RSS

Open da Vergonha (de ser paulista):

25 jan

Juro prôceis, dá vergonha aqui em Goiás dizer que sou paulista (residi de 97 a 2003 em Catalão – seis anos –  e de 2003, até hoje em Anápolis – oito anos –  faremos “nove” em fim de fevereiro/2012 no total de quatorze em Goiás, quase quinze proximamente!) .

Tudo dito abaixo é nessa percepção de “ir e vir”, “conversar e prosear” entre aqui e acolá, Sampa, Paraná e Goiás.

Façam as contas, estou a dezenove anos casado com a patroa (que é paulista mas a família daqui), somos estranhos pacas à família dela, podem crer, não se nos consideram “goianos” (nossa casa não tem “duas conzinhas” – hehe).

O pessoal aqui por conta de Brasília é muito politizado mas disperso, a maioria se pegando na jugular do outro para conseguir uns caraminguás a mais, um povo estranho para um paulista mas, muito ligado na política nacional.

Dão um valor lascado à aparência e à propriedade, não são muito chegados a “bancos” e, sempre que podem, dão um nó.

A família vem sempre na frente, nunca vi tantas “correntes” – aqui eles chamam de “consórcio” – como aqui  (tipo, a gente dá 100 reais por mês, escolhe quando vai “tirar a grana”, a maioria é tudo com “12 meses” com juros REAIS!).

Juro prôceis que funciona e, muito bem!

Há gente que trata os que estão abaixo como senzala ainda – tenho fé que irá mudar, está mudando a concepção (as “donas chiques” não conseguem mais “secretárias” – como elas chamavam as empregadas domésticas – para trabalhar. Uma ou outra quando consegue é no interior do Pará ou Piauí mas, as moças logo sacam como a velhacaria da elite goiana trata os serviçais e pula fora kkkkkk.

Pessoal, desde “97” acompanho e vejo a transformação da fauna “elitiana” goiana, a coisa está mudando rapidamente, é até difícil de acompanhar a cabeça das pessoas com quem converso diariamente nos ônibus e no (s) trampos (s).

“Ser” paulista aqui em Goiás e tentar explicar a indecência feita na desocupação da área, a

“Reintegração de posse do Pinheirinho” é difícil pacas :

Não cabe na cabeça dos goianos em geral uma insensatez dessa, aqui você olha o horizonte a nordeste e cabe uma “Palestina” inteira, um “Israel” inteiro a Norte, o goiano em geral não concebe tanto apego/violência à terra, a concepção é outra, mais para a conversa e diálogo – se bem que alguns políticos ultimamente andam pisando na bola, uma hora a casa cairá, a paciência do povo anda curta.

No que tange à segurança pública é o seguinte, a maioria do pessoal está mais prô “Datena”.

Aqui não se dá muita trela ao “politicamente correto” que vejo em Sampa, é na bala, vacilou tá lascado, nem “Urubu” acha o que sobrou do infeliz, os tratos são feitos “no fio do bigode” (o combinado não sai caro, cada um cumpre o seu).

Se você chega num balcão de buteco e pede uma cerveja, o cara traz os copos, a ampola e um cinzeiro, tem nada disso do “Serra”, tudo sem frescuras.

Aqui todos somos todos meio “índios”, vale a Lei da Terra.

Creio que pra gente decente que ainda tem princípios, Goiás é um bom Estado para se morar (podem crer que alguns políticos – e donos de terra –  estão na mira do povo….).

É um depoimento com carinho para a Terra que me acolheu.

🙂

 
14 Comentários

Publicado por em janeiro 25, 2012 em Uncategorized

 

14 Respostas para “Open da Vergonha (de ser paulista):

  1. surfando na jaca

    janeiro 27, 2012 at 1:44 pm

    Sakarrolhas tem moderador e lima meus comentários. Isso faz com que não consiga responder aos meus oponentes. Sinceramente, não dá para participar de discussões dessa forma.

    Agronopolos, vc. deve andar comendo muita alfacinha. Aliás sua esquerda é uma esquerda alfacinha, a social-democracia das terras gélidas. Tudo bem, vc. pode não gostar, achar antiquado etc., mas a China é um regime administrado por um partido comunista e com controle do capitalismo em benefício de uma sociedade mais igualitária. Essa redistribuição de renda e melhoria social foi o que levou o grande apoio rural ao regime, contra a implantação do modelo liberal burguês de democracia. Ou seja, o partido que melhor defende os interesses das grandes corporações ganham as eleições e os grandes fundos de campanha, com auxílio da CIA. A chinesada não topou e vc. vai ficar fazendo careta por muito tempo.
    Importante no momento é avançar as bandeiras sociais, seja na China, em Cuba, na Venezuela ou no Brasil. Os regimes políticos podem ser diversos. Agora, essa postura de esquerdinha blasé é que não tem nada com a tradição histórica do socialismo. Assuma isso e não me encha o saco. Tomou, papudo!

     
  2. Patriarca da Paciência

    janeiro 27, 2012 at 10:12 am

    A expulsão dos moradores do Pinheirinho é uma verdadeira tragédia humana, muito revoltante mesmo.

    Mas é também um verdadeiro desastre político para o PSDB!

    Sinceramente não estou entendendo qual é a dos caras.

    Será a tal de “aproximação com o povo” que prega o FHC?

    E eu que pensava que havia exagero nos adjetivos alocados ao Picolé de Xuxu.

     
  3. Jose Mario HRP

    janeiro 27, 2012 at 7:42 am

     
  4. surfando na jaca

    janeiro 26, 2012 at 9:55 pm

    Pois é, estava até com saudades de baixar o sarrafo em direitobas incorrigíveis. E encontrei muitos lá no Sakarrolhas. Lasquei a prancha neles, no pé da orelha virtual.

     
  5. surfando na jaca

    janeiro 26, 2012 at 8:28 pm

    Proftel e HRP,

    o post do Japaloco foi bem provocativo e acabei me divertindo por lá. Mas acho que ter orgulho de onde se nasce uma coisa normal. Isso não se confunde com bairrismo, que é desprezar os que não nasceram onde vc. nasceu. São coisas diferentes. Eu amo minha cidade natal, nasci no hospital S. José, que existe até hoje, entendo o jeito das pessoas que aqui moram etc. Só não entendo é o preconceito, que nós cariocas também temos com os nordestinos, por exemplo. Mas não é uma coisa raivosa, como para alguns loucos de Sampa. Mas um certo desprezo, falta de confiança etc. Embora isso seja muito residual, já que no Rio todo o Brasil se encontra e nunca vai existir neonazismo. Nenhum carioca deseja linchar os paulistas ou nordestinos, apenas nos vemos como diferentes. Até isso acho idiota, pois somos todos brasileiros e iguais, cacete! Qualquer paulistão quatrocentão, nordestino da muléstia ou carioca da gema que viajar para os EUA será convertido em latino e fim de papo. Ou seja, cucaracha precisa é ter amor próprio de seu país também. Defender o Brasil contra as privatarias e os vendilhões da pátria.

     
  6. Jose Mario HRP

    janeiro 26, 2012 at 11:25 am

    Por coerencia……
    Lá no sakamoto:
    O HRP porque votou nela pode e deve instar a “Presidenta” Dilma a por a cara a tapa e explicar porque se mantem na surdina e nada fez ou mandou fazer para dar assistencia ou pelo menos mostrar solidariedade com os moradores de Pinheirinho!
    Da cam ba da fas cis ta que governa Sampa , não espero nada senão desprezo e asco para com o povo pobre, mas de Dilma eu exijo algo, uma mão extendida ao menos!”
    Se essa falta de reação for proposital para expor o PSDB ou para não melindrá-lo então a situação está explicada , mas não acredito que isso tenha aval de Lula!
    Eu votei e portanto posso criticar….da fascistada não espero nada mesmo!
    Alguém esqueceu de colocar lá na lista a expressão “É aquele cabeçinha alí!”

     
    • surfando na jaca

      janeiro 26, 2012 at 8:58 pm

      Também achei que a Dilma foi muito apática nesse incidente de Pinheirinho. Não entendi a razão, mas não gostei.

       
  7. Jose Mario HRP

    janeiro 26, 2012 at 9:59 am

    A cambada do pessoal VIP ensaiou vaia e gritaria mas foi devidamente silenciado pela razão:

     
  8. Jose Mario HRP

    janeiro 26, 2012 at 7:46 am

    Surf e Alex, quando eu vejo coisas como o tal Pineirinho me lembro de que meu avô materno nasceu na Praia do Góes, ilha de Santo \Amaro(vulgo Guarujá) , ainda de santos(municipio), numa tapera, e quanto aquela gente ralou para estarmos hoje onde estamos:

     
  9. Jose Mario HRP

    janeiro 26, 2012 at 7:24 am

    Mundo afora , como nessa tragédia sem sentido do rio muitos pais, mães, maridos mulheres irmãos, parentes vão chorar seus mortos queridos, mas a vida só tem sentido seguindo a frente, mesmo diante do infortunio!
    Por isso a alegria do amor sempre é a solução:

     
  10. Jose Mario HRP

    janeiro 26, 2012 at 4:53 am

    Que coisa foi essa com os prédios no Rio?
    Alex, nossa terra é uma barafunda do bom e do ruim.
    De minha parte vejo o bom e tento expandi-lo.

     
  11. Proftel

    janeiro 26, 2012 at 1:41 am

    São duas e trinta e cinco da manhã e acabei de ler sobre os prédios que desabaram no Rio.

    “Danos estruturais” diz um governante.

    Tá bom..

    Esquece que concreto tem vida útil de 70 anos em média, esquece que de dois anos pra cá bueiros vem explodindo e que (o mais importante) o nível do oceano tem aumentado.

    O nível do Oceano sobe, o lençol freático sobe, mina o subsolo.

    Esperem por ver alguns prédios cairem em Santos também. se me dêem entre cinco e dez anos para conferir.

    :-/

     
  12. Proftel

    janeiro 26, 2012 at 1:28 am

    Uma coisa preciso esclarecer sobre o conceito de “propriedade” nos goianos:

    A maioria tem na cabeça “propriedade” aquele terreno na cidade onde há uma casa e a mãe morando, os caras mais “abastados” tem no máximo uma “chácara” d’uns “quatro alqueires – goianos (cada alqueire goiano dá um monte de hectares kkkk).

    Isso foi se dissipando e esvaindo naturalmente através da prole.

    O que pega hoje são os espaços amplos na mão dos políticos, isso um dia dará merda por aqui, cêis nem imaginam o quanto!

    Tudo que disse no Post e nesse comentário são frutos de observação pessoal, opinião pessoal.

    No que tange ao “politicamente correto” sou goiano, não me venham com essa de cobrar um ou outro prarágrafo dito sobre “isso ou aquilo”, creio não ter ofendido credo, raça, opção sexual muito menos instado ninguém a levantar armas contra o Estado.

    Estou no uso do meu direito de falar garantido na Constiuição atual.

    🙂

     
  13. Proftel

    janeiro 25, 2012 at 9:21 pm

    Se me desculpem não ter achado algo mais interessante na Rede para postar, fiz de próprio punho, estou trabalhando num computador para ganhar um troco amanhã.

    🙂

     

Obrigado pelo seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: