntos politico/econômicos e boa companhia.

      De boa.

      🙂

       
  29. Proftel

    janeiro 7, 2012 at 8:09 pm

    Uai!

    Cadê o povo?

    Estou passando mó frio aqui em Anápolis, roupa de abrigo e jaqueta, pé gelado. O termômetro do relógio indica 23 º C mas a sensação de frio é maior, não tô doente não, a patroa e a Duda sairam daqui encapotadas pra Reunião da Igreja delas.

    Imagem de satélite mostra muita água rolando no Sudeste/Centro-Oeste.

    :-/

     
  30. Proftel

    janeiro 7, 2012 at 5:54 pm

    Um século em dez minutos:

    🙂

     
  31. surfando na jaca

    janeiro 7, 2012 at 5:13 pm

    Proftel,

    lerei com atenção, depois de acabar o livro Bem vindo ao deserto do real, do Zizek, que todo Broncão deveria ser obrigado a ler e recitar, mesmo com auxílio de palmatória.

     
    • Proftel

      janeiro 7, 2012 at 5:58 pm

      Surf:

      Creio que coloquei links pesados demais pr’um Open.

      Sempre divulguei e procuro divulgar coisas interessantes que acho na Rede, o que está pegando no momento é a crise econômica, não quero ficar “vendido” nessa, não acredito na mídia, as informações reais estão em blogs e isso incomoda muita gente.

      🙂

       
      • surfando na jaca

        janeiro 7, 2012 at 6:39 pm

        Fazes muito bem, ô Proftel. Ora pois, a mídia tem o dever de esconder para não desestabilizar os interesses políticos e econômicos das grandes corporações. Quem se limita a assistir (perder tempo) com noticiário de tv e de jornal está roubado. A grande janela contra o Big Brother é aqui mesmo, enquanto permitem que a web seja livre. Em minha casa a tv será substituída pela telinha ligada ao computador. Isso já começa a acontecer nos centros mais desenvolvidos,onde a classe média vem substituindo a tv pela internet. Fiquei a pensaire com o livro do Zizek. Bom, um livro que te faz pensaire é um bom livro. Mas existe algo de inconsistente nesse real embotado pelo virtual do Zizek. Existe em toda essa literatura sobre a realidade matrix de nossos dias um certo exagero, como se vivêssemos em bolhas, sem contato com a realidade mais bruta do capitalismo. Isso é um equívoco. Se nos escondemos em condomínios e fechamos os vidros dos carros é porque sabemos que a realidade mais violenta do capitalismo pode nos alcançar, que ela existe. Existe portanto, na minha concepção, um hiperrealismo nessas análises. Isso seria um assunto interessante com quem também conhece a obra do Zizek. Acho que o FDA diria que Sócrates de Platão já teria enunciado tudo isso no mito da caverna.

        FDA, vc. é um ranzinza que invalida toda e qualquer discussão.

        Quanto ao declínio dos EUA, aviso que a crise de 1929 foi mais profunda que essa e nem por isso desbancou a posição ianque do cenário mundial. Não confundir FDA com Broncão, alhos com bugalhos etc.

         
        • Proftel

          janeiro 7, 2012 at 7:28 pm

          Surf:

          Fiz três comentários no blog do gringo, estão na “moderação” ainda, num dos comentários taskei o link daqui e sugeri a ele fazer como eu, buscar informações na fonte dentre outras coisas como por exemplo, o cara criar um “Open” uma vez por semana e deixar o páu comer.

          Não se surpreendam se começarem os gringos a comentar por aqui kkkkkkk.

          Um cara lá comentou que mora numa casa do governo, ele é vigia e está pra se aposentar, tem 75.000 dólares na poupança e não sabe o que fazer, falei prô cara vir aqui pra Anápolis, comprar uma chácara e viver com a aposentadoria de lá (conheço uns seis suíços aposentados que vivem muito bem aqui), ainda por cima a maioria dos padres daqui são norte-americanos, o cara não ficaria deslocado kkkkk.

          Bom, numa dessas, eu como blogueiro comentando num blog dos EUA a gente consegue criar um nipe de informação interessante, veja só esse comentário que achei lá:

          “Ralphieboy

          06 de janeiro de 2012 às 09:04 · Reply

          Um monte de meu negócio é na Europa, e eu passar metade do ano a minha lá – a maior parte do tempo na Grécia, onde mantenho um pequeno apartamento. Eu testemunhei a mão primeiro colapso. Felizmente para mim, meus clientes, e para que o assunto, grande parte da empresas maiores na Grécia, não manter a maior parte de seu dinheiro em bancos gregos. O mesmo é verdadeiro para vir grego pequenos empresários e assalariados. Eles estão fugindo dos bancos em massa, o que socking dinheiro que têm debaixo do colchão. Os gregos geração mais jovem estão deixando ou deixaram o país, graças a uma taxa de desemprego de 40%. A geração mais velha – já tendo experimentado momentos difíceis em sua história – estão voltando mais para um sistema de escambo. Eu sei que uma senhora que cabras mantém em seu apartamento em Atenas – sim – no apartamento dela – e ela trades leite de cabra e queijo de cabra por sua sobrevivência básica. Muitos outros estão voltando para suas aldeias e fazendas familiares nas ilhas onde podem cultivar alimentos e sustentar-se. Mas nem todos estão indo tão bem. Blocos de fachadas estão vazios, os impostos sobre tudo o que estão fazendo caminho, e dezenas de pessoas estão dormindo nas ruas. E isso vai ficar mais feio um lote inteiro. Mas isso é apenas a Grécia. Fique atento para a Itália, Portugal, Espanha, e sim, a França! Com bancos franceses segurando tanta dívida Euro – a escrita na parede é clara e todos na Europa sabe que é uma simples questão de tempo antes que o sistema inteiro implode. Quando os bancos franceses e alemães vão para baixo, assim vai B de A, Wells Fargo e Citibank.

          Isso tudo levanta a questão – será que todos nós ser reduzida a um colapso de 100% – que vivem em nada mais que a nossa comida e alimentos armazenados jardim? Talvez. Os que sobrevivem são os que encontrar criativo arounds “trabalho – aqueles que podem se adaptar e encontrar vantagem mesmo nas piores situações. E é isso que acontece em um colapso econômico. Tão assustador como condições podem ser – a maioria se adaptar. Os fracos, o criminoso, a não se encolheu – e talvez seja tão bem, tão cruel quanto isto soa. O fato de que tivemos tão bem por tanto tempo – e têm desenvolvido uma mentalidade parasitária direito – é precisamente por isso que levar-nos ao abate próxima iminente. A minha fé na América é mais forte do que nunca. Temos um núcleo de sobreviventes e um “pode ​​fazer” mentalidade que forja a frente, não importa o quê. Nós todos sabemos que o governo eo Fed estão irremediavelmente corruptos – e eu não tenho nenhuma dúvida em minha mente isso também, vai mudar nos saltos de um colapso. O esquema todo bullcrap perpetrado pela cabala de mestres de marionetes do sistema bancário central criminal está perto de ser desvendado – e eu digo que é uma coisa boa. Hora de apertar o botão reset, e tomar o nosso poder de volta como cidadãos americanos. Como W. Clement Stone costumava dizer: “Tem um problema? Isso é bom! “Bem, eu digo, este” problema “do nosso, em sua resolução, será a causa subjacente para a retomada do nosso país a partir do criminosos que roubou décadas atrás.

          Uma última nota: O Blog colapso econômico não é muito pessimista. É realista. É tudo desenrola como se poderia esperar. Eu tenho vindo a preparar desde 2008 – e enquanto não podemos imaginar o quão ruim pode ficar – vamos sobreviver, perseverar, pressionar e re-construir – mesmo que temos que manter cabras nos nossos apartamentos! No longo prazo, todos nós estaremos em melhor situação para ele.”

          Há muito mais por lá, o link tá aqui pra você conferir:

          http://theeconomiccollapseblog.com/archives/look-out-below-the-nightmarish-decline-of-the-euro-has-begun/comment-page-1#comment-96947

          🙂

           
  32. Proftel

    janeiro 7, 2012 at 4:38 pm

    Surf:

    Isso aqui creio, tem muito a ver com seu trabalho, dê uma boa olhada:

    🙂

     
    • Proftel

      janeiro 7, 2012 at 4:05 pm

      Surf:

      A parte de economia do link acima talvez lhe interesse, sei que você lida com prognósticos futuros, algo do que tá no texto do cara se me pareceu muito interessante.

      Pessoal: aqui o link da página inicial, há coisas interessantes:

      http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=pt-BR&prev=/search%3Fq%3Dendoftheamericandream%26hl%3Dpt-BR%26biw%3D1262%26bih%3D865%26prmd%3Dimvns&rurl=translate.google.com.br&sl=en&u=http://www.shtfplan.com/&usg=ALkJrhhfIIsp6q1oAIK7Ch71iehhSZHDpw

      🙂

       
      • Proftel

        janeiro 7, 2012 at 4:22 pm

        Sempre achei o Surf e o Brancaleone muito otimistas em relação às capacidades dos EUA em gerir a economia.

        D’uns meses pra cá andei buscando sites dentro dos EUA que me dessem uma visão interna da bagaça – olhar “daqui” como os dois fazem faz sentido a mim mas, “na curiosidade” meti o peito pra saber como “eles” vem a coisa de dentro.

        Achei primeiro o “End of American Dream”, ontem achei outro cujo link está disponibilizado acima, aqui vai um pouco do que eles pensam deles mesmos por lá:

        “Você consegue adivinhar o que o número um evento catastrófico que os americanos se preocupar é? Há certamente muitos para escolher. Muitos americanos estão morrendo de medo de um ataque terrorista de grande envergadura. Outros vivem com medo constante de desastres naturais como terremotos, vulcões e furacões. Outros ainda são incrivelmente preocupados que uma pandemia maciça vai quebrar a qualquer momento ou que a III Guerra Mundial será deflagrada no Oriente Médio. Sim, certamente há um grande potencial de eventos catastróficos que se pode preocupar com nos tempos em que vivemos, mas o número um evento catastrófico que os americanos se preocupar é realmente “colapso econômico”. Pelo menos é isso que uma pesquisa recente realizada pela Leiflin Inc. para a Aliança EcoHealth encontrado. Mas isso vai junto com o que tantas outras pesquisas têm encontrado ao longo dos últimos anos. Uma e outra vez, as pesquisas de opinião constataram que a questão número um que os eleitores americanos estão preocupados com a economia. A verdade é que os americanos médios estão profundamente, profundamente preocupado com o desemprego, a dívida, a crise imobiliária ea queda constante no padrão de vida. Tem sido anos desde que a economia dos EUA tem operado em um nível “normal”, e muitos americanos estão com medo de que as coisas poderão em breve obter um muito pior.

        No novo estudo mencionado acima, os contatados foram convidados para selecionar os três principais catástrofes em potencial que preocupá-los mais.

        Os seguintes resultados vêm diretamente da pesquisa ….

        Colapso econômico: 63%
        Desastres naturais: 46%
        Ataque terrorista: 44%
        Surto de Doenças global: 33%
        Guerra mundial: 27%
        Acidente nuclear: 25%
        Aquecimento Global: 22%
        Escassez de combustível: 15%
        Guerra cibernética: 8%
        Fome: 8%
        Derramamento de óleo: 6%
        Acidentes industriais: 5%

        Como você pode ver, “colapso económico” foi o vencedor por larga margem.

        Então, existem boas razões para o povo americano a se preocupar com um colapso econômico?

        Claro que existem.

        Em 2008, uma crise financeira que começou em Wall Street foi sentida no mais diversos cantos do globo.

        Desta vez, o marco zero para a crise financeira vai ser na Europa. Como tenho escrito sobre anteriormente, o sistema financeiro europeu está vindo rapidamente a rebentar pelas costuras. O euro continua a cair como uma rocha , e ações do setor bancário continue seu declínio a longo prazo.

        Muitas pessoas esperam que um “colapso financeiro” para acontecer em um determinado dia. Mas isso não é assim que acontece normalmente. Em vez disso, muitas vezes é como uma bola de neve que começa a rolar ladeira abaixo de forma muito lenta no início, mas que, eventualmente, tornar-se uma enorme avalanche.

        Agora, estamos vendo o mundo financeiro se desfaça em câmera lenta. Um artigo recente publicado na Terra automática incluiu uma lista de o desempenho no acumulado do ano de alguns dos mais proeminentes ações do setor bancário global. Esses números são absolutamente surpreendentes ….

        BofA: -60,38%
        Citi: -44,76%
        Goldman Sachs: -46,41%
        JPMorgan: -23,03%
        Morgan Stanley: -45,24%
        RBS: -50%
        Barclays: -34,32%
        Lloyds: -63,02%
        UBS: -29,33%
        Deutsche Bank: -28,55%
        Crédit Agricole: -56,04%
        BNP Paribas: -37,67%
        Société Générale: -59,57%
        Mas porque esses números aconteceu no decorrer de um ano e não em um único dia que não se sente tão bem como um “colapso”.

        Infelizmente, as coisas estão prestes a ficar muito pior. Mercados globais de crédito são realmente congelamento – especialmente na Europa.

        Considerando o fato de que o sistema financeiro mundial está baseado no crédito e da dívida, que é uma coisa muito ruim.

        Nosso sistema simplesmente não funciona quando os bancos não querem emprestar dinheiro uns aos outros ou às empresas.

        Ainda ontem havia um artigo no Guardian que falou sobre como ele se parece com a crise de crédito pode estar ficando ainda pior ….

        “Se os bancos europeus ainda esta em causa, não é um bom sinal”, disse Karl Schamotta, estrategista sênior de mercados Business Solutions Western Union. “Isso sublinha a possibilidade de que essa crise de liquidez está piorando e continuará no ano novo.”

        Quando os bancos cortaram os empréstimos, que faz com que a oferta de dinheiro a encolher. Quando a oferta de moeda diminui substancialmente, é quase impossível evitar uma recessão. Um recente artigo de Ambrose Evans-Pritchard detalhou como a oferta de moeda em muitos países da zona do euro está encolhendo em um ritmo muito rápido agora ….

        Simon Ward da Henderson Global Investors disse que o dinheiro “estreita” M1 – o que inclui caixa e depósitos à ordem, e os sinais de planos de curto prazo gastos – mostra uma divisão alarmante entre Norte e Sul.

        Enquanto reais depósitos M1 são ainda segurando no bloco alemão, a taxa de queda ao longo dos últimos seis meses (anualizado) foi 20.7pc na Grécia, 16.3pc em Portugal, 11.8pc na Irlanda, e 8.1pc na Espanha, e 6,7 pc na Itália. O ritmo de declínio na Itália tem vindo a acelerar, em parte devido à fuga de capitais. “Esta taxa de contração é maior do que no início de 2008 e implica uma recessão ainda mais profunda, tanto para a Itália e toda a periferia”, disse Ward.

        Os números são muito, muito assustador.

        Sobre a única coisa sustentando bancos europeus agora é o fato de que o Banco Central Europeu está emprestando-los pilhas gigantescas de dinheiro barato.

        Mas há um grande problema.

        Os bancos europeus estão a esgotar-se de garantias para esses empréstimos como um artigo no Wall Street Journal observou recentemente ….

        Mesmo depois de o Banco Central Europeu distribuiu quase meio trilhão de euros de empréstimos a bancos com problemas de liquidez na semana passada, os temores sobre possíveis problemas financeiros continuam a perseguir o sector. Um grande motivo: preocupação com a garantia.

        A única maneira de os bancos europeus podem agora convencer ninguém, investidores institucionais, bancos de colegas ou do BCE para emprestar-lhes dinheiro é se eles promessa ativos de alta qualidade como garantia.

        Agora, alguns reguladores e banqueiros estão se tornando nervoso que fornece alguns credores de tais ativos, que incluem ligações de governo européias e de grau de investimento a dívida não-governamentais, estão se esgotando.

        Então o que acontece quando os bancos em toda a Europa começar a correr para fora da garantia e não pode obter empréstimos mais?

        A resposta deve ser óbvia.

        Como eu detalhadas há poucos dias , muitas vozes proeminentes no mundo financeiro agora acreditar que poderíamos estar olhando para uma crise financeira que será ainda pior do que 2008.

        Se você quiser ver o que acontece quando um colapso acontece e uma depressão começa, basta olhar para o que está acontecendo na Grécia ….

        * 100.000 empresas foram fechadas desde o início da crise.

        * Cerca de um terço da nação está agora a viver na pobreza.

        * A taxa de desemprego para aqueles com idade inferior a 24 é 39 por cento .

        * O número de suicídios aumentou 40 percen t no ano passado.

        * Os furtos e roubos quase dobrou entre 2007 e 2009.

        As coisas ficaram tão ruins que centenas de famílias na Grécia estão abandonando seus filhos.

        Alguns estão levando seus filhos para instituições de caridade e outros estão entregando-os diretamente ao governo.

        A seguinte história triste de uma família grega vem de um artigo no Guardian ….

        “Psicologicamente, estávamos todos em um pouco de confusão”, disse Gasparinatos. “Nós estávamos dormindo em colchões no chão, o aluguel não foi pago por mês, algo tinha que ser feito.”

        E assim, com o Natal se aproximando, os 42 anos de idade tomou a decisão de colocar em um pedido oficial de três de seus meninos e uma filha a ter em atenção.

        “A crise tinha nos matado. Tenho vergonha de dizer, mas que tinha cheguei ao ponto onde eu não podia sequer pagar os 2 € necessários para comprar pão “, disse ele ao Guardian. “Nós não queríamos quebrar a família, mas que achava que seria mais fácil para eles se quatro dos meus filhos foram enviados para uma instituição para talvez dois ou três anos”.

        Isso parece chocante para você?

        Bem, tudo isso está vindo para a América eventualmente.

        Algum dia vamos ver pais americanos abandonando seus filhos porque eles não podem cuidar deles mais.

        Algum dia vamos ver suicídios absolutamente foguete na América porque as pessoas perderam toda a esperança.

        Algum dia vamos ver furtos e roubos subir às alturas sem precedentes como milhões de pessoas desesperadas tentativas para tentar encontrar alguma maneira de sobreviver.

        É tudo que vem.

        O governo federal não pode acumular um trilhão de dólares de dívida adicional a cada ano por tempo indeterminado.

        Não podemos dar ao luxo de ver uma média de 23 instalações de fabricação de um dia nos Estados Unidos desligado. Eventualmente não haverá mais fábricas a encerrar.

        Não podemos dar ao luxo de continuar colocando milhões de americanos mais no bem-estar. Neste ponto o governo está alimentando 46 milhões de americanos por mês. Será que o governo acabará por ser a alimentação a maioria de nós?

        A economia dos EUA está ficando cada vez mais fraco e mais fraco. Todas as tendências de longo prazo são absolutamente apavorante. Estamos acumulando dívida mais rapidamente do que nunca, e nossa capacidade de produzir riqueza está diminuindo mais rapidamente do que nunca.

        Não há nenhuma maneira que as coisas vão ficar bem se ficarmos no caminho que estamos actualmente.

        Então, a verdade é que os americanos devem estar muito preocupados com um colapso econômico.

        Ele está chegando e ele vai ser muito doloroso.”

        Fonte:

        http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=pt-BR&prev=/search%3Fq%3Dendoftheamericandream%26hl%3Dpt-BR%26biw%3D1262%26bih%3D865%26prmd%3Dimvns&rurl=translate.google.com.br&sl=en&u=http://www.shtfplan.com/headline-news/the-number-one-catastrophic-event-that-americans-worry-about_12302011&usg=ALkJrhjIXpJjhlF8swy3aaRzVvK5oNEtzQ

        🙂

         
  33. surfando na jaca

    janeiro 7, 2012 at 2:18 pm

    Prezado Patriarca,

    nunca acreditei no fim dos EUA através de crise do capitalismo. Quando os EUA acabarem o sistema capitalista entrará em colapso. A economia mundial já não é a mesma dos tempos da perda da hegemonia inglesa ao final do século XIX e depois da Primeira Guerra Mundial. Trata-se de sistema globalizado e de moeda única, o dólar. Voltaria a repetir minhas crenças, mas seria enfadonho. Um abraço.

     
  34. surfando na jaca

    janeiro 7, 2012 at 2:14 pm

    Open do Broncão e ele vem fazer uma auto-análise de minha personalidade. Nada disso, vc. é quem está na berlinda.

    O Broncão escrevia com seu nick-nome: Josué. Depois avacalhado pelo HRP, se não me falha a memória, como Josuégua. o Broncão escrevia de coturnos e indicava a produção intelectual do neoliberal peruano Alan Garcia, que ninguém nunca leu e está enterrado para todo o sempre depois de violentos protestos da população do Peru contra seu governicho privatarizante. Hoje, o Broncão calçou a botina e se alistou nas hostes do capitalismo ianque do desmatamento. Vejam que nem se considera brasileiro, mas polaco. Haja polacaria nesse blog, Proftel. A lógica do Broncão, apelido redutor que lhe dei desde quando passou a assinar por Brancaleone (talvez homenagem ao diretor italiano, embora comunista), é a do exagero, no preto versus branco, do comunista versus nazista, do judeu versus árabe. Nada existe de ponderado entre os extremos da lógica bronca do Broncão.

    Jamais lhe disse ser seu inimigo ( já vou lhe avisando que tenho o amigo colt 45 ao lado do notebook enquanto leio suas bobagens), mas seu crítico das asneiras que cinicamente desfolha nesse blog. O Broncão é um simplificador da realidade e assim aplaca sua consciência, que não pode disfarçar o incômodo de seu banditismo ecológico e antipatriótico, ou seja, ainda existe uma florzinha germinando no meio desse areal de consciência do Broncão. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

     
  35. GENI ZEPELIM

    janeiro 7, 2012 at 1:59 pm

    E então pessoal? Tudo certinho e o blogue segue higienizado da malandra del sur?

    Algum 171 dela novo na praça? Ela enrola bem e, dica, não é de Gravataí nada.

    Mora mais prá cima do RS, um pouco só hihihihhihihi numa cidadezinha xumbrega hihihihihi

    Outra dica, trabalha onde tem muita mangueira e onde se apaga fogo. Só podia né? hihihihihihi

    Beijocas

    GENI ZEPELIM

     
    • Proftel

      janeiro 7, 2012 at 3:22 pm

      Geni!:

      Benvinda!

      Por aqui tudo nos conformes.

      🙂

       
      • GENI ZEPELIM

        janeiro 7, 2012 at 6:09 pm

        Proftel, obrigada!

        Outra dica: o nome da cidade onde se homizia a malandra del sur é o de um peixão grande e bravo (ela, a malandra, fala “brabo” hihihihi) e foi nome de um filme famoso tempos atrás hihihihihhi

        Beijocas,

        GENI ZEPELIM

         
        • Proftel

          janeiro 7, 2012 at 9:13 pm

          Geni Zepelim:

          De boa, por aqui minha cachola tá mais por conta da crise econômica, meu cunhado tem um pasto alugado na chácara, sugeri a ele fazer um plantio direto com milho e feijão – pelo menos dá um escambo ou a gente come em caso de crise -, ele ficou de pensar kkkkk.

          🙂

           
  36. JOSE MARIO HRP!

    janeiro 7, 2012 at 9:39 am

    As “estórias” da Veja, Globo, e outros menos virulentos tem sempre o “outro lado”!
    Vejam só como essa coisa da grana para as enchentes não era “bem assim” como o diabo global pintava:
    http://www.viomundo.com.br/politica/barrocal-a-chuva-e-a-primeira-polemica-de-2012.html

     
  37. Patriarca da Paciência

    janeiro 7, 2012 at 8:57 am

    Bem, saudações patriarcais ao “compadre Brancaleone” e que seu “parabelo” esteja sempre bem lubrificado e qiue os tiros saiam na direção certa e não como “fogo amigo” ou, pior ainda, pela culatra.

    Saudações a todos.

    Enquanto descansava carregava pedras, ou seja, fiz pinturas, limpezas na casa, botei as pendências em dia e tudo o mais que exige um final de ano.

    Surf,

    lembra que eu falei que não seria difícil para os Estados Unidos “arrumarem” a economia deles, bastaria um corte drástico no orçamento da defesa?

    Pois é, até parece que o Obama me ouviu!

    É isso mesmo que está acontecendo.

     
  38. JOSE MARIO HRP!

    janeiro 7, 2012 at 7:54 am

    Broncão in concert?
    Lá vem papinho anti palestinos, e apoio a guerra contra o terror!”
    Buuuuuuuuuuuuuuuu……….
    Tem um palestino homem bomba de baixo da cama dele!
    Sorry !!!!!!!!!

     
  39. robertao

    janeiro 7, 2012 at 4:51 am

    ufa! saiu o open e do compadre Branca! pombas nem vi… tambem fui dormir cedinho. aqui está chovendo bastante.

     
  40. Proftel

    janeiro 6, 2012 at 8:22 pm

    Chuva:

    🙂

     
  41. BRANCALEONE

    janeiro 6, 2012 at 8:15 pm

    Proftel –
    Postei um comentário e caiu na censura!!!
    tá a aguardando moderação

    Vê lá o quequehouve…

     
    • Proftel

      janeiro 6, 2012 at 8:35 pm

      Compadre Brancaleone:

      Comentário liberado de boa, a casa é sua hoje.

      Se me desculpe, conferi e liberei até comentário de gringo lá prás quatro da tarde, estou em casa agora, não imaginei que havia algo bloqueado, geralmente só entro como administrador uma vez por dia pra liberar comentários ou, quando faço Post novo!

      🙂

       
  42. Proftel

    janeiro 6, 2012 at 7:56 pm

    99 cidades em Minas em estado de emergência aliás, “sub-mergência”, tudo debaixo d’água.

    Minas Gerais se vocês repararem tem “um município pra cada 1.000 habitantes”, é um absurdo de compartimentalização territorial (os milicos tentaram acabar com a festa mas não conseguiram).

    Não há como atualmente o Estado criar uma política de prevenção dada a disposição político-administrativa atual em Minas Gerais.

    Os caras são teimosos pacas daí que, agora, tão se lascando, faltou visão de longo prazo ao longo dos rios que cortam esse antigo Estado (que de belo não tem nada só morro, umas estátuas antigas, umas igrejas velhas, um monte de quilombos, muito minério de ferro e pedra sabão).

    Não me venham com aquela história de que “pão de queijo é bão” não é, em Minas Gerais não é.

    Pra comer pão de queijo decente vão a São Paulo ou a Goiás no interiorzão, lá vocês encontrarão pão de queijo decente feito com queijo (e não só polvilho com cheiro de queijo).

    Creio que deu pra perceber que não tenho muito boas recordações de Minas Gerais. Tirando as três cidades “que se iniciam com “B” do Triângulo Mineiro a saber: Berlândia, Beraba e a Bosta de Araguari, o resto é uma turminha de nariz empinado que só.

    Todas, ouçam bem TODAS as vezes que viajei de buzum de Catalão pra Sampa e infelizmente resolvi comer alguma coisa em Minas me dei mal, muito mal. Podem conferir meus relatos de viagem de antigamente no Weblog, d’uma feita fiquei mais de semana esvaindo em merda.

    Bom, voltando ao assunto das enchentes, não gosto de ver desgraça, não tô vendo nenhuma campanha pra doação de comida pra Minas Gerais como houve nas enchentes de Santa Catarina no ano retrasado se não me engano e Rio no ano passado.

    Se bobear os políticos mineiros estão falando assim: “Não precisamos de nada, vocês que se lasquem, nós temos o ouro…”.

    Tomara que os rios os levem.

    :-/

     
    • Proftel

      janeiro 6, 2012 at 8:24 pm

      Chuva de algumas décadas:

      🙂

       
    • Patriarca da Paciência

      janeiro 7, 2012 at 9:20 am

      Caramba Proftel,

      já eu acho que Minas Gerais é o verdadeiro coração do Brasil.

      É a terra de Guimarães Rosa, JK e Oscar Niemeyer.

      É a terra do mineirinho “come quieto”.

      Do Ziraldo e boa parte da turma do Pasquim.

      Minas é um mundo, o mundo brasileiro.

       
      • Proftel

        janeiro 8, 2012 at 3:00 am

        Patriarca da Paciência:

        Sim, Minas é um “mundo”, um mundo que o Brasil não precisa ser.

        :-/

         
    • Colafina

      janeiro 8, 2012 at 12:57 am

      Caraca…

       
      • Proftel

        janeiro 8, 2012 at 3:06 am

        Colafina:

        Você sabe que não tenho papas na língua.

        Digo aqui o que percebo e, se tivesse percebido algo relevante diria.

        Repare bem nas viagens que faz, como se comportam as pessoas. Geralmente eu relevo o que dizem, fico observando o que fazem em cada Estado ou país.

        Por vezes um que se abaixa e cata um papel no chão e joga na lixeira pra mim é mais importante que o nó cego exaltando a nação.

        🙂

         
  43. Proftel

    janeiro 6, 2012 at 7:15 pm

    Pessoal, FODEU!

    Creio que nem preciso falar nada, dêem uma olhada nessa imagem de satélite que tudo fica claro.

    Sudeste e Centro Oeste debaixo d’água:

    :-/

     
    • Proftel

      janeiro 6, 2012 at 8:14 pm

      Chuva:

      🙂

       
  44. Proftel

    janeiro 6, 2012 at 7:11 pm

    Pessoal, FODEU!

    Dêem uma olhada nisso aqui, nem preciso explicar a água que tá caindo no Sudeste/Centro Oeste, tá de lascar:

    :-/

     
    • Proftel

      janeiro 6, 2012 at 7:16 pm

      Putz!

      Saiu duas vezes, preciso trocar esse mouse, tá dando “dois clicks”.

      hehe.

       
  45. Proftel

    janeiro 6, 2012 at 6:34 pm

    Uai!

    O Robertão tava fissurado no Open, cadê o cara?

    Compadre Brancaleone talvez nem saiba da porra do Open dele, por lá tá chovendo pacas e ontem quando conversava com ele e o Fred a conexão tava uma bosta.

    :-/

     
  46. Proftel

    janeiro 6, 2012 at 6:27 pm

    Sugestão da patroa (Tia):

    Queria ver esses cinco tomando umas skór tocando desse jeito kkkkk.

    :- ))))))))))))))))))

     
  47. Brancaleone.

    janeiro 6, 2012 at 6:23 pm

    Já que o open é pra eu…

    Engraçadas as conclusões que uns e outros tiram sobre outros e uns…

    Por aqui sou considerado um destruidor da natureza, um servo dos ianques e anti-árabe e sabe-se lá o que mais – de fato tenho até medo destes “lá que mais”.

    Resolvi tambem concluir algumas coisas sobre o Surf – que se diz meu inimigo, o que não é verdade já que sou uma pessoa sem inimigos (vivos pelo menos…)…

    Pelos comentarios do Surf deduzo que ele é naturalista. Vegetariano extremado que come tudo crú já que cozinhar polui.
    Deve ter boa saúde já que só anda a pé uma vez que comprar combustível enrica os trustes do petróleo e as fábricas de automóveis exploram o proletariado…
    Deve trabalhar de graça para alguma ONG – talvez da Madre Tereza, já que receber salário é coisa de escravo dos capitalistas.
    Surf deve ser inteligentíssimo já que parece ter soluções pacíficas para quase todos os problemas do universo.
    A casa dele deve ser grande já que ele deve dar abrigo e comida para centenas de desvalidos…

    Surf é o bem personificado e eu o mal encarnado num polaco meio doido que por incrível que possa parecer, é feliz à beça cá no meu mundinho e do meu jeitinho…

    Tuido isso só para mostrar que se pode concluir qualquer coisa sobre qualquer um pois a interpretação é pessoal e a maldade está nos olhos de quem vê e nos dedos de quem tecla.

    Valeu Proftel.

     
    • Proftel

      janeiro 6, 2012 at 8:40 pm

      Compadre Brancaleone:

      Bicho, de boa, “polacos, uni-vos” (como diria minha avó Bronilda (Bronislava) se tivesse alguma revolução lá em Itaiacoca. kkkkkk.

      Como disse aí em cima, hoje a casa é sua, divirta-se, não esqueça de “fazer a sala” porque o Open é SEU!

      🙂

       
  48. Proftel

    janeiro 6, 2012 at 3:25 pm

    Compadre Brancaleone é jurássico, comentava no NoMinimo se não me engano (muitas vezes confundi ele com o Barba Negra).

    Polaco do Paraná, é meu contato no Messenger e volta e meia quando a conexão dele dá trégua a gente bate um papo.

    Por falar em polaco, um colega meu que morou seis anos na Europa estava contando como a polacada se vira (e muito bem) por lá.

    Creio que por aqui também pelo que vejo dos meus primos lá de Ponta Grossa-PR (que gostam das mulheres de Campo Largo-PR kkkkkk).

    Bom, é isso, falar mais seria uma indelicadeza visto que a gente bate papo fora daqui e fico com receio de dizer algo que ele não falou nas caixas de comentário.

    De boa, o cara é “sangue bão”, Confrade de primeira linha.

    🙂

     
    • Proftel

      janeiro 6, 2012 at 3:50 pm

      Não lembro direito como foi que passei a chamar o Brancaleone de “Compadre Brancaleone” mas, foi na mesma época que também passei a chamar o Joseph Mário de “Camarada Joseph Mario”, foi logo no começo do Weblog.

      Se não me engano o “compadre” surgiu por conta de afinidades “polaquiais” e Paraná, duas coisas em comum.

      🙂

       

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: